Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – Como Vender Drogas Online (Rápido) (2ª temporada, 2020, Netflix)

CRÍTICA – Como Vender Drogas Online (Rápido) (2ª temporada, 2020, Netflix)

246
0
Como Vender Drogas Online

E eis que está lançada (21/07) a segunda temporada de Como Vender Drogas Online (Rápido)How To Sell Drugs Online (Fast). Estas séries alemãs tem feito a cabeça do pessoal, ultimamente, hein. Mas espera aí. Não tá sabendo sobre o que se trata a série? Então respira um pouco e toma cuidado, porque talvez tenha algum spoiler no texto abaixo. Sendo assim, vamos combinar: você lê a crítica sobre a primeira temporada e, caso ache que vale a pena assistir, curte os 6 episódios de meia hora cada, te diverte, e aí depois vem ler aqui pra se preparar pra segunda.

Já assistiu a primeira? Opa! Então vem comigo pra gente conversar sobre o que acontece na “pacata” Rinseln depois que o MyDrugs bombou.

Liberdade x consequências

Primeiramente, antes de começar a falar exclusivamente da segunda temporada, deixa eu traçar um paralelo que achei interessante. Enquanto a primeira temporada te prende com o tom divertido, das sacadas ousadas e bastante exploração ao tema da liberdade de escolhas e fuga de padrões, a segunda temporada chacoalha os personagens e faz eles entenderem que toda escolha, por mais livre que seja, tem consequências. Além disto, esta série, na minha opinião, faz muito bem o trabalho de abordar temas sensíveis do psicológico adolescente, passando pelo senso de urgência até questões mais profundas como conceito de família e até mesmo propósito. Dito isto, vamos de fato à segunda temporada de Como Vender Drogas Online (Rápido).

“Tudo o que você faz tem um preço. A questão é, você está disposto à pagar?”

Como-vender-drogas-online-rápido-Temporada-2-moritz-caça

Ao final da temporada anterior, Moritz (Maximilian Mundt) já tinha conseguido atingir vários de seus objetivos: bom faturamento com o site, relacionamento retomado, Buba fora do caminho, holandeses satisfeitos. Parecia que tudo que poderia ser um obstáculo tinha saído milagrosamente do caminho, graças à astúcia do protagonista e seus sócios Lenny (Danilo Kamperidis) e Dan (Damian Hardung). Mas é aqui que um personagem que não teve tanto destaque na primeira temporada entra em cena.

Este personagem é o pai de Moritz, Jens Zimmerman (Roland Riebeling), um policial local que está atrás dos responsáveis pelas vendas de drogas que estão estremecendo a Alemanha. Se na primeira temporada ele não conseguia nem ao menos desconfiar que seu filho estava envolvido com o caso, nesta ele começa a ter motivos e provas para tal. Um inimigo dentro de casa pode atrapalhar os negócios