Início SÉRIE Artigo Cursed – A Lenda do Lago: Primeiras impressões da nova série da...

Cursed – A Lenda do Lago: Primeiras impressões da nova série da Netflix

190
0
Cursed - A Lenda do Lago: Primeiras impressões da nova série da Netflix

Cursed – A Lenda do Lago chega hoje (17) à Netflix e é a mais nova aposta de série com temática de aventura e fantasia do serviço de streaming. Baseada no quadrinho homônimo de Frank Miller e Thomas Wheeler – que também são os criadores do seriado -, Cursed possui 10 episódios com uma média de 50 minutos de duração cada e traz no papel principal a atriz Katherine Langford (13 Reasons Why).

A trama apresenta a história de Nimue (Katherine Langford), uma garota que possui uma espécie de maldição atrelada à sua existência e está destinada a acontecimentos grandiosos. Em uma série de infortúnios envolvendo sua vida e sua aldeia, ela acaba encarregada de uma espada ancestral que deve chegar as mãos do famoso mago Merlin.

Com temática que mescla fantasia e elementos medievais, Cursed pode ser facilmente a nova The Witcher do catálogo da Netflix – porém, dessa vez, para o público juvenil. O elenco jovem parece estar em grande sintonia e há espaço para que todos brilhem em seus respectivos momentos – apesar do maior tempo de tela ser de Langford. Também há grandes nomes no cast de apoio, como os atores Gustaf Skarsgård e Peter Mullan.

Nós tivemos a oportunidade de assistir a apenas três episódios antecipadamente, então boa parte da trama ainda está se desenvolvendo nesses capítulos. Entretanto, é possível analisar a grande qualidade na criação dos cenários e no uso de CGI para algumas situações específicas. As cenas de luta (até aqui) não são apoteóticas, se mantendo simples devido à classificação etária do seriado.

Cursed - A Lenda do Lago: Primeiras impressões da nova série da Netflix

Sobre diálogos e roteiro, o ritmo da trama flui facilmente, sem momentos em que há vazios desnecessários ou cenas que não precisariam estar ali. Mesmo com uma média de 50 minutos de duração, os episódios não são arrastados, se tornando facilmente maratonáveis. Há uma escolha de elementos gráficos nas transições de cenas que fogem um pouco do comum, mas nada que atrapalhe o desenvolvimento da história em si.

Nesses primeiros três episódios o ponto forte está indiscutivelmente na personagem de Katherine  Langford. Nimue é uma jovem decidida que, apesar de insegura, possui a força necessária para desafiar todos aqueles que cruzarem seu caminho. Outro destaque está para Arthur, interpretado pelo jovem Devon Terrell, que representa o típico personagem comum que sonha com honra e reconhecimento.

Como primeiras impressões, Cursed – A Lenda do Lago representa a típica série divertida e interessante que mistura elementos fantásticos com a maldade do mundo que conhecemos. Passando por perseguição religiosa, demonização da figura feminina e diversos tipos de preconceito, Cursed pode promover um debate interessante entre os jovens. Estamos ansiosos para os próximos episódios.

Cursed – A Lenda do Lago estreia hoje, dia 17 de Julho na Netflix.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.