CRÍTICA: Cobra Kai (5ª temporada, 2022, Netflix)

    Cobra Kai chega no seu quinto ano na Netflix e é uma das séries mais aguardadas pelos fãs da franquia que dá sequência a Karate Kid e que traz novamente Ralph Macchio e William Zabka como protagonistas reprisando os seus papéis como Daniel LaRusso e Johnny Lawrence.

    SINOPSE DE COBRA KAI

    Depois de perder o torneio para os lutadores do Cobra Kai, o Miyagi-Do deve fechar as portas, o que faz Daniel buscar medidas desesperadas para enfrentar seu novo arquinimigo Terry Silver (Thomas Ian Griffith). Agora com a ajuda do seus ex-adversário de tempos antigos, Chozen (Yuji Okumoto), o nosso herói desperta seu lado sombrio, enquanto Johnny tenta se reconectar com Miguel (Xolo Maridueña) e Robby (Tanner Buchanan).

    ANÁLISE

    Cobra Kai se iniciou como uma grande piada em How I Met Your Mother como se fosse uma espécie de What If…? mostrando o vilão de Karate Kid, Johnny Lawrence, como o protagonista e Daniel como o principal vilão da história. Por ser uma grande chacota, em seus primeiros anos a série abraçou sua galhofice e breguice, apelando para a nostalgia e todo um vasto background que foram apresentados em vários filmes.

    Trazendo personagens que tinham boas ideias, mas pouco desenvolvimento e nos apresentando arcos com outros tantos que foram nos ganhando com carisma, Cobra Kai foi angariando muitos fãs, chegando hoje em sua quinta temporada.

    Entretanto, se anteriormente o seriado funcionava por conta de todos os motivos citados acima, parece que o tempo foi passando, as ideias acabando e criatividade foi indo para o ralo, virando uma grande catástrofe narrativa, ao passo que a preguiça tomou conta do roteiro. As obviedades, explicações estapafúrdias, desenvolvimento pífio de personagens e cenas horríveis de luta e atuações constrangedoras tomaram conta da série que parece viver hoje no automático.

    Um exemplo disso está nos arcos de Miguel e Falcão (Jacob Bertrand), dois personagens complexos que hoje tem a profundidade de um pires, não por culpa dos atores que se esforçam, mas sim, de um texto tenebroso. O arco do México além de não servir para nada na trama ainda reforça um estereótipo preconceituoso da América Latina por parte dos estadunidenses que ainda acreditam que nossas nações são malandras e servem apenas para roubar os pobres norte americanos, fora o uso do famigerado filtro laranja.

    Uma série de decisões controversas vão empurrando a história para o seu ápice que mesmo com um excelente vilão como Terry Silver, consegue ser morno a ponto de entregar pouquíssimas cenas empolgantes ou de bom desenvolvimento. Não sabemos o que aconteceu, todavia, parece que a Netflix agora só apela para a nostalgia, sem um roteiro consistente, com personagens extremamente caricatos, porradas fofas e péssimo uso de bons atores, virando apenas uma sombra do que já foi anteriormente.

    Se utilizando de várias muletas de roteiro, Cobra Kai atira para todos os lados, mostrando que tudo se resolve na porrada. A proposta de dominação mundial por meio do caratê é tão absurda quanto um monte de adultos se quebrarem a pau com invasão de domicílio e praticamente nada acontecer. Pior que isso, empresários respeitados em brigas de quinta série, competições de tobogã e antagonistas que são tão maus que possuem bordões bregas, tudo isso e muito mais estão aqui.

    VEREDITO

    Com muita pobreza em sua execução, a quinta temporada de Cobra Kai se torna disparadamente a pior até agora, uma vez que com todos os problemas ficamos com a sensação de que, de fato, está na hora de finalizarmos a série antes que piore ainda mais. A falta de ideias está evidente e até mesmo o elenco parece desgastado de fazer parte do projeto.

    Netflix, chega de Cobra Kai! O show deve ser encerrado antes que seja tarde demais…

    Nossa nota

    1,5/5,0

    Confira o trailer:

    LEIA TAMBÉM:

    CRÍTICA – Cobra Kai (4ª temporada, 2021, Netflix)

    CRÍTICA – Cobra Kai (3ª temporada, 2021, Netflix)

    CRÍTICA – Cobra Kai (2ª temporada, 2019, YouTube Red)

    CRÍTICA – Cobra Kai (1ª temporada, 2018, YouTube Red)

    Cobra Kai: 6 curiosidades dos bastidores da série

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Séries e filmes coreanos para assistir na Netflix nos próximos meses

    A Netflix terá lançamentos para todos os gostos nos próximos meses: a maior e melhor variedade de conteúdo coreano disponível!

    CRÍTICA: ‘Lovely Runner’ é sobre o amor entre as linhas do tempo 

    Lovely Runner é a mais nova série de drama coreano lançada pelo serviço Viki Rakuten. A série é executada por Boo Sung Chul.

    As melhores séries de médicos que você precisa assistir

    Desde que a TV se tornou popular, as séries de médicos sempre foram classificadas entre os tipos de programas favoritos dos espectadores.

    The Acolyte: Conheça Tràkata, o estilo de luta usado por Qimir, o Estranho

    Tràkata é um estilo de luta muito particular. Chamado por muitos de injusto e indignos, foi o estilo de luta utilizar por Qimir, o Estranho.