Início FILMES Vingadores: Guerra Infinita | Diretores revelam o que aconteceu após o ato...

Vingadores: Guerra Infinita | Diretores revelam o que aconteceu após o ato final de Thanos

2119
0

VOCÊ ESTÁ ENTRANDO EM UMA ÁREA DE SPOILER, CONTINUE POR SUA CONTA EM RISCO

Nos minutos finais de Vingadores: Guerra Infinita, Thanos estalou seus dedos enquanto empunhava a Manopla do Infinito completa, e apagou trilhões de vidas. Na cena que se seguiu, vimos o Titã Louco em uma sequência que lembra um mundo dos sonhos, onde ele confessou para uma versão mais jovem de Gamora — quem ele assassinou afim de conseguir a Joia da Alma — que ele havia completado seu terrível plano, mas aquilo havia sido um sonho ou algo completamente diferente?

Bem, Joe Russo pode ter confirmado que eles estavam tendo aquela conversa dentro da Joia da Alma, o que pode confirmar que a alma de Gamora está de fato presa lá dentro e ainda pode ser recuperada.

“É [dentro da joia da alma], eles estão em um mundo laranja. Pois essa é a Jornada do Herói no filme, nós apontamos isso, fazendo uma correlação no filme entre Thor e Thanos. Certos personagens fazem escolhas bem humanas no filme, que são muito trágicas e mudam a direção da história. Quill faz essa escolha em Titã quando dá socos na cara de Thanos. Thor faz essa escolha quando enfia o machado no peito de Thanos, pois ele quer mostrar ao vilão à que veio, que isso é vingança. Se ele não tivesse tomado essa decisão, se ele tivesse tentado matá-lo, eles não estariam nessa situação. Para Thanos no fim do filme, isso é parte de sua Jornada do Herói, e mais uma vez o colocamos cara a cara com a única coisa que ele já se preocupou, onde ele precisa assumir o custo emocional do que fez no filme.”

O diretor disse que ao fim do filme, a criança com quem Thanos falou, era de fato o espírito de Gamora (algo diferente do que imaginávamos, como uma alucinação ou algo similar), mas rapidamente mudou de assunto para apontar que aquela interação na verdade causou um dano considerável no Titã Louco.

“Eu acho que é um reflexo do espírito [de Gamora], e o poder necessário para usar todas as joias de uma vez é tão forte que faz Thanos entrar em um sonho. Você perceberá que o braço dele está machucado após o estalar de dedos, a manopla está danificada por causa da incrível energia que é necessária. Apenas por ser tão forte ele é capaz de sobreviver ao uso da Manopla em capacidade total. Mas isso cria esse momento catártico para ele.”

O vilão já tinha sido atingido no peito por Thor,  e com um braço “danificado” e uma Manopla do Infinito aparentemente destruída, parece que os Heróis Mais Poderosos da Terra podem não enfrentar tantos problemas assim para derrotá-lo em Vingadores 4. Fazê-lo sentir o impacto de suas decisões foi definitivamente uma jogada inteligente dos Irmãos Russo, e será melhor ainda ver Thanos pagando por elas.

O que você achou de Vingadores: Guerra Infinita? Conte nos comentários abaixo, e siga-nos nas redes sociais:

Facebook – Twitter – Instagram – Pinterest

Confira o que achamos do filme:

CRÍTICA – Vingadores: Guerra Infinita (2018, Joe & Anthony Russo)

Comentários