Início SÉRIE Notícia Titans: Ator transgênero e surdo é escalado como Jericó

Titans: Ator transgênero e surdo é escalado como Jericó

351
0
Titans: Ator transgênero e surdo é escalado como Jericó

Foi revelado há alguns dias que o ator Esai Morales havia sido escalado como o Exterminador da série live action da DC Universe, Titãs. E agora, o ator Chella Man foi escalado como Jericó, um herói e filho do Exterminador.

Apesar dele não ser um grande nome em Hollywood, Man que é surdo, e transgênero, tem visto seu perfil crescer como um ativista surdo e como modelo. Em 2017, o ator começou sua transição e desde então se tornou uma figura notória nos círculos LGBTQ+, documentando sua transição no Instagram, Youtube e uma série de colunas.

Jericó teve sua estreia na DC Comics em 1984, em Tales of the Teen Titans #43 (após fazer uma rápida aparição na edição #42). O personagem possui o poder de possuir alguém ao fazer contato visual com elas. O personagem sempre usou a linguagem de sinais para se comunicar com seus parceiros de equipe, e se tornou mudo no começo de sua vida, que o sequestraram em uma tentativa de ser usado como vantagem contra seu pai.

Apesar dele ter sido mostrado como vilão nos últimos anos, Jericó já foi considerado um dos personagens de coração mais puro na equipe de jovens heróis. Enquanto a versão original do personagem nunca ter tido sua sexualidade explorada, a encarnação moderna de Jericó é bissexual, e sua personalidade é mais bruta que a original.

Veja a descrição oficial do personagem na série:

“Filho do infame vilão da DC, Exterminador (vivido por Esai Morales), Joseph Wilson é o Tiã conhecido como Jericó. Mudo após seu pai ter falhado ao resgatá-lo de ter suas cordas vocais cortadas por assassinos, Jericó possui a habilidade única de possuir qualquer um ao fazer contato visual. Sua natureza gentil, o fez se provar como um Titã formidável.”

As filmagens da segunda temporada de Titãs devem começar em abril, e a escalação de novos atores para série continua. A primeira temporada da série está disponível na Netflix.

Leia também:

CRÍTICA – Titãs (1ª temporada, 2019, Netflix)