Star Wars: 12 Fatos que você não sabe sobre Luke Skywalker

0
5186
Luke Skywalker

Luke Skywalker (Mark Hamill) é o herói central da trilogia original de Star Wars, e se tornou uma parte icônica do cinema e da cultura pop. Com sua última participação – até o momento – em Os Últimos Jedi (2017), onde ele teve um papel muito maior do que no primeiro filme da nova franquia O Despertar da Força (2015). No Episódio VII, são feitas alusões à Luke durante quase todo o filme, mas com o exílio do personagem, ele só aparece durante os segundos finais do filme.

O reset no cânon de Star Wars e a criação de Star Wars Legends levou muito da personalidade e história pessoal de Luke, e a apagou para dar espaço às novas histórias da nova trilogia de filmes. Essa lista faz parte do cânon do personagem e vai tratar curiosidades que fazem parte do cânone da série e também do que vem do universo expandido. 

12A voz de vilões icônicos

Mark Hamill é indubitavelmente conhecido por sua performance como Luke Skywalker, mas ele também dublou icônico personagem Coringa em muitas versões animadas, incluindo para televisão, filmes e video games. Hamill ganhou o BAFTAGames em 2012 por sua performance vocal como Coringa por Batman: Arkham City, e foi indicado em 2016, pelo game Batman: Arkham Knight. Ele também emprestou sua voz ao Coringa na versão animada do aclamado quadrinho A Piada Mortal.

O Coringa não é o único vilão que Hamill dublou – e um vilão vem de uma galáxia muito, muito distante! Em Star Wars: Guerra dos Clones (2008), Hamill dublou o Espírito da Força do Lorde Sith Darth Bane.

11Orientação Sexual de Luke não é conhecida

Enquanto Luke é casado com Mara Jade em Star Wars Legends, o reset do cânon de Star Wars significa que sabemos bem menos sobre Luke. Apesar do fato dele ser o personagem central da trilogia original e parecer ser parte integral da trilogia atual, muitas coisas sobre o personagem de Luke não foram estabelecidos.

Recentemente, quando foi perguntado sobre a sexualidade de Luke Skywalker, Mark Hamill respondeu:

“A sexualidade dele nunca é abordada nos filmes. Luke é o que o público quiser que ele seja, então você pode decidir.”

A verdade é que Luke viaja pela galáxia como parte do público, viajando pela galáxia com eles aprendendo sobre os poderes misteriosos da Força como nós, mas de muitas formas, Luke continua como um mistério. Entretanto, mesmo tendo um papel importantíssimo no Episódio VIII, nenhum detalhe mais profundo sobre a história de Luke é contada.

10Seu nome original era Anakin Starkiller

Nos primeiros rascunhos de Star Wars, o nome do jovem protagonista não era Luke Skywalker. Na verdade, o nome do herói era inicialmente Anakin Starkiller. Enquanto Anakin foi mudado para Luke antes das filmagens começarem, Mark Hamill revelou que seu nome era Luke Starkiller por meses durante a produção. O nome “Starkiller”, entretanto foi considerado violento e ameaçador demais para um herói. Lucas mais tarde pensou que o público talvez pudesse ligar “Starkiller” ao líder cultista e serial killer Charles Manson.

Apesar do fato de nem “Anakin”, nem “Starkiller” terem se tornado o nome de Luke, ambos fizeram inúmeras participações no Universo Star Wars. Anakin, é claro, se tornou o pai de Luke, Darth Vader, e se tornou o nome de inúmeros outros personagens na série Star Wars Legends, incluindo o terceiro filho de Han e Leia, Anakin Solo. Starkiller também foi usado diversas vezes no Universo Star Wars, incluindo para Galen “Starkiller” Malek, o protagonista do game The Force Unleashed e o nome da Base Starkiller em O Despertar da Força.

9O primeiro encontro com Obi-Wan não foi durante o Episódio IV

A vida de Luke enquanto ele crescia em Tatooine é explorada no novo cânone, no livro chamado Uma Nova Esperança: A princesa, o cafajeste e o garoto da fazenda. Já que o livro foi escrito para um público mais jovem, alguns momentos abordam a infância de Luke em Tatooine. Enquanto seu tio Owen tentava desencorajar a natureza aventureira do garoto, sua tia Beru secretamente o encorajava, levando-o ao HoloNet para ver os diferentes tipos de planetas e climas. Quando Luke se tornou um adolescente, ele pilotava um Skyhopper T-16 e atirava em ratos do deserto com grande habilidade.

Quando Luke tinha oito anos, ele tentou lutar contra os capangas de Jabba o Hutt, mas acabou ficando inconsciente. Ele foi salvo pelo misterioso Ben Kenobi, que o vigiava de longe e o levou de volta seguro até sua cama.  Vale acrescentar que Ben conheceu o Luke no seu nascimento, sendo ele o encarregado de levar o bebê até Tatooine. Luke não lembrava do quão gentil Kenobi foi, mas Obi-Wan sempre esteve lá para protegê-lo.

