CRÍTICA – The Sadness (2022, Rob Jabbaz)

    The Sadness é um longa taiwanês dirigido pelo estreante Rob Jabbaz e tem chocado pela sua violência extrema. Confira nossa crítica do filme.

    SINOPSE DE THE SADNESS

    Um vírus está assolando a população de Taiwan e as coisas se complicam uma vez que ele desperta o lado mais primitivo e selvagem dos humanos, gerando uma onda de violência extrema no país.

    ANÁLISE

    The Sadness até o momento recebe um título importante aqui para este que vos escreve: é o filme mais violento da minha história! O longa do cineasta Rob Jabbaz é cruel e visceral, sendo um banho de sangue completo.

    O roteiro é interessante no sentido de crítica, pois ataca a onda negacionista que vivemos de pessoas que negam a ciência e acham que existem diversas teorias da conspiração. A ignorância fez com que milhões pagassem com a vida e a escolha de trazer aspectos mais selvagens e a pura maldade deixam The Sadness urgente, com inimigos violentíssimos a cada esquina. As críticas são para governos e populações que preferem se ater apenas as suas verdades.

    Os protagonistas até não são tão carismáticos, mas a sacada da direção de temer por todos os personagens por conta de cenas terríveis cria um ar muito intenso e que nos deixa perplexos a cada morte.

    Entretanto, se por um lado o gore é um trunfo como característica do público que ama filmes de zumbis e pandemias, pelo outro há cenas desnecessárias de estupro e tortura que passam do ponto demais, sendo esticadas e servindo apenas para chocar.

    VEREDITO

    the sadness

    Brutal, sanguinário e sem escrúpulos, The Sadness é para quem tem estômago e um mental fortes, pois tem momentos de crueldade exacerbada. O longa consegue criticar e chocar os espectadores e é uma parada obrigatória para quem ama a violência extrema.

    Nossa nota

    4,0/5,0

    Confira o trailer de The Sadness:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #183 | Platoon (1986, Oliver Stone)

    Platoon, de Oliver Stone sem dúvida está na lista dos fãs de filmes de guerra. Veja nossa clássica indicação de TBT!

    CRÍTICA – Amor & Gelato (2022, Brandon Camp)

    Amor & Gelato é a nova aposta de filme de romance da Netflix. Baseado no livro homônimo de Jenna Evans, o longa é dirigido por Brandon Camp.

    Thor: Amor e Trovão | Conheça o elenco do filme

    Agora falta pouco para Thor: Amor e Trovão chegar aos cinemas! Confira neste artigo quem são os personagens e atores envolvidos na produção.

    CRÍTICA – O Apocalipse do Amor (2022, Hilal Saral)

    O Apocalipse do Amor é um filme turco dirigido pela diretora Hilal Saral. Veja o que achamos da produção de estreia da diretora turca.