Início QUADRINHOS Artigo Stargirl: Conheça a adolescente membro da Sociedade da Justiça da América

Stargirl: Conheça a adolescente membro da Sociedade da Justiça da América

430
0
Stargirl: Conheça a adolescente membro da Sociedade da Justiça da América

Courtney Elizabeth Whitmore mais conhecida como Stargirl ou Sideral é uma heroína adolescente membro da Sociedade da Justiça da América (SJA).

A personagem Courtney Whitmore foi criada por Geoff Johns e Lee Moder, já a Stargirl foi criada por Johns e David S. Goyer.

A HISTÓRIA DA STARGIRL NOS QUADRINHOS

Sua primeira aparição como Stargirl foi em Justice Society of America: All Stars #4, em Outubro de 2003.

Courtney nasceu na Califórnia e era filha de Sam Kurtis e Barbara Whitmore porém Sam e Barbara decidiram se separar e logo após Barbara encontrou um novo amor, Pat Dugan. Eles se mudaram para Blue Valley, Nebraska mas Courtney Whitmore não gostou nem um pouco da ideia de ter que se mudar e não gostava do seu padrasto.



Antes de se tornar Stargirl, Courtney achou por acaso vários equipamentos de super heróis e mais, descobriu que seu padrasto era na verdade um herói do passado conhecido como F.A.I.X.A. o ajudante do antigo Sideral (Starman). Durante a semana do espírito patriota Courtney Whitmore resolveu vestir a roupa do Sideral para tirar sarro de Pat no desfile que aconteceria mais tarde, porém inesperadamente a cidade foi atacada pelos lacaios do Rei Dragão, um vilão local, Pat Dugan ao ver o ataque imediatamente vestiu sua armadura F.A.I.X.A. e lutou ao lado de Courtney assim impedindo o ataque. Essa foi a primeira vez que os dois lutaram lado a lado.

Ela lutou e treinou bastante até ganhar a confiança de seu padrasto e de sua mãe para que pudesse virar uma super-heroína; além de participar da SJA, Courtney também fez parte também da Justiça Jovem. Mas como todo adolescente sua principal fraqueza é a insegurança.

Stargirl tem como armas/acessórios o Bastão Estelar que foi criado por Ted Knight o primeiro Sideral (Starman). O Bastão Estelar concede ao portador a capacidade de voar, emitir luz e calor, projetar campos de força e disparar rajadas de energia estelar.

Ela também tem um Cinturão Cósmico que converte energia solar em força física, agilidade, velocidade e energia física. O Cinturão também é capaz de lançar Estrelas Cadentes uma forma de luz que provoca curto circuitos em sistemas nervosos, elétricos e orgânicos.

No reboot dos Novos 52, a Stargirl ganhou uma nova história de origem, com Courtney Whitmore sendo apresentada ao mundo onde nunca existiu uma Sociedade da Justiça da América, ou um Starman. Nesse mundo, Courtney encontrou o Cinto Conversor Cósmico e o Cajado Cósmico de seu padrasto no escritório de seu padrasto, Pat Dugan, e então foi passear com eles por Los Angeles. Enquanto fazia isso, Courtney se deparou com um incêndio e então partiu para resgatar as pessoas nos andares superiores. Isso a tornou uma celebridade instantaneamente e seu padrasto relutantemente concordou treiná-la para usar o cinto o cajado. Courtney assumiu a alcunha de Stargirl sem nem mesmo ter se deparado com um Starman, e nunca foi explicado como Pat Dugan conseguiu aqueles itens tão únicos.

A Stargirl foi recrutada por Amanda Waller para fazer parte da Liga da Justiça da América, uma equipe de super-heróis da ARGUS, que foi feita para minar a Liga da Justiça, que era uma equipe independente. Courtney achou que ela havia sido honestamente recrutada para fazer parte de uma equipe que ajudava as pessoas, mas mais tarde, ela descobriu que Waller não tinha interesse em ajudar as pessoas, mas sim usar a imagem da Stargirl para tirar a atenção das atividades questionáveis de seus parceiros de equipe. A Stargirl eventualmente saiu da equipe enojada e brevemente fez parte de um grupo independente, a Liga da Justiça Unida, antes de desaparecer após o quadrinho ser cancelado. A Stargirl foi vista por último no evento Doomsday Clock, entre os membros da Sociedade da Justiça da América que havia sido removidos do universo DC pelo Doutor Manhattan.



O LEGADO DO SIDERAL

Stargirl

Para entender a história da Stargirl, você precisa entender o Legado do Sideral. O legado tem início com Ted Knight, o primeiro Sideral, que apareceu na revista Adventure Comics #61 em Abril de 1941. Ted recebeu uma herança de família, e teve uma grande participação nos quadrinhos que lembrava a vida de Bruce Wayne para disfarçar sua vida secreta como um brilhante astrônomo e engenheiro. Foram esses talentos que permitiram a Ted a habilidade única de isolar uma energia cósmica gerada pela luz das estrelas e extrair essa energia através de um aparelho chamado de Haste Gravitacional. Ted adotou o nome Sideral e usou os poderes dados a ele pela Haste Gravitacional para lutar contra criminosos e sabotadores Nazistas como parte da Sociedade de Justiça da América.

