Início LIVROS Game of Thrones: George R.R. Martin desmente notícias sobre livros 6 e...

Game of Thrones: George R.R. Martin desmente notícias sobre livros 6 e 7

119
0
Game of Thrones ou As Crônicas de Gelo e Fogo? Quais as mudanças e diferenças dos livros para a série da HBO

Em pouco menos de uma semana Game of Thrones – a série da HBO – chegará ao fim. O mesmo não é verdade para a série de livros na qual o programa é baseado, As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin.

Embora Martin tenha inicialmente afirmado que a série de sete livros terminaria antes da série de televisão, isso acabou não sendo o caso. Os livros seis e sete ainda não se materializaram, porém, recentemente um dos atores de Game of Thrones afirmou que os livros estão completos, e agora George R.R. Martin se manifestou sobre essa afirmação.

Durante uma aparição na Epic Con na Rússia no mês passado. O ator de Barristan Selmy, Ian McElhinney, fez a afirmação de que Martin já terminou os livros seis e sete, mas os estava retendo por causa do programa.

“George já escreveu os livros seis e sete e, no que lhe diz respeito, há apenas sete livros. Mas ele fez um acordo com David e Dan, os showrunners da série, que ele não iria publicar os dois últimos livros até que a série fosse concluída. Então, se tudo correr bem, em um ou dois  meses poderemos ler livros 6 e 7. E estou intrigado para saber como Barristan, por exemplo, acaba passando por esses dois livros finais. Falei com ele [George R.R. Martin] durante a primeira temporada e ele me disse que Barristan tinha uma jornada muito interessante. Mas não consegui descobrir muito, então teremos que esperar para saber.”

Essa é uma declaração enorme e que seria alucinante para os fãs se fosse verdade e de acordo com George R.R. Martin, simplesmente não é o caso. Em um post em seu blog (via Entertainment Weekly), o autor refuta completamente a afirmação, insistindo que não apenas o livro seis – Os Ventos do Inverno (The Winds of Winter) – ainda não terminou, mas o sétimo livro, Um Sonho de Primavera (A Dream of Spring), nem sequer foi iniciado.

“Não, The Winds of Winter e A Dream of Spring não estão concluídos. ‘O Sonho [de Primavera]’ nem sequer foi iniciado; Não vou começar a escrever o volume sete até terminar o volume seis. Parece absurdo para mim que eu precise afirmar isso. O mundo é redondo, a Terra gira em torno do sol, a água é molhada… eu preciso dizer isso também? Confunde-me que alguém acreditasse nessa história, mesmo que por um instante. Não faz muito sentido. Por que eu iria sentar por anos em romances completos? Por que meus editores – não apenas aqui nos EUA, mas em todo o mundo – já consentiram com isso? Eles ganham milhões e milhões de dólares toda vez que um novo livro de Gelo e Fogo é lançado, assim como eu. Atrasar não faz sentido. Por que a HBO queria que os livros atrasassem? Os livros ajudam a criar interesse no programa, assim como o programa cria interesse nos livros. Então… não, os livros não estão prontos. A HBO não me pediu para atrasá-los. Nem David Benioff e Dan Weiss. Não há acordo para segurar os livros. Asseguro-lhe que a HBO e a David & Dan teriam ficado entusiasmados e satisfeitos se ambos os livros tivessem sido entregues e publicados há quatro ou cinco anos… e ninguém teria ficado mais satisfeito do que eu.”

A refutação de Martin da afirmação de McElhinney é apenas o último comentário do autor sobre o estado dos livros ansiosamente aguardados. Antes da estréia da 8ª Temporada de Game of Thrones, o autor admitiu que ele não dá mais datas de quando as pessoas podem esperar o próximo livro, simplesmente porque as datas continuam sendo transferidas e isso torna as pessoas infelizes.

George R.R. Martin disse:

“Eu não tenho data. Eu desisti de dar datas porque eu dou uma e depois preciso mudá-las e todo mundo fica bravo. Isso vai ser feito quando estiver pronto. Está indo muito bem ultimamente, então, é isso.”

Vale lembrar que A Dança dos Dragões, o último livro lançado, chegou ao público em 2011. Será que completaremos uma década de espera pelo sexto livro?

Comentários