CRÍTICA – Overwatch 2: Invasão e O Chamado da Caçada (2023, Blizzard)

    Overwatch 2 foi lançado originalmente em 2022. Como um lançamento que unificou o primeiro jogo com o segundo e tornou o fps da Blizzard free-to-play, nos lançou em divertidas aventuras novas, mapas novos e jogabilidades interessantes com seus novos personagens. A temporada nova, intitulada O Chamado da Caçada nos coloca no controle do novo personagem tanque, Mauga. Neste texto, agradeço a Blizzard pelo envio dos códigos do Passe de Batalha e do modo Invasão, o game assim nos lança em histórias desconhecidas por mim, como as ameaças do Setor Nulo, viajamos pelo Brasil, Canadá e
    Gotemburgo.

    A 8ª temporada do game nos proporciona elementos incríveis baseados em um dos eventos sazonais mais divertidos do game, o tradicional evento de natal do game.

    SINOPSE

    A 8ª temporada chegou! Enfrente e queima a concorrência com Mauga, conquiste o passe de batalha premium para desbloquear a Orisa Fera Mítica. Celebre o Paraíso Congelado e muito mais!

    ANÁLISE

    Overwatch 2

    A participação de Mauga muda o ritmo e a maré do game, com seu lançamento, o herói que pode ser desbloqueado e utilizado nesta temporada, nos garante um habilidades poderosas para fazer frente à outros tanques como Orisa. Suas habilidades e suas metralhadoras duplas, garantem um poder fogo e coloca nossos inimigos em chamas. Com cerca de 350 balas no pente e 500 de HP, o game permite que seus jogadores causem um dano considerável aos inimigos no campo de batalha.

    Sendo ainda mais competitivo, as habilidades de Mauga nos proporcionam um combate de curta/média distância eficaz, possibilitando sequências de combate que lançarão seus inimigos à novas possibilidades de sofrer nas mãos do poderoso personagem.

    Além de Mauga, o herói Samoano, o Paraíso Congelante retorna, com partidas no Arcade que nos proporcionam garantir itens disponibilizados durante o evento, desde skins comemorativas de Cassidy e para Baptiste.

    Confesso que a minha classe de herói favorita é a de Suporte. Sendo meus mains Lucio e Mercy. Mas a inclusão de Mauga muda tudo. O herói rapidamente se tornou um dos meus favoritos pelo dano que causa, mas não apenas por isso. Sua habilidade “Sobrecarga cardíaca” garante uma cura significativa aos membros da sua equipe e diminui o dano recebido por eles.

    Com a melhor progressão do passe de batalha possível, nosso avanço nas partidas nos permitem garantir XP suficiente para progredir. Tendo completado mais da metade do passe, a diversão do game, vem não apenas de desbloquear elementos únicos desta temporada, mas também dos diferentes modos de game.

    VEREDITO

    Ao que tudo indica, a Blizzard parece ter tido sucesso em dar uma sobrevida ao game que todos pensavam estar morto antes mesmo de seu lançamento. Com um maior número de jogadores gringos do que BR, o game diverte e entretém. Mas falha em entregar elementos recompensadores, que façam querer que os jogadores permaneçam no game.

    Ainda que o Modo Invasão expanda a lore do game, ou o que conhecemos deste mundo, pagar cerca de R$ 75,00 é excessivo se colocarmos na balança o custo-benefício, e assim, talvez não compense. Ao passo em que mergulhamos nas missões do game que garantem uma progressão mais interessante e mais rápida do passe de batalha, somos lançados em aventuras e interações curiosas com outros jogadores. Para além disso, Overwatch 2 mostra o quão importante são as estratégias para dominar cada um dos mapas. Seja nos modos arcade do Paraíso Congelado, ou em missões mais simples e até mesmo em partidas do modo competitivo, o game melhora a progressão e faz o game ser o mais divertido que Overwatch já foi até aqui.

    Nossa nota

    4,0 / 5,0

    Confira o trailer dessa temporada:

    Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

    Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

    Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

    Artigos relacionados

    CRÍTICA: ‘Bandle Tale: A League of Legends Story’ é um cozy game repleto de surpresas e diversão

    Bandle Tale: A League of Legends Story é o mais novo game original da Riot. Ajude a restaurar Bandópolis como um Yordle.

    Nintendo Direct Partner Showcase: Confira todos os lançamentos do evento de fevereiro

    A Nintendo Direct Partner Showcase chegou e fez anúncios importantes para os próximos seis meses. Confira o que foi anunciado!

    CRÍTICA: ‘Skull and Bones’ é uma boa experiência marítima 

    Skull and Bones é o mais novo lançamento da Ubisoft para o PlayStation 5, Xbox Series X | S e PC. Veja o que achamos!

    CRÍTICA: ‘Tomb Raider I-III Remastered’, coletânea é remaster respeitoso e faz jus ao legado

    Tomb Raider I-III Remastered é a coletânea remasterizada das primeiras aventuras de Lara Croft. O Remaster chegou em fevereiro aos consoles e PC.