Início QUADRINHOS Artigo Conheça Roman Sionis, o Máscara Negra de Aves de Rapina!

Conheça Roman Sionis, o Máscara Negra de Aves de Rapina!

294
0
Conheça Roman Sionis, o Máscara Negra de Aves de Rapina!

Roman Sionis é mais conhecido como Máscara Negra, e é um inimigo de longa data do Batman e uma das figuras mais proeminentes no crime organizado de Gotham.

O personagem já foi membro da alta sociedade de Gotham e presidente da gigante Janus Cosmetics, a própria noção de empreendedorismo, o levou a tomar terríveis decisões que levaram sua reputação e seu negócio a falência. Humilhado, Roman buscou vingança naqueles que acreditava serem responsáveis por sua má sorte – ou seja, Bruce Wayne e sua empresa. Para esse fim, Roman Sionis criou uma identidade de senhor do crime, chamado de Máscara Negra, assim como também a Sociedade de Rostos Falsos.

ORIGEM

Roman Sionis

Nascido na riqueza de uma família de Gotham, Roman Sionis cresceu com pais que cuidavam mais de sua imagem diante a sociedade do que de seu próprio filho. Pouco depois de nascer, Roman caiu de cabeça no chão e enquanto crescia, sua infância se provou ser tão pretensiosa quanto luxuosa. Quando cresceu,  Sionis tornou-se vice-presidente da companhia de seu pai, a Janus Cosmetics. Entretanto, ele não tinha total controle sobre o império Sionis e pouco tempo depois, matou seus pais ao colocar fogo em sua casa e tomou controle completo da empresa da família.

Pouco depois, Roman se tornou presidente da companhia, mas ele se provou um homem de negócios ineficaz. Nesse momento, Roman Sionis começou a colecionar máscaras de todos os cantos do mundo e não muito tempo depois, ele quase levou sua empresa à falência. Em uma tentativa desesperada, Roman criou uma nova linha de produtos cosméticos, que se tornaram perigosos e a Janus Cosmetics foi processada milhares de vezes.

Um Roman humilhado se viu obrigado a aceitar ajuda das Indústrias Wayne, na condição de que Roman Sionis desistisse da posição de presidente da Janus Cosmetics.

Após perder seu império, Roman foi até a cripta onde seus pais foram enterrados e quebrou o caixão de seu pai com uma pedra. Ele começou a esculpir uma máscara com os restos do caixão de seu pai, uma terrível máscara negra, que eventualmente deu o nome ao personagem.



A SOCIEDADE DE ROSTOS FALSOS

Roman Sionis

O Máscara Negra começou a reunir membros para sua nova organização criminal chamada de Sociedade de Rostos Falsos, que foram forçados a usar máscaras de sua própria coleção, de acordo com suas próprias personalidades.

Com sua nova organização, o Máscara Negra começou sua vingança contra as Indústrias Wayne e seu líder, Bruce Wayne. Quando o Batman deduziu a identidade do vilão, Roman Sionis foi convidado para um baile de máscaras na Mansão Wayne, onde ele tentou matar Bruce. Os planos de Sionis falharam e ele foi forçado a fugir, mas o Batman e Robin o seguiram até a trilha da abandonada propriedade da família Sionis, onde o Máscara Negra tentou queimar toda a história de Roman Sionis. Assim, ele começou a atear fogo enquanto os heróis derrotaram a Sociedade de Rostos Falsos. Finalmente, o Máscara Negra tentou escapar durante o incêndio, mas o Batman evitou que ele fugisse, quando Sionis caiu de cara no incêndio que ele mesmo havia criado. O Batman e Robin foram capazes de retirá-lo do fogo, mas o formato da máscara ficou esculpida em seu rosto, dando a ele uma máscara negra permanente.

Uma vez capturado, o Máscara Negra foi levado para o Asilo Arkham.



RETORNO A GOTHAM

Roman Sionis

Eventualmente, o Máscara Negra fugiu do Asilo Arkham e reconstruiu a Sociedade de Rostos Falsos com a ajuda da feiticeira Circe. O vilão ordenou que seus soldados queimassem vários dos prédios de Bruce Wayne espalhados por Gotham. O Homem Morcego então se infiltrou na Sociedade, com o codinome Skullface. De dentro da organização, Bruce Wayne descobriu que Sionis planejava sequestrar Lucius Fox.

Por horas, o Máscara Negra prendeu Fox e o interrogou acerca de informações sobre Bruce Wayne. Skullface atacou o bandido e salvou Lucius, após toda essa confusão, o Máscara Negra foi dado como morto.