8Estação Tosche

Muitos fãs conhecem o lamento chorão de Luke para seu tio Owen: “Mas eu estava indo para a Estação Tosche para pegar uns conversores de energia!” Mas a Estação Tosche não seria descartada originalmente. Na verdade, a sequência da Estação Tosche é o ambiente deletado de uma cena de Uma Nova Esperança em que Luke faz – como seu tio havia previsto – “perde tempo com seus amigos,” incluindo Biggs Darklighter. Nessa cena, Biggs diz a Luke que ele está fugindo para se juntar à Aliança Rebelde, o que pode ter ajudado a inspirar Luke para ajudar Leia e Obi-Wan Kenobi. A cena também revela que Luke, como Biggs, já demonstra certa simpatia pela Rebelião, mesmo querendo se juntar à Academia Imperial como um piloto.

Apesar da cena da Estação Tosche não ter chegado ao corte final, Biggs aparece e cumprimenta Luke antes do ataque à Estrela da Morte. Infelizmente, Biggs morre na batalha, e eles nunca mais se encontram.

7Um Jedi autodidata

Muitos fãs discutem quanto à duração do treinamento de Luke. Em relação aos padawans da Ordem Jedi antes da ascensão do Império, Luke é velho demais para treinamento. Afinal, Anakin foi considerado velho demais aos nove anos, e Luke é uma década mais velho quando seu caminho encontra o de Obi-Wan em Uma Nova Esperança.

O treinamento de Luke, por causa das circunstâncias é altamente não ortodoxo. Após um breve período de tempo com Obi-Wan, aprendendo sobre a filosofia e os princípios básicos da Força, Luke é deixado à sua própria sorte para aprender melhor sobre suas habilidades recém-descobertas. Enquanto parece que as habilidades de Luke evoluem do dia para noite, é importante lembra – e muitos fãs esquecem – que existe um período de três anos entre os eventos de Uma Nova Esperança e o Império Contra Ataca.

Durante essa época, Luke se torna um Jedi autodidata. Ele aprende sobre a história Jedi de Taneetch Soonta, visita e treina nos Templos Jedi em Vrogas Vas, encontra e lê os diários Kenobi em Tatooine, e experimenta suas próprias habilidades com a Força através de tentativa e erro. Ele também está exposto à um número de holocrons Jedi enquanto foi prisioneiro de Grakkus o Hutt. As habilidades de Luke levaram tempo para se desenvolver, especialmente porquê sem um mentor, ele não sabe o que é capaz de alcancer através da Força.

Star Wars: Os 17 usuários mais poderosos da Força

6O tempo de Luke em Dagobah está aberto à debate

Não está claro quanto tempo Luke gastou no treinamento com o Mestre Jedi Yoda no planeta remoto de Dagobah. Pelo fato do treinamento dele acontecer simultaneamente com Han e Leia fugindo do Império e mais tarde, seu cativeiro em Cloud City, isso não parece ser um longo período de tempo, mas não temos como indicar quanto tempo se passou desde a sua chegada. Os escritores do West End Games Style Guide para a criação de Star Wars: The Roleplaying Game estima que o treinamento de Luke em Dagobah durou aproximadamente seis meses, o que parece balancear o período curto de tempo que passou para Han e Leia com o crescimento de Luke em seu longo e fatigante treinamento.

Entretanto, Pablo Hidalgo, o executivo criativo da Lucasfilm Story Group, tuítou que pode ser possível Dagobah, como um local sensitivo à Força, exista fora do tempo normal. Ele cita o livro de O Império Contra-Ataca, que descreve a entrada em Dagobah como se estivesse entrando em um sonho que é separado do resto da galáxia.

5O acidente de carro de Mark Hamill levou ao ataque do Wampa, talvez?

Como muitas partes da mitologia de Star Wars, a história de como a cena do Wampa aconteceu, depende de com quem você fala. Alguns fatos não são discutíveis: Mark Hamill estava em um acidente de carro perto da época que Uma Nova Esperança (1977) estava em produção. Ele machucou seu rosto em um ferimento, fraturando seu nariz e a bochecha direita. O ferimento foi tão grave que a cartilagem da orelha de Hamill foi usada para consertar seu nariz.

Carrie Fisher disse que a cena do Wampa foi mudada para o início do filme para explicar as mudanças faciais de Hamill. Entretanto, George Lucas disse que enquanto a cena ajudou a dar uma explicação, ela não foi criada para esse propósito. Final, Lucas aponta, que muitos anos se passaram entre Uma Nova Esperança e O Império Contra-Ataca, e podiam haver muitos ferimentos de guerra. George Lucas também ficou conhecido por modificar a história por trás de Star Wars frequentemente para parecer que tudo havia sido planejado há muito tempo, mas muitos fãs não acreditam nisso.

Se a cena do wampa foi criada para explicar a mudança na aparência de Mark Hamill ou não, ela com certeza cumpriu sua função. O departamento de maquiagem trabalhou nos ferimentos já existentes de Hamill para criar ferimentos que Luke ganhou após ser atacado por um wampa. Independente de quanto ele mudou, a cena funcionou efetivamente para explicar os ferimentos de Luke.

4Luke é mais jovem que você pensa

A idade de Luke é incerta até A Vingança dos Sith estabelecer a data de nascimento específica, fazendo-o ter dezenove anos no começo e Uma Nova Esperança. Dado os intervalos de tempo entre os filmes, isso significa que ele tem vinte e dois anos em O Império Contra-Ataca, vinte e três em O Retorno de Jedi, e cerca de cinquenta e três em O Despertar da Força. Apesar de sua aparência desleixada, Luke é um homem de meia-idade que pode viver outras cinco décadas ou mais – dependendo da tecnologia médica.

Claro, Mark Hamill é quase uma década mais velho que seu personagem com sessenta e quatro, e mais uma vez, a idade dos personagem em Star Wars nem sempre batem com a idade dos atores. De muitas maneiras, Luke seguiu os passos de Obi-Wan. Vingança dos Sith revelou que Obi-Wan tinha cinquenta e cinco anos em Uma Nova Esperança, e Sir Alec Guinness tinha sessenta e três. Ambos Mestres Jedi podem ter envelhecido consideravelmente por causa do clima difícil e condições que enfrentaram em seus anos de solidão e exílio auto-imposto.

3Sabre de luz de Luke

Muitos fãs sabem que Luke usou o sabre de luz de seu pai em seu duelo contra Darth Vader em Cloud City. Entretanto, os detalhes sobre o sabre de luz que ele construiu entre O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi acabaram de surgir no novo cânon contado no livro para crianças do Episódio VI, Retorno de Jedi: Cuidado com o Poder do Lado Negro! No livro, Luke gastou os meses entre Cloud City e o Palácio de Jabba reunindo pedaços para construir um novo sabre de luz, mas ele não foi capaz de finalizá-lo até ele visitar o velho lar de Ben Kenobi em Tatooine. Lá, ele encontrou as partes que precisava, antes de ir salvar o Han congelado do lorde do crime Hutt.

Luke não tinha muita prática de duelo com seu novo sabre de luz antes de duelar com Vader pela segunda vez, mesmo tendo crescido como um Jedi entre essas lutas.

2O Herói de Mil Faces

Luke Skywalker, o protagonista principal de Star Wars, é retirado de um grupo diverso de inspirações, desde Flash Gordon até Mitologia Clássica. Um dos paralelos mais interessantes a serem feitos é com o Rei Arthur, que era um órfão que cresceu nas trevas, e foi ensinado pelo sábio mago Merlin (ou talvez, Obi-Wan), e se tornou um poderoso e sábio guerreiro e governante.

George Lucas usou intencionalmente a teoria do mito de Joseph Campbell, de seu livro O Herói de Mil Faces; A estrutura de Campbell da Jornada do Herói pode ser aplicada à muitas figuras das lendas, mitos, folclores e literaturas. Luke SKywalker se tornou um exemplo do mito, como Rei Arthur e Odisseu antes dele, partindo em uma jornada para o desconhecido. Por ser rapidamente associado com o trabalho como uma das mil faces de um herói, Luke foi mostrado na capa de uma das reimpressões do livro de Campbell.

1O roteiro vazado de O Despertar da Força nos diz muito

Enquanto Luke Skywalker não aparece em O Despertar da Força até os momentos finais, um rascunho vazado do roteiro continha uma quantidade surpreendente de informação. Primeiro, os fãs descobrem que Luke aparece em uma visão de Rey com R2-D2, em frente à um “templo em chamas à noite”.

Detalhes sobre a cena final também foram revelados. O roteiro diz que Luke estava escondido em um planeta chamado Ahch-To. O nome pode não ter muito significado, mas especulações incluem o fato de que “Ahch” é a palavra hebraica para “irmão” ou que “Ahch To” é a pronúncia fonética inglesa para “Ato Dois”. Ao ver Rey, Luke é descrito como:

“Uma gentileza nos olhos, mas há algo como uma tortura nele, também. Ele não precisa perguntar a ela quem ela é, ou o que ela está fazendo lá. Seu olhar diz tudo.”

Após Rey oferecer a Luke o sabre de luz, o roteiro diz:

“FOQUE NO ROSTO INCRÍVEL DE LUKE SKYWALKER, assombrado e conflituoso com o que ele vê, e enquanto a trilha aumenta, a promessa de uma aventura, apenas começa…”

Luke entende porquê Rey veio, talvez melhor do que a própria Rey entende, mas ele está cheio de conflito interno, que foi explorado no último filme da nova trilogia, Os Últimos Jedi. Mas isso dá conteúdo para uma nova lista! 

Gostou da nossa lista? Compartilhe com seus amigos em suas redes sociais e lembre-sede nos acompanhar no Facebook, TwitterInstagram Pinterest.

Livros e e-books de Star Wars com preço especial? Confira essa lista na loja da Amazon! Comprando por esse link você ajuda o nosso site a crescer! 

Leia mais sobre Star Wars.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.