Início GAMES Crítica CRÍTICA – Monster Hunter Rise (2021, Capcom)

CRÍTICA – Monster Hunter Rise (2021, Capcom)

Ainda exclusivo para Nintendo Switch, Monster Hunter Rise é a continuação direta de Monster Hunter World, lançado em 2018

Monster Hunter Rise é a continuação direta de Monster Hunter World (2018). Desse modo, o jogo continua tão divertido quanto seu antecessor, mesmo sendo exclusivo para o Nintendo Switch.

O novo game da franquia traz novos sistemas de jogabilidade, como os voos com a “Ação de Fios”, além de um novo companheiro canino, o Amicão. Esses recursos adicionam novas camadas empolgantes ao já robusto combate pelo qual Monster Hunter é conhecido.

SINOPSE

Passado na vila com temática ninja de Kamura, explore ecossistemas vivos e enfrente temíveis monstros para se tornar o caçador supremo. Já faz meio século desde que a última calamidade ocorreu, mas um novo monstro aterrorizante deu às caras e ameaça mergulhar a terra no caos novamente.

Cace sozinho ou em um grupo com amigos para ganhar recompensas que você pode usar para criar uma enorme variedade de armas e armaduras.

ANÁLISE DE MONSTER HUNTER RISE

Em Monster Hunter Rise temos um game que dá continuidade ao brilhante Monster Hunter World e que inova com a inclusão dos amicães. Esses cães ajudam nas batalhas e percorrem as áreas com mais facilidade e rapidez nas caçadas. Claramente, os amigatos continuam inclusos aqui e oferecem todo tipo de suporte.

Assim como em todos os jogos da franquia, Monster Hunter Rise também é imensamente divertido. O novo jogo é repleto de batalhas épicas e desafiadoras que vão exigir bastante estratégia dos jogadores para derrotar os mais variados tipos de espécies de monstros.

Ainda mais que cada caçada tem um tempo estipulado para derrotar os monstros. Essa limitação de tempo deixa a jogatina mais empolgante.

Com isso, antes de ir para a caçada, elabore bem os equipamentos que irá levar, pois cada monstro apresenta uma força elementar dependendo do seu habitat.

Sendo assim, na hora da batalha esteja com a melhor armadura e armas, pois dependendo da arma que escolher você poderá encontrar monstros que não irão sofrer nenhum arranhão.

Ainda exclusivo para Nintendo Switch, Monster Hunter Rise é a continuação direta de Monster Hunter World, lançado em 2018

Monster Hunter Rise oferece 11 armas diferentes para os jogadores para enfrentarem os monstros: espadão, espada longa, espada e escudo, duplas lâminas, lançarma, lança, martelo, berrante de caça, transmachado, lâmina deinamo e glaive inseto.

Desse modo, fica à sua escolha qual arma irá se adequar melhor na hora da caçada. Independente do visual legal do armamento, é importante estar ciente de que nem todas se poderão se adequar a você da melhor maneira. Portanto, elabore bem todo o seu arsenal antes de partir para caçada.

Durante toda jogatina me adaptei apenas a machadinhas ósseas, pois elas apresentavam uma fluidez e leveza na hora das batalhas. Além de ser minha arma favorita de Monster Hunter World.

Apesar de MHR ser divertido, o jogo demora um pouco para engrenar. Isso porque apresenta tutoriais excessivos que podem acabar tirando a paciência de jogadores que já são experientes com a franquia. Entretanto, os ensinamentos são excelentes para novos jogadores que estão jogando pela primeira vez.

JOGABILIDADE

Em geral, a jogabilidade de Monster Hunter Rise é bastante fluida e frenética, ainda mais com a adição dos amicães que ajudam bastante a ir atrás dos monstros. Contudo, na hora das batalhas você terá que ser bem seletivo com as armas corretas para o combate, pois dependendo do seu armamento poderá passar bastante dificuldades para derrotar os mais variados tipos de criaturas.

Como disse, todas armas são diversificadas, mas existem algumas que realmente dificultam a jogabilidade, deixando o MHR mais desafiador. Contudo, o meu nível de noob não se adequou às essas armas mais pesadas. Nas vezes que tentei jogar com elas não tive uma jogabilidade tão fluida como tive com as machadinhas ósseas.

VEREDITO

Monster Hunter Rise é uma continuação digna de Monster Hunter World que inova e proporciona muitas horas de aventura e diversão. Além disso, apresenta um modo multiplayer que é excelente para derrotar as criaturas mais cascas-grossas.

Infelizmente o game ainda é exclusivo para Nintendo Switch. Espero que futuramente a Capcom lance em outras plataformas, pois o jogo é muito divertido e acho muita injustiça com fãs de outras plataformas.

Nossa nota

4,5 / 5,0

Assista ao trailer de Monster Hunter Rise:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.