O vilão continuou foragido até reaparecer, ainda liderando a Sociedade de Rostos Falsos, e matando seu rival mafioso “Dirty Dan” Doyle em uma emboscada.

Após a emboscada, o Máscara Negra se aproximou de um jovem chamado Johnny LaMonica, também conhecido como Aranha Negra, que desejava se juntar a Sociedade de Rostos Falsos. Ao achar LaMonica irritante, o Máscara Negra mandou que o jovem fizesse um primeiro trabalho ao entrar de penetra em um outro baile de máscaras na Mansão Wayne. O Aranha Negra fez como pedido, mas falhou ao machucar a única pessoa que não devia, e quase não conseguiu escapar do Batman.

Mais tarde o Homem Morcego descobriu que LaMonica era um agente duplo de um rival mafioso do Máscara Negra. Ao perceber que o Aranha Negra tinha a intenção de matar o vilão de uma forma ou de outra para seu verdadeiro empregador, o Batman seguiu o Máscara Negra até um teatro abandonado. Apesar de chegar muito atrasado e não conseguir impedir a morte de diversos Rostos Falsos, ele foi capaz de impedir que Johnny LaMonica matasse o Máscara Negra. Considerando o Aranha Negra uma ameaça maior, o Batman lutou contra LaMonica; e sem escolha permitiu que o Máscara Negra escapasse durante a confusão. Na noite seguinte, o Batman realizou uma brutal e desesperada caçada pelo senhor do crime, mas sem sucesso.

Quando um novo vigilante conhecido como Lock-Up apareceu em Gotham, o Máscara Negra e a Sociedade de Rostos Falsos se tornaram involuntariamente parceiros em um plano criado pelo Batman e pela polícia de Gotham para capturar o auto-declarado vigilante. Um dos soldados de alto escalão dos Rostos Falsos, Joe Rabbit, foi capturado e pressionado para entregar evidências ao Estado contra o Máscara Negra, recebendo grande publicidade dos jornais locais. Isso significava enganar o Lock-Up, que tinha como intenção capturar todos os criminosos que conseguiram fugir da prisão. Inesperadamente, entretanto, o Máscara Negra enviou uma gangue de Rostos Falsos para matar o “traidor”, quase fazendo com que todos os planos dessem errado.

Por um breve período, o Máscara Negra tentou expandir suas operações para a cidade vizinha de Gotham, Bludhaven. Para esse fim, ele ordenou que a equipe de Rostos Falsos sequestrassem as “crianças” (que na verdade eram apenas doze óvulos esperando por fertilizações in vitro) da família Mihn, o chefe da máfia vietinamita de Bludhaven. O Máscara Negra planejava fazer os óvulos de reféns até que os Mihns o dessem acesso ao negócio de heroína de Bludhaven, mas o esquema foi evitado graças ao recém-chegado Asa Noturna.

Em uma ocasião, o Máscara Negra se aproximou do detetive Harvey Bullock com uma proposta: em troca de um disco repleto de informações sobre os rivais dos Rostos Falsos no submundo – “com potencial de tornar 10 carreiras policiais bem-sucedidas” – com a condição de que Bullock desse um falso testemunho no próximo julgamento de Johnny Poodles – um dos Rostos Falsos de alto escalão – afundando assim todo o caso. Bullock inicialmente recusou, mas depois cedeu, e começou a eliminar a competição do Máscara Negra por toda Gotham. Quando a determinação de Bullock por fim cedeu, o Máscara Negra o ofereceu a identidade do serial killer conhecido como “Fazedor de Viúvas” – um Rosto Falso. No fim, entretanto, a integridade de Bullock venceu, e ele deu um testemunho honesto que garantiu a prisão de Poodles em seu julgamento. Com raiva, o Máscara Negra enviou vários Rostos Falsos para eliminar Bullock, mas Bullock conseguiu enganar os inimigos levando-os para um território de uma gangue de motoqueiros rival, resultando em um tiroteio que deixou apenas Bullock vivo ao final.



A NOVA FACE DO CRIME

Após ler sobre a Inquisição Espanhola durante um período específico, o Máscara Negra mudou completamente seu modus operandi e sua personalidade. Sua obsessão com máscaras começou a mudar, se juntando a um novo interesse por dor e tortura. Eventualmente, o Máscara Negra começou a pensar que tortura era uma “forma de arte”, e sua própria máscara era prova de que ele havia sobrevivido a uma tortura pessoal – o derretimento da máscara em seu rosto. Resultando no uso da tortura para negócios e prazer.

