CRÍTICA – O Homem do Norte (2022, Robert Eggers)

    A saga épica de vingança viking, O Homem do Norte (The Northman), longa dirigido por Robert Eggers é estrelado por Alexander Skarsgård e conta também com grandes nomes de Hollywood.

    O Homem do Norte: Quem é o elenco do filme?

    O visionário cineasta Robert Eggers (O Farol) roteirizou e dirigiu o imersivo épico viking jamais visto no cinema.

    O Homem do Norte estreia no dia 12 de maio.

    SINOPSE

    O jovem príncipe Amleth (Alexander Skarsgård) está prestes a se tornar um homem quando seu pai é brutalmente assassinado por seu tio, que sequestra a mãe do garoto. Fugindo de seu reino insular de barco, a criança jura vingança. Duas décadas depois, Amleth tornou-se um guerreiro viking furioso, um autêntico berserker, invadindo aldeias eslavas impiedosamente.

    Numa delas, uma vidente o faz relembrar seu juramento: vingar seu pai, salvar sua mãe, matar seu tio. A bordo de um navio de escravos rumo à Islândia, Amleth se infiltra na fazenda do tio com a ajuda de Olga (Anya Taylor-Joy), uma escrava eslava, e coloca em ação o plano para honrar seu juramento.

    ANÁLISE

    O Homem do Norte: 5 curiosidades sobre o filme

    Robert Eggers é famoso por filmes densos, como A Bruxa (2015) e O Farol (2019) que fogem do entretenimento comum e em O Homem do Norte, o jovem diretor americano segue com suas características de direção e estética cinematográfica que tão bem o definem.

    O mais novo longa do diretor é indiscutivelmente “o filme” viking; o filme viking definitivo e o mais historicamente preciso e fundamentado de todos os tempos. Eggers produziu através da sétima arte um mergulho profundo em uma cultura há muito perdida, cada take dos 196min do filme é cultura nórdica e represantação da Era Viking da mais pura e refinada qualidade. Robert Eggers cavou até as raízes de Yggdrasil e trouxe para os nossos olhos ritos de combate, ritos funerários, hábitos, costumes, crenças e vastas paisagens da selvagem Islândia representando a Escandinávia do século VIII.

    Os vikings são famosos por serem grandes exploradores marítimos, guerreiros formidáveis e que encontram na morte em batalha a passagem para o Valhalla, mas com suas muitas representações recentes no cinema, TV e nos videogames a mitologia e cultura nórdica antiga foram romantizadas. Então, se você espera ver aqui o que já viu em séries de TV como Vikings, The Last Kingdom ou Vikings: Valhalla, por exemplo, sinto lhe informar, mas essas produções se comparadas com O Homem do Norte, parecem uma piada infantil.

    Tudo na produção é ímpar e digno de nota, mas é impossível mencionar tudo.

    A trilha sonora criada por Robin Carolan e Sebastian Gainsborough é algo que soa dissonante e arcaica, onde faz-se ouvir elementos como o vento, a chuva, a lama, o fogo, para criarem a atmosfera do filme; além dos sons da natureza, os sons dos instrumentos da Era Viking completam uma combinação hipnótica, elevada, sedutora e muitas vezes, estrondosa.

    Também é marcante a fotografia comandada por Jarin Blaschke; com uma paleta majoritariamente cinza, a escolha de cores faz com que a raiva e busca por vingança de Amleth seja algo tão poderoso que transcende seu corpo e preenche toda a tela. Isso dá a obra um peso, uma dor e melancolia que em conjunto com a trilha sonora e a atuação animalesca de Alexander Skarsgård faz com que O Homem do Norte não seja apenas mais um entre tantos filmes de vingança.

    Por falar na atuação de Skarsgård, Amleth é brutal, visceral e um berserker/ulfhednar historicamente preciso. Desde os rituais que precedem o combate com os guerreiros entrando em uma espécie de transe onde libertam seus espíritos animais (normalmente ursos, lobos e até javalis), até o combate propriamente dito de peito nu, machado em punho e seu seax a alcance das mãos, mas que sem a disponibilidade de ambas as armas o viking em seu estado animal ataca até mesmo com unhas e dentes. É assustador e hipnotizante em igual escala.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Ulfhednar: Conheça os guerreiros lobos

    Tão importante quanto os detalhes culturais, o sobrenatural é tão realista quanto o cotidiano neste filme – pois, para eles, era assim. E Odin, Freya, Fenrir, as Valquírias, as Nornas, Valhalla, Hel, Yggdrasil, jotuns são tão importantes como qualquer outro elemento e nenhum tem apresentação. Está tudo lá, caso você conheça ou não.

    Robert Eggers contou com pessoas importantes para essa recriação histórica, incluindo Neil Price, o professor de Arqueologia e autor de “Vikings: A História Definitiva dos Povos do Norte”, precioso relato histórico da Era Viking; Terry Gunnell, professor de Folclore na Universidade da Islândia; e a historiadora Jóhanna Katrín Fridriksðóttir, autora de “Valkyrie: The Women of the Viking World” (Valkiria: As Mulheres do Mundo Viking) e autoridade em sagas e poesias vikings.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | O Homem do Norte: 5 curiosidades sobre o filme

    VEREDITO

    Eu sou um leitor voraz do que se refere à Era Viking e talvez por isso, assistir O Homem do Norte foi uma experiência excepcional tamanha a riqueza de detalhes na recriação de uma cultura que teve um impacto enorme em outras diferentes culturas, mas que nos deixou tão pouco para estudá-la.

    Se você busca apenas entretenimento, O Homem do Norte pode não ser o melhor programa para você e pode até ser cansativo; mas se você busca um mergulho na cultura e mitologia da Era Viking: mergulhe de cabeça!

    O Homem do Norte não é um filme para as massas. Ele é denso, hipnótico e brutal.

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Assista ao trailer legendado:

    O Homem do Norte estreia no dia 12 de maio.

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Noites Sombrias #67 | Jason Vai Para o Inferno: A Última Sexta-Feira 13 (1993, Adam Marcus)

    Jason Vai Para o Inferno é o sexto filme da franquia de um dos ícones da cultura pop e que trouxe um misto de sentimentos na crítica.

    Top Gun: Maverick | Quem é o elenco do novo filme?

    Mais de 30 se passaram do clássico Top Gun, agora Tom Cruise está de volta em Top Gun: Maverick! Conheça o elenco.

    TBT #177 | Clube dos Cinco (1985, John Hughes)

    Clube dos Cincos é um daqueles clássicos dos anos 80 e seria uma heresia se não estivesse no TBT do Feededigno.

    Cannes: 5 filmes cotados para dominar o festival

    Começou nesta terça-feira (17) a 75ª edição do Festival Internacional de Cinema de Cannes. Conheça alguns filmes para ficar de olho!