Início FILMES Diferenças criativas mudam Star Wars: A Ascensão Skywalker

Diferenças criativas mudam Star Wars: A Ascensão Skywalker [RUMOR]

120
0
Star Wars | Episódio IX ganha trailer e tem título revelado

Star Wars: A Ascensão Skywalker foi um filme controverso. Algumas escolhas não ajudaram o filme a deslanchar e o resultado disso foi uma recepção morna na crítica. De acordo com o Reddit, J.J. Abrams e Lucasfilm/Disney tiveram inúmeras diferenças criativas que resultaram em mudanças drásticas no Episódio IX. Abaixo, seguem alguns rumores do que havia sido cogitado e foi alterado.

Lembrando que este texto contém spoilers!

  • Rian Johnson nunca havia sido cogitado para a realização de Star Wars: A Ascensão Skywalker, o nome de J.J. Abrams sempre esteve na mesa, uma vez que a Disney o considera uma possível ameaça para a realização de filmes para a Warner/DC. O nome do diretor já foi ligado ao projeto de um novo Superman;

 

  • J.J. Abrams aceitou algumas alterações em Star Wars: O Despertar da Força, pois o estúdio havia lhe prometido que ele teria maior controle criativo do Episódio IX, o que de fato não aconteceu;

 

  • De acordo com a fonte do Reddit, a cena final de Rey contra Palpatine teria os Jedi mais importantes ao lado da heroína. Samuel L. Jackson, Hayden Christensen, Ewan McGregor, Mark Hammil e Liam Neeson apareceriam;

 

  • O corte original de J.J. Abrams teria 03h02min. O diretor queria terminar a saga em dois filmes e foi obrigado a fazer um com 02h22min de duração;

 

  • John Boyega foi uma insistência muito forte do diretor. Os acionistas da Disney não gostavam da ideia de ter uma mulher e um homem negro como protagonistas da saga. Além disso, Finn seria sensitivo a Força e moveria objetos com com seu poder no último ato do filme, assim como revelaria tal fato para Rey e Poe na cena da areia movediça, o que acabou não acontecendo e foi cortado bruscamente do filme. A cena na qual ele usaria seus poderes foi substituída por um BB-8 digitalizado sabotando a nave inimiga;



  • O casal Poe e Finn ia ser mostrado em Star Wars: A Ascensão Skywalker, mas os acionistas descartaram a ideia por considerarem muito arriscada. O filme foi duramente criticado por ser covarde e ser um fan service de duas horas. J.J. Abrams perdeu a queda de braço para o estúdio, sendo impossibilitado de inserir o casal homoafetivo na trama. O corte final incomodou bastante o diretor que considerava o Episódio IX o projeto de sua vida. Oscar Isaac já falou publicamente que a culpa de Poe e Finn não ficarem juntos foi da Disney. O elenco é muito amigo de Abrams e ficaram bem chateados com algumas escolhas;

 

  • Rose deveria ter um papel mais relevante e compartilhar algumas cenas com Rey, entretanto a rejeição dos fãs com a personagem fez com que a Lucasfilm tomasse providências para que ela fosse menos importante na trama;

 

  • O beijo entre Kylo Ren/Ben Solo e Rey não deveria acontecer. De fato Ben Solo morreria no final e haveria um diálogo maior. Foram cortadas diversas cenas de Kylo Ren e Rey nas quais eles se questionavam sobre suas convicções e incertezas; como por exemplo Rey ter poderes Sith e seu legado, assim como o remorso de Kylo Ren e suas dúvidas em relação ao lado sombrio. Adam Driver foi extremamente elogiado pela sua atuação apesar das escolhas equivocadas do estúdio, algo apontado por J.J. Abrams internamente;

 

  • O estúdio tinha muito medo que Babu Frik fosse um novo Jar Jar Binks, entretanto, o sucesso do personagem surpreendeu positivamente os executivos;

 

  • Algumas cenas foram introduzidas pelo estúdio sem o aval de Abrams. A da perseguição no deserto com stormtroopers voadores é um exemplo disso;

 

  • Existe um rumor que a versão de J.J. Abrams existe e está guardada a sete chaves. Provavelmente haverá a possibilidade desse filme aparecer uma hora ou outra, mas tudo não passa de especulação.



Lembrando que todas as informações acima são, por enquanto, apenas rumores. Já assistiu Star Wars: A Ascensão Skywalker? Deixe seus comentários abaixo; e se você curte nosso trabalho; que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Veja também: