Início FILMES Entrevista Michael B. Jordan promete que se viver o Superman, sua versão será...

Michael B. Jordan promete que se viver o Superman, sua versão será fiel

242
0
Michael B. Jordan

Há algum tempo, Michael B. Jordan tem sido o ponto principal de alguns boatos acerca de que ele vá ser o próximo Superman, agora o ator promete que se ele fosse dar vida ao personagem, sua versão seria fiel a versão dos quadrinhos. Conhecido por papéis em filmes como Creed e Pantera Negra, o ator vem sendo cotado há algum tempo para o papel.

Em 2018, o nome de Jordan apareceu como Superman, potencialmente sucedendo Henry Cavill. Em setembro, especulações aumentaram quando os fãs descobriram que o ator se reuniu com a DC para uma reunião e que o personagem era o tópico principal dessa reunião. Dado o fato de que todos os atores que viveram o Superman em versões live action serem brancos, desde Kirk Alyn até Henry Cavill, isso seria uma interessante diferenciação. Mas uma olhada nos quadrinhos da DC Comics mostra que há uma base para um Superman negro, que é classificada como canônica.

Houve quatro versões afro-americanas diferentes do Superman. Dois desses, Sunshine Superman e Superman da Terra-D, apareceram brevemente para ter uma história de plano de fundo contada. Entretanto, os outros dois foram personagens de extrema importância, com ricas histórias. Criados por Grant Morrison e Doug Mahnke, Calvin Ellis fez sua estreia em 2009. Com inspirações no Presidente Barack Obama e no lendário Muhammad Ali, Ellis foi apresentado como o Superman da Terra-23. O personagem inspiraria outros heróis a formarem sua própria versão da Liga da Justiça. Ele também se tornaria o Presidente dos Estados Unidos, como a pessoa na qual ele foi inspirado. Michael B. Jordan expressou interesse em viver Calvin Ellis. Val-Zod, da Terra-2, é outra opção digna de adaptação, entretanto. Ele tem um arco complicado, que provavelmente poderia ser traduzido para as telonas.



Jordan pode ter tido esses personagens em mente quando pergunta pela MTV News, sobre os rumores persistentes de que ele será o próximo ator a viver o Superman. O ator inicialmente segue por um caminho mais tranquilo, revelando que ele também foi citado por outros projetos importantes. A partir daí, Michael B. Jordan admite que ele têm em mente a importância de se manter fiel aos quadrinhos.

“Tudo que eu faço, tem que ser feito da forma correta. E precisa ser autêntico. Eu sou um fã dos quadrinhos, sabe? Eu entendo o fato dos fãs ficarem chateados… ‘Ah não, porquê vocês estão fazendo isso e porquê estão mudando isso?’ Eu me sentiria da mesma forma com algumas coisas. Então, tenha em mente que: Se um dia eu for fazer alguma coisa assim, será autêntico e algo que eu sinto que as pessoas realmente apoiariam.”

Confira o vídeo abaixo:

Jamie Foxx, entretanto, parece ter uma ideia diferente da de Michael B. Jordan, se formos julgar por suas expressões faciais. E pode ser que ele acredita que Jordan, e qualquer outro ator negro, poderia sofrer um revés por viver um personagem tipicamente branco. Halle Bailey pode confirmar isso, tendo sofrido comentários racistas após ser escolhida para viver a Ariel no remake live action de A Pequena Sereia.

Olhando para trás, para a “preocupação” do público, e puramente por uma perspectiva narrativa, Calvin Ellis e Val-Zod são pessoas bem diferentes que brilhariam em filmes solos. A história de Elis como um Presidente dos Estados Unidos pode ser uma narrativa particularmente interessante, se feita direito. Dado que Jordan é fã de quadrinhos, é justo dizer que ele daria uma certa perspectiva a qualquer projeto do Superman que ele se juntar – se ele se juntar. E se manteria fiel ao material fonte, enquanto abriria um grande leque de possibilidades para o Universo DC.

E se você curte nosso trabalho; que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.