Quando Gotham foi declarada “Terra de Ninguém” após o terremoto chamado de Cataclismo, o Máscara Negra, assim como os outros presos do asilo Arkham, juntaram uma gangue e dominaram parte de um território na abandonada e quase destruída Gotham – nesse caso, o Distrito de Moda. Nessa época, entretanto, ele não mais vestia sua máscara tradicional, e não mais perseguia dinheiro ou poder, ao invés disso, ele começou a defender sua filosofia niilista que dizia que o “verdadeiro rosto de Gotham” havia sido revelado pelo terremoto. Os seguidores do Máscara Negra, agora se chamavam de “Rostos Verdadeiros”, e se tornaram um culto, desfigurando completamente seus próprios rostos e fazendo o mesmo que continuasse portando um “Rosto Falso”.

O antigo Rei do Crime e seus seguidores deixaram um rastro de sangue por uma Gotham destruída, partindo para a torre do relógio da cidade, mutilando – e as vezes matando – qualquer um em seu caminho. O prédio do relógio, que ainda era a base de operações da Oráculo e no meio do território dos Homens de Azul (antigos Policiais de Gotham), se provando um alvo para o Máscara Negra e uma enorme multidão – até o ponto em que a Oráculo estava pronta para abater o Máscara Negra com um rifle de emergência. A vida do vilão, entretanto, foi inadvertidamente salva pela chegada da nova Batgirl, que derrubou vários Rostos Verdadeiros antes de quebrar o braço do Máscara Negra e capturá-lo. Ao ver que seu líder havia sido capturado, os cultistas partiram em retirada, e o Batman logo chegou para levar o Máscara Negra até a Penitenciária Blackgate.

Mais tarde, o aprisionado Máscara Negra teria um papel importante em uma missão do Asa Noturna – por ordens do Batman – para acabar a aliança com Lock-Up e retomar Blackgate.

Após Lock-Up e seus tenentes descobrirem que o Asa Noturna rondava a ilha, eles capturaram o vigilante e o jogaram em uma cela com muitos super-vilões encarcerados, muitos deles pedindo por seu sangue. O Máscara Negra, junto com Espantalho, após uma conversa e transpassarem sua raiva e intenção de vingança, eles chegaram a conclusão de que poderiam usar o Asa Noturna como moeda de troca. Os presos decidiram não matar o ex-Robin e o vigilante os pagou ao ajudá-los a fugir de suas celas, entretanto Dick Grayson  não tinha intenção de deixar os presos fugir novamente, e os abandonou pouco depois derrotar Lock-Up e seus capangas.



ORGULHO ANTES DA QUEDA

Após o governo dos Estados Unidos acabar com A Terra de Ninguém e trazer Gotham de volta ao mapa, o Máscara Negra retornou ao seu papel de rei da máfia, abandonando assim a Sociedade dos Rostos Falsos por causa dos criminosos que estavam ligados a organização. Logo, ele direcionou sua atenção pra o lado leste de Gotham, ganhando ajuda de vários policiais corruptos para proteger a área. Suas atividades, entretanto, eventualmente o levaram a bater de frente com a recém-denominada protetora do lado leste, a Mulher-Gato.

Após dois policiais na folha de pagamento do Máscara Negra matarem uma amiga de Selina; a Mulher-Gato retaliou com um plano de vingança elaborado, com a ajuda do policial Crispus Allen e um detetive particular. O esquema foi um sucesso total, acabando com a troca entre heroína-diamante que o senhor do crime havia planejado com a máfia russa de Gotham: a heroína foi destruída, enquanto a Mulher-Gato manteve os diamantes para si. O esquema saiu melhor que a encomenda, pois os eventuais policiais na folha de pagamento do rei do crime foram removidos da força após uma operação.

Um Máscara Negra possesso buscou vingança contra a Mulher-Gato, e eventualmente ouviu rumores sobre uma presidiária, Sylvia Sinclair, que supostamente sabia a identidade secreta da Mulher-Gato. O Máscara Negra enviou seu tenente Xavier Dylan para confirmar essa informação e Sylvia ofereceu um acordo: se ela concordasse em ajudar o Máscara Negra, ele conseguiria que ela fosse solta da prisão. E enquanto isso, o Máscara Negra continuou a procurar pelos diamantes perdidos, interrogando violentamente – e eventualmente matando – vários negociadores do submundo de Gotham no processo.

Sylvia era na realidade uma amiga de infância de Selina Kyle, e concordou com os termos do Máscara Negra a fim de acabar com um antigo rancor que tinha contra Selina. Com a ajuda de Sylvia, Roman Sionis arquitetou a explosão de um centro comunitário fundado por Selina, e o sequestro e tortura da irmã de Selina, Maggie (que envolvia no assassinato do marido de Maggie, Simon), e a quase morte de Holly e Slam. A Mulher-Gato eventualmente descobriu a localização do Máscara Negra, após arrancar a resposta de Dylan. Após isso, a ladra aparece na cobertura do Máscara Negra para confrontar o vilão e sua amiga traiçoeira.

