Início FILMES The Maxx: Channing Tatum e Roy Lee irão adaptar HQ para o...

The Maxx: Channing Tatum e Roy Lee irão adaptar HQ para o cinema

35
0
The Maxx: Channing Tatum e Roy Lee irão adaptar HQ para o cinema

Depois de um esforço de um ano para trazer Gambit da Marvel para a telona, sem sucesso, Channing Tatum finalmente entrará no mundo das adaptações de quadrinhos. De acordo com o The Hollywood Reporter, Tatum e Roy Lee irão trazer o personagem The Maxx, de Sam Kieth, para a grande tela. O cult clássico cômico ganhou uma série de televisão em meados da década de 90, entretanto, esteve visivelmente ausente entre uma lista cada vez maior de filmes de super-heróis nos últimos anos.

Publicado pela Image Comics em 1993, The Maxx segue as aventuras de um morador de rua que, ao entrar em uma segunda realidade alternativa conhecida como Outback, assume o corpo e a personalidade do personagem titular – um poderoso herói roxo.

No Outback, Maxx é encarregado de combater o Sr. Gone e proteger a Jungle Queen, cuja contraparte no mundo real é Julie Winters, uma assistente social frequentemente chamada para tirar o Maxx de situações ruins (ou seja, encarceramento).

Kieth trabalhou em Sandman, que lançou a carreira de Neil Gaiman e se tornou um dos quadrinhos mais aclamados de todos os tempos. Ele também trabalhou em histórias de Wolverine para Marvel Comics antes de criar The Maxx.

A série inicial de The Maxx durou cinco anos. Em 1995, o quadrinho atraiu um público moderno graças à arte única e a uma história que era ao mesmo tempo desagradável e interessante. A história em quadrinhos inspirou um drama em áudio e uma série de desenhos animados de 13 episódios na MTV, que consolidou seu status cult, ganhando o Annie Award de melhor série de animação.

Sam Kieth, que continua trabalhando nos projetos da DC e da Marvel, revisitou recentemente o personagem principal com uma colaboração especial com a DC para Batman / The Maxx: Arkham Dreams, uma minissérie de cinco edições.



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários