Início GAMES Crítica CRÍTICA – Spiritfarer (2020, Thunder Lotus Games)

CRÍTICA – Spiritfarer (2020, Thunder Lotus Games)

69
0
Spiritfarer

Spiritfarer é um jogo indie desenvolvido e publicado pela Thunder Lotus Games e lançado no dia 18 de Agosto de 2020 para Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One e PC.

Spiritfarer é um jogo de gerenciamento aconchegante sobre a morte

Spiritfarer

No game, você controla Stella, barqueira dos espíritos – que lembra Caronte da mitologia grega – em Spiritfarer.

Construa um barco para explorar o mundo, torne-se amigo e cuide dos espíritos antes de finalmente libertá-los para a vida após a morte. Cultive, garimpe, pesque, colha, cozinhe e crie seu caminho através dos mares místicos. Junte-se à aventura com o gato Daffodil, em um jogo cooperativo para dois jogadores.

Passe momentos relaxantes de qualidade com seus passageiros espirituais, crie memórias duradouras e, por fim, aprenda a dizer adeus aos seus queridos amigos.

ANÁLISE

Spiritfarer

O jogo é uma combinação de Animal Crossing: New Horizons e Neversong. Seja por seus personagens antropomórficos e por ser um game de plataforma e gerenciamento. Essa fusão inusitada eu nunca havia visto.

LEIA TAMBÉM:

CRÍTICA – Neversong (2020, Atmos Games)

Você terá que cultivar, colher, garimpar, pescar e cozinhar. Além de desbravar o mar descobrindo ilhas junto com o seu divertido gato Daffodil.

Spiritfarer, parece ter saído das páginas de um quadrinho de tão fantástico que é o seu visual. Além de sua animação com gameplay que é tão incrível e bem fluída.

Spiritfarer

O jogo tem como tema a morte e vai te preparar para dizer adeus a esses personagens tão carismáticos, o que não vai ser fácil; pois cada um apresenta uma caraterística peculiar o que faz com que o jogador se importe cada vez mais com cada um deles.

A trilha sonora de Spiritfarer é tão bonita e relaxante. Decerto vai te remeter aos filmes do Studio Ghibli.

Apesar do game ter gráficos fantásticos e uma história profunda, o jogo veio com diversos bugs como falta de idiomas internacionais e problemas para salvar. Contundo, até a presente data a desenvolvedora resolveu o problema apenas no Xbox One, Nintendo Switch e PC.

Eu acabei enviando um Twitter para a desenvolvedora perguntando quando apresentariam uma atualização para Playstation 4, mas apenas informaram que estavam trabalhando para resolver os problemas e que em breve estaria disponível.

VEREDITO

A beleza e a concepção de Spiritfarer vai deixar muita gente surpresa. A trama central é excelente e inovadora, mas você terá que ter boa vontade de acompanhá-la.

O jogo pode não agradar a todos, pois o fator replay dele é bem repetitivo, chegando a ser cansativo com suas atividades cotidianas. Isso pode acabar não segurando todos até o fim do jogo.

Spiritfarer é um jogo incrível, apesar dos diversos bugs que veio apresentando. Apesar disso, espero que a desenvolvera resolva logo esses problemas, para que assim outros jogadores possam ter uma experiência completa e agradável.

Nossa nota

Confira o trailer do game:

E você, já jogou Spiritfarer? Deixe seus comentários e sua avaliação.

Nota do público
Obrigado pelo seu voto



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.