Para desânimo da Mulher-Gato, Sylvia e o Máscara Negra tinham mais uma arma: Holly, foi levada até eles por um dos delinquentes da Zona Leste. A Mulher-Gato imediatamente entregou as pontas após ver Holly, com Sylvia apontando uma arma para a ladra, o Máscara Negra levou a Mulher-Gato para sua câmara de tortura. Ao entrar na câmara e ver sua irmã em um estado quase de coma, a Mulher-Gato pediu que o Máscara Negra soltasse Maggie. Em resposta, o Máscara Negra ofereceu um acordo: Ele soltaria Maggie e a enviaria para a emergência de um hospital, mas em troca, a Mulher-Gato concordaria em ser torturada no lugar de Maggie.

A Mulher-Gato concordou com esses termos, mas após ela estar apropriadamente acorrentada, o Máscara Negra imediatamente deu para trás e matou Maggie. Essa traição tinha sido esperada pela Mulher-Gato, que imediatamente ativou uma bomba que ela anteriormente havia plantado na cobertura do Máscara Negra. Enquanto o Máscara Negra e Sylvia se distraíram pela explosão, a Mulher-Gato se soltou das correntes do Máscara Negra. Em pânico, o Máscara Negra fugiu da câmara de tortura, deixando Sylvia para trás para atrasar a Mulher-Gato.

Sylvia, entretanto, se provou uma adversária ineficaz contra Selina, e foi rapidamente derrotada. A Mulher- Gato então confrontou o Máscara Negra, deixando o rei do crime sem ter para onde correr. Em uma tentativa desesperada de tomar Holly como refém por uma segunda vez, mas foi derrotado pela Mulher-Gato que o derrotou facilmente e o deixou desarmado pendurado da varanda de sua cobertura por apenas uma mão. O Máscara Negra pediu ajuda, mas a Mulher-Gato recusou; segundos depois, o Máscara Negra caiu de vários andares para sua aparente morte.



SOB O CAPUZ

Como o senhor do crime de Gotham, o Máscara Negra começou a recrutar pessoas para manter seu status e a primeira pessoa que ele procurou foi o Senhor Frio. Ele também foi informado de um criminoso mais novo que estava tomando controle da rede de tráfico de drogas, mas o Máscara Negra não o considerava grande ameaça.

O Máscara Negra construiu um novo crio-traje para o Senhor Frio e ficou de olho nas atividades do Capuz Vermelho. Pouco depois, o Máscara Negra foi informado da perda de um carregamento e a destruição de Amazo, fazendo-o enviar Senhor Frio para garantir que seu próximo carregamento não fosse destruído, enquanto o Capuz Vermelho chamou o Máscara Negra para contar a ele que havia roubado seu carregamento de kriptonita.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Capuz Vermelho: 15 motivos que o tornam o mais sanguinário da bat-família

O rei do crime chegou assim a um acordo com o Capuz Vermelho e então enviou o Senhor Frio para matar o Capuz durante a troca. A armação falhou e o Capuz Vermelho continuou atrapalhando as operações do Máscara Negra nas semanas subsequentes. Entretanto, Roman Sionis esperava que o Batman parasse o Capuz.

Máscara Negra voltou a agir traficando drogas quando fez uma parceria com o Chapeleiro Maluco e usou sua tecnologia de implantes cerebrais para controlar o Crocodilo. O Máscara Negra usou o Chapeleiro, Crocodilo, e sua nova peoa, Alexandra Kosov, para atrair o Batman para uma armadilha e não teve sucesso. Após isso, o Máscara Negra então enviou o Crocodilo para auxiliar os membros da Sociedade dos Rostos Falsos em um assalto a banco, mas o Crocodilo conseguiu se soltar do controle mental e eliminou os homens do Máscara Negra.

Roman Sionis tentou comprar o Museu de Gotham, valorizando o local. Inconscientemente, essa ação deu início ao plano do Silêncio para assassinar o Batman. Enquanto o Morcego Humano estava sucumbindo a sua personalidade latente e estava assassinando as pessoas pela cidade, o Silêncio usou Murmúrio para incriminar Langstrom por matar as pessoas envolvidas nos negócios do Máscara Negra, o que levou-o a declarar guerra contra o Morcego Humano. O chefe do crime então gastou tempo e dinheiro tentando eliminar o mutante e no fim, o Silêncio conseguiu descobrir onde ficava o quartel general do Máscara Negra, que ficou queimado após a batalha final contra o Morcego Humano, no qual o Batman acabou por salvar o Máscara Negra.

