Dragão Branco: Conheça Auggie Smith, o pai do Pacificador

    Dragão Branco é o pseudônimo de August “Auggie” Smith, o pai do Pacificador na série da DC Comics em parceria com o HBO Max e produzida por James Gunn (O Esquadrão Suicida). Veja mais informações do vilão neste artigo!

    A HISTÓRIA DE WOLFGANG SCHMIDT

    Para falar mais sobre Auggie Smith, temos que abordar a origem de três nomes importantes dos quadrinhos: Wolfgang Schmidt, William Heller e Daniel Ducannon.

    O personagem que é interpretado por Robert Patrick na série é uma mistura dos três, uma vez que o primeiro é o homem que casou com Elizabeth Lewis, uma escritora de livros infantis, e teve Chris Smith, o nosso anti-herói nas hqs.

    Schmidt era um dos responsáveis por um campo de concentração na Polônia e foi membro da Gestapo e após a Segunda Guerra Mundial, se estabeleceu como grande empresário do ramo da tecnologia. Sua fama e prestígio duraram pouco, visto que seu passado foi exposto. Quando seu filho completou cinco anos, o ex-membro do exército alemão se suicidou, com o pequeno Chris assistindo tudo. Desde então, o jovem começou a ter alucinações, enxergando o pai com as fardas antigas, o atormentando e criando um monstro matador de minorias “em busca da paz”.

    WILLIAM HELLER: O PRIMEIRO DRAGÃO BRANCO

    Wiliam Heller, esse é um dos nomes cruciais do nome Dragão Branco, um super vilão com ideais nazistas que deu muito trabalho para os membros dos Esquadrão Suicida e da Sociedade da Justiça da América.

    Assim como Christopher Smith, William Heller cresceu sendo criado por pessoas que praticavam o racismo e xenofobia, assim como eram de extrema direita. De família rica, Heller sempre viu as pessoas de cima e seu ódio por minorias foi só aumentando após a trágica morte de seus pais preconceituosos em um conflito racial, com eles sendo assassinados por pessoas negras. Revoltado, ele foi morar com o avô que ajudou os nazistas na Segunda Guerra e foi nutrindo esse ódio cada vez mais.

    Após a morte de seu avô, Heller recebeu uma fortuna gigantesca, usando esse dinheiro para criar uma armadura poderosa e criar uma célula neonazista conhecida como Império Ariano. O Dragão Branco matava e prendia minorias, enquanto recrutava criminosos brancos para seu clube.

    Depois de um tempo consolidado como antagonista, o Dragão Branco uniu forças com um grupo supremacista chamado Quarto Reich, com o objetivo de derrotar os descendentes da Sociedade da Justiça. Ele acabou sendo derrotado pelo Gavião Negro.

    Após perder a batalha, Heller foi preso e acabou sendo recrutado por Amanda Waller, servindo à Força Tarefa-X. O vilão não consegui seguir as ordens de Waller e o estopim foi quando ele traiu o Esquadrão Suicida, se juntando ao General Wade Eiling. O primeiro Dragão Branco teve seu fim decretado pela vilã Plastique que explodiu sua cabeça com uma bomba em combate.

    DANIEL DUCANNON: O SEGUNDO DRAGÃO BRANCO TENTA FAZER JUS AO NOME

    dragão branco

    Seguindo a linha sucessória do Dragão Branco, temos Daniel Ducannon, o primeiro meta-humano a trajar as cores branco e vermelho do personagem.

    Diferente de Wiliam Heller, Ducannon possui poderes de pirocinese, ou seja, ele consegue controlar o fogo, além de conseguir voar, o que o deixa ainda mais letal que seu antecessor.

    Daniel era um exímio manipulador, conseguindo se comunicar muito bem na construção da imagem irreal de herói que o povo precisava. Em um acesso de loucura em Chicago, o vilão incendiou diversos bairros pobres com pessoas negras, algo que chamou a atenção da Sociedade da Justiça da América. Mulher Gavião conseguiu desmascará-lo em um combate, derrotando o vilão e acabando de vez com o rastro de trevas deixado por ele.

    AUGGIE SMITH: O NOVO DONO DO MANTO

    Na série do Pacificador, James Gunn pegou um pouco de cada personagem, criando uma espécie de amálgama ambulante. Auggie Smith, ao que tudo indica, será um pouco de cada um dos três nomes citados acima, sendo três vezes mais cruel e sombrio que os demais. Basta esperar os próximos episódios para que isso seja confirmado, entretanto, pelo pouco que vimos, o pai de Chris será uma grande pedra no sapato do Pacificador e para a força tarefa que auxilia o nosso anti-herói.

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    CRÍTICA – Love, Death and Robots (3ª temporada, 2022, Netflix)

    Criaturas aterrorizantes, surpresas bizarras e humor ácido. Finalmente a terceira temporada de Love, Death and Robots está entre nós!

    CRÍTICA – Night Sky (1ª temporada, 2022, Prime Video)

    Night Sky é a nova série do Prime Video que traz em seu elenco principal os atores J.K. Simmons e Sissy Spacek. Confira nosso review!

    CRÍTICA – Vampiro no Jardim (1ª temporada, 2022, Netflix)

    A 1ª temporada de Vampiro no Jardim chegou ao catálogo da Neflix no dia 16 de maio. Veja o que achamos do anime!

    Família Shazam! Conheça a família de heróis da DC

    A Família Shazam! é formada por membros da família adotiva de Billy Batson que compartilham dos poderes e aparência de Shazam!