Início FILMES Crítica TBT #125 | Star Wars: Guerras Clônicas (2008, Dave Filoni)

TBT #125 | Star Wars: Guerras Clônicas (2008, Dave Filoni)

Star Wars: Clone Wars traz personagem dado como morto

Com o hype em torno do novo lançamento de Star Wars, Bad Batch, nada mais justo do que trazer o longa que impulsionou a animação de grande sucesso da franquia.
Assistir o filme das Guerras Clônicas é relevante pra se ter uma base do que ocorre em Bad Batch? No máximo por apresentar Ashoka e destacar a relevância dos clones, mas nada muito profundo. Agora, o foco é matar a saudade deste querido (ao menos por mim) longa animado da gigantesca franquia de Star Wars

SINOPSE

Enquanto as Guerras Clônicas varrem a galáxia, Anakin Skywalker e sua nova Padawan, Ahsoka Tano, mergulham em uma missão perigosa para resgatar o filho sequestrado do senhor do crime Jabba, o Hutt. O renegado Conde Dookan está determinado a garantir que eles falhem, e com seu assassino mortal Asajj Ventress em perseguição, esta é uma missão com graves consequências.

ANÁLISE

Fãs de longa data da franquia deem conhecer a série homônima ao filme, um sucesso que ajudou a manter viva a produção e a atenção dos fãs durante o hiato de 10 anos entre o Episódio III – Vingança dos Sith e o Episódio VII – O Despertar da Força.

O longa de animação tem relação com a série, com seus eventos ocorrendo entre o episódio 16 da primeira temporada e o episódio 1 da terceira. Dentro de aproximadamente 90 minutos, o filme consegue percorrer bem, apesar da maneira rasa, os arcos desenvolvidos nos 4 planetas principais em que se passa.

Star Wars: A Guerra dos Clones

Em seu início, temos já uma batalha em Christophsis com boas doses do que a série tem de melhor: efeitos especiais e diálogos divertidos (Obi-Wan Kenobi brilha neste quesito). Apesar dos destaques recém mencionados, o principal ponto deste primeiro momento é a apresentação de Ahsoka Tano. A relação entre a Padawan e seu Mestre, Anakin, é muito bem construída e apesar da rápida evolução, é honesta e geralmente bem assimilada.

Os atos seguintes consistem em uma alternância entre 3 planetas com diferentes arcos que acabam se misturando com a evolução dos eventos. Com a missão de resgatar Rotta, o filho de Jabba, o Hutt, Anakin e Ahsoka vão com um esquadrão de clones até Teth. Enquanto isto, em Tatooine, somos apresentados ao ardil dos sith, enquanto Conde Dookan, junto ao clã dos Hutt, busca incriminar os Jedi pelo sequestro e possível morte do pequeno Rotta, com a ajuda de Asajj Ventress.

As cenas de combate em Teth são excelentes e o desenvolvimento da relação entre Mestre e Padawan recebe o tempo certo neste ato.

Apesar de terem conseguido resgatar o pequeno Hutt e escapar da embosacada criada pelos Sith em Teth, Anakin e Ahsoka voam direto para Tatooine buscando devolver o filho sequestrado do chefe do crime e garantir o apoio dos Hutt na rota de comércio. Mal sabiam eles que Conde Dookan já convencera Jabba e preparava mais uma emboscada para frustrar os planos dos Jedi.

Sabendo disso, em Coruscant, a Senadora Padmé Amidala vai até um tio de Jabba, Ziro, o qual administra uma boate em Coruscant, esperando conseguir negociar mais tempo para Anakin. O arco de Padmé, apesar de breve, demonstra bem as capacidades diplomáticas e principalmente a coragem da Senadora, dando devido peso à personagem.

Em Tatooine, Ahsoka acaba sendo responsável por salvar a pele de Anakin, bem como a reputação dos Jedi frente ao clã dos Hutt, revelando a armadilha criada pelos Sith e garantindo o acordo prometido.

VEREDITO

Apesar de breve e talvez até mesmo raso, o longa Star Wars Guerras Clônicas é uma ótima introdução à série e vale sempre ser revisto por seus cenários agradáveis e bem feitos, belos efeitos especiais e a ótima mistura entre momentos engraçados e de tensão.

Vale a pena até pra matar a saudade e reascender a vontade de maratonar a série, caso queira estar por dentro de todos os detalhes antes de assistir Bad Batch. Caso não queira investir tanto tempo, mas ainda assim pegar os pontos chave para não perder nada na nova série do Disney +, confere o artigo que vai ser lançado amanhã.

Nossa nota

3,0 / 5,0

E você, o curtiu o Star Wars: Guerras Clônicas? Já assistiu a esta nossa indicação? Deixe sua avaliação e comentários e lembre-se de conferir nossas indicações anteriores do TBT do Feededigno. Tem bastante coisa bacana por lá.

Star Wars: Guerras Clônicas está disponível no Disney+.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.