Início FILMES Crítica Noites Sombrias #30 | Invocação do Mal (2013, James Wan)

Noites Sombrias #30 | Invocação do Mal (2013, James Wan)

Invocação do Mal é uma franquia que adoramos revisitar e no Noites Sombrias de hoje vamos fazer a crítica do primeiro filme que iniciou o Invocaverso, dirigido por James Wan.

SINOPSE

Ed e Lorraine Warren (Vera Farmiga e Patrick Wilson) são um casal de demonologistas que averiguam casos paranormais. Os dois tem uma missão espinhosa pela frente: salvar a família Perron de um demônio poderoso que quer atormentar as suas pobres vítimas a todo o custo.

ANÁLISE

Invocação do Mal

Invocação do Mal é uma das franquias que fizeram do gênero de terror ser popular novamente, pois trouxe uma história muito boa e diversos personagens carismáticos.

A começar pelos protagonistas Ed e Lorraine. Farmiga e Wilson dominam seus papéis, além de possuírem uma química incrível. Eles realmente parecem um casal de verdade, pois possuem uma intensidade incrível.

Wan trabalha de forma muito eficaz os espaços que ele tem em seu cenário, uma vez que usa um plano sequência que mostra a família Perron feliz em sua mudança e o cenário de terror que será utilizado por Bathsheba Sherman, um demônio zombeteiro e cruel. A dicotomia de emoções do início e terceiro ato é uma excelente sacada, pois mostra a euforia e a exaustão de todos depois de muito tempo de destruição do seu ânimo para a jogada final.

O roteiro é muito bem amarrado, visto que tememos pelos personagens a todo o momento e os sustos são muito bem garantidos pela direção e roteiristas., já que a trilha sonora, ou falta dela, são adicionados de forma bem trabalhada, além dos jump scares precisos de Wan.

VEREDITO

Invocação do Mal é um longa que tem uma atmosfera única, uma vez que tem uma equipe técnica que sabe o que faz. Com um roteiro, direção e elenco afiados, a obra se tornou um marco dentro do gênero depois de tanto tempo de marasmo.

Nossa nota

4,5/5,0

Confira o trailer de Invocação do Mal:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorTudo o que você precisa saber para assistir a Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis
Próximo artigoLa Casa de Papel – Resumão da Parte 4
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.