Ted encontrou um sucesso na forma de Sylvester Pemberton, um jovem acrobata, que apareceu pela primeira vez em Star Spangled Comics #1 em Outubro de 1941. Um jovem rico que fugia de casa a noite para lutar contra o crime sem o conhecimento dos pais, Pemberton era único em meio aos jovens ajudantes da época pois ele eram a estrela do seu próprio quadrinho e tinha um ajudante adulto, Pat “Stripsey” Dugan, o motorista da família Pemberton. Eles mais tarde se juntaram a Sociedade da Justiça da América, e Pemberton brevemente empunhou a Haste Gravitacional quando o Sideral estava incapacitado. Os dois trabalharam no refinamento da tecnologia envolvida na Haste e pudesse caber em um dispositivo que ele pudesse vestir, o Cinto Conversor Cósmico, para melhor se encaixar no estilo de luta de Pemberton. Pemberton em seguida adotou o nome Skyman e criou o grupo de super-heróis chamados de Infinity Inc. mas tragicamente morreu em uma batalha contra Solomon Grundy.

O nome Starman foi usado por vários heróis na DC Comics ao longo dos anos, mas eles nunca tiveram uma ligação, além de usar a mesma energia baseada em luz que Ted Knight e Sylvester Pemberton utilizaram. Isso mudou na série Starman de 1994, onde Jack Knight, o filho de Ted, assumiu o papel do pai e aprendeu como ser uma boa pessoa e um herói – e que havia muitas vezes uma distinção entre os dois. Ao longo de 81 edições e vários especiais, a série estabeleceu conexões entre todos os heróis que utilizaram o nome Starman e estabeleceu um legado para o futuro através de uma adolescente chamada Courtney Whitmore.

Uma curiosidade é que a Stargirl já teve um relacionamento com o Shazam (Billy Batson), mas ao terminar o namoro, Shazam largou a Sociedade da Justiça da América.

Além de Shazam, Stargirl se relacionou com o Kid Flash (Wally West) e Esmaga Átomo (Alberth Rothstein).



APARIÇÕES

Stargirl já fez presença nas telinhas como na série Smallville em 2010 e foi interpretada pela atriz Britt Irvin.

Já apareceu também na série Legends of Tomorrow no começo da 2° temporada em 2016 e foi interpretada por Sarah Gray.


ORIGEM DA STARGIRL NO PILOTO DA SÉRIE

A história de origem da Stargirl mostrada no episódio piloto da série contém elementos da sua origem nos quadrinhos, apesar de lembrar também a história original em pequenos detalhes. Courtney Whitmore descobre sobre a vida secreta do seu padrasto após se mudar para Blue Valley, Nebraska e acidentalmente descobre algo sinistro sobre sua nova escola. A maior mudança, é onde sua nova origem nos quadrinhos entra em cena, é que Courtney só descobre o Cajado Cósmico entre os pertences de Pat Dugan, mas não o Cinto Conversor Cósmico, e ela então salta para ação adotando o nome Stargirl.


PODERES DA STARGIRL E CAJADO CÓSMICO

Stargirl

A Stargirl não tem nenhum poderes inatos; Courtney Whitmore é uma adolescente comum, apesar de estar em excelente condição física, ela possui um extenso treinamento em ginástica e artes marciais. Todos os poderes da Stargirl nos quadrinhos e na série vem do Cinto Conversor Cósmico e do Cajado Cósmico.

Utilizando uma forma única de energia irradiada pela luz das estrelas, o Cajado Cósmico é um artefato de grande poder, que pode se equiparar ao anel de um Lanterna Verde em termos de produção de energia e sua versatilidade. O Cajado Cósmico pode ser usado para controlar um tipo primitivo de gravidade, permitindo que o portador voe, e faça outros objetos levitarem ou aumentar a gravidade sobre eles, tornando-os mais difíceis de mover, ou lançando-os ao chão. O Cajado Cósmico também gera um campo de força que pode absorver quase todos os tipos de energia, e relançar, permitindo que Courtney lance explosões de luz ofuscantes, lasers, raios de calor, e virtualmente qualquer tipo de energia do espectro eletromagnético. Pelo fato do Cajado Cósmico estar sintonizado com ela, Courtney pode controlá-lo sem nem o tocar, apesar dela ainda estar aprendendo a controlá-lo.

Um novo poder que a série incluiu, foi que o Cajado Cósmico possui uma mente própria, se mostrando de alguma forma consciente, como a Capa de Levitação do Doutor Estranho. O Cajado Cósmico fica tentando levar Courtney para ação, mas ele reage de forma muito mais violenta do que Courtney deseja, tal como atear um carro em chamas quando ela estava apenas tentando furar os pneus. Outro mistério que ainda vai ser abordado na série Stargirl é o motivo do Cajado responder todos os comandos de Courtney, mas não funcionar com mais ninguém.

A série Stargirl foi lançada nos Estados Unidos no dia 11 de Maio, mas ainda não tem data para chegar no Brasil.


Animados para a série solo da personagem? Deixe seus comentários e lembre-se de compartilhar essa publicação em suas redes sociais.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.