Os ataques do Capuz Vermelho ao império do Máscara Negra começou a causar muito dano. Logo, o Capuz Vermelho localizou o esconderijo de Roman Sionis e usou um lança-mísseis para destruir o lugar. Nervoso e desesperado, o Máscara Negra aceitou a ajuda do Exterminador ao se juntar a Nova Sociedade Secreta. O Máscara Negra ficou desapontado quando a ajuda da Sociedade acabou sendo do Capitão Nazi, Jivan Shi (A Hiena) e do Conde Vertigo, tenha em mente que nenhum deles é conhecido por serem poderosos; seus medos logo foram confirmados quando o Capuz Vermelho, com a ajuda do Batman, derrotaram o trio.

O Máscara Negra reuniu seus tenentes e os matou todos, para honrar seu acordo com o Capuz Vermelho. Entretanto, o Máscara Negra foi traído e o Capuz Vermelho não honrou sua parte do acordo, levando-os a uma longa luta, que levou ao Máscara Negra a esfaquear o Capuz no peito. Para sua frustração, o Máscara Negra descobriu que o Capuz foi apenas uma distração, enquanto o Capuz Vermelho estava planejando a luta a muitos quilômetros de distância. O Máscara Negra se deu conta que o Batman conhecia o Capuz Vermelho pessoalmente e quis saber a razão dele não o ter impedido. Batman não deu uma resposta concreta e o pediu para esperar, deixando o Máscara Negra preso em um campo minado em miniatura.

O Máscara Negra eventualmente escapou e retornou para sua função de importância no mundo do crime.



ÚLTIMOS DIAS

Após um grupo de super-vilões (incluindo Hugo Strange, a Mulher-Leopardo e o Homem Ângulo, entre outros) temporariamente invadiram a Zona Leste, o Máscara Negra começou a ter um novo interesse na Mulher-Gato, que tinha afugentado todos. O Máscara Negra forjou uma nova aliança com o Homem Ângulo, e sequestrou Slam Bradley. Ele então torturou Bradley, mas foi interrompido pela chegada do super-vilão Smart Bomb, que era, na verdade, um policial disfarçado e filho de Slam Bradley. Ao encarar o enorme arsenal de Smart Bomb, o Máscara Negra entregou seu refém (quase morto) sem lutar.

Isso convenceu a Mulher-Gato (que já estava passando por uma crise de identidade ao descobrir que Zatanna havia feito nela uma lavagem cerebral pra ela se tornar uma vigilante) o Máscara Negra não podia mais ficar livre. Então a Mulher-Gato invadiu a cobertura de Roman Sionis, e o enquadrou, e enquanto ele “brincava” com o plano dele de tornar ela sua arqui-inimiga ao matar todos que ela amava. Mesmo quando a Mulher-Gato colocou uma arma em sua cabeça, o Máscara Negra continuou agindo de forma arrogante, acreditando que ela ainda se considerava uma heroína. Ele rapidamente descobriu que estava errado quando a Mulher-Gato atirou nele a queima-roupa, matando-o.

Enquanto os eventos de Crise nas Infinitas Terras (particularmente a quebra da barreira da realidade pelo Superboy-Prime) ocorreu pouco tempo depois disso, Roman continuou morto; vários policiais de Gotham City passaram a investigar sua morte. A identidade do Máscara Negra mais tarde foi assumida por Jeremiah Arkham.



AVES DE RAPINA

O personagem ganhará sua primeira interação live-action nos cinemas no filme que será lançado no dia 6 de Fevereiro. Roman Sionis será vivido por Ewan McGregor. Acredito que o filme adaptará um arco parecido com o citado no parágrafo “Orgulho Antes da Queda”. Em que a personagem de Cassandra Cain parece ter os diamantes de Roman Sionis de alguma forma. O filme é estrelado por Margot Robbie, Mary Elizabeth-Winstead, Rosie Perez, Ella Jay Basco, Jurnee Smollett-Bell e Ewan McGregor.

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS:

Arlequina: Conheça a Princesa Palhaça do Crime

Caçadora: Conheça Helena Bertinelli

Canário Negro: Conheça Dinah Laurel Lance

O filme estreia no dia 6 de Fevereiro! Conta pra gente qual o próximo artigo que você quer ler aqui no Feededigno! E não se esqueça de compartilhar esse post nas suas redes sociais!



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo? Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários