Início LIVROS O Enterro dos Ossos: Serial killer com TOC levanta discussões sobre o...

O Enterro dos Ossos: Serial killer com TOC levanta discussões sobre o desejo por perfeição

85
0
O Enterro dos Ossos

Estudiosos afirmam que a melhor solução para não ser vítima de um serial killer é contar com a sorte, pois apesar dessas pessoas serem identificáveis, elas passam despercebidas no nosso dia a dia. Existem diferenças entre um e outro, e no livro O Enterro dos Ossos, escrito por Renata Maggessi, o assassino tem Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) e é obcecado por simetria, porém se destaca ao levantar reflexões sobre os padrões de beleza e a busca inalcançável pela perfeição.

Nunca se falou tanto sobre a subjetividade da beleza como atualmente. Ações sociais estão cada vez mais levantando discursos sobre a importância da autoaceitação, mas, por outro lado, procedimentos estéticos também estão ganhando poder e, algumas das vezes, prejudicando a vida dos pacientes.

Em O Enterro dos Ossos, a mente de Augusto, o serial killer, funciona de forma complexa e que às vezes pode levar o leitor acreditar em suas filosofias. Ele está sempre de olho em mulher cuja sociedade taxam como perfeitas, mas devido uma pequena mancha ou tatuagem que não seja simétrica e proporcional ao corpo, acabam perdendo a vida pelo assassino.

A ideia do livro surgiu após a escritora ter acompanhado uma reportagem na qual mostrava o que cachorros costumavam encontrar em escombros, porém Renata Maggessi revelou que a trama central é baseada no endeusamento da beleza. Na realidade, diversas pessoas estão buscando por uma perfeição que pode custar a vida devido os métodos cirúrgicos. Já no livro, se incluir nos padrões de beleza aumente sua chance de ser assassinado por um serial killer.

O Enterro dos OssosEm O Enterro dos Ossos o vilão é obcecado pela perfeição e simetria, mas a história engloba diversos outros personagens e questões enigmáticas, trazendo crime, mistério, investigação policial e muita tensão. O livro foi publicado pelo Grupo Editorial Coerência e a escritora Renata Maggessi já anunciou o lançamento de O Canto da Cigarra, seu segundo livro solo.

SOBRE A AUTORA

Renata Maggessi é jornalista e pós-graduada em Literatura Brasileira pela UERJ. Carioca, escolheu a cidade de São Paulo como morada, onde vive com seu marido e sua filha. Apaixonada por tudo o que envolve escrita e leitura, iniciou sua carreira literária a partir de diversas publicações em antologias de contos, a maioria de terror e suspense. É membro da Associação Brasileira dos Escritores de Romance Policial,
Suspense e Terror (ABERST) desde Janeiro de 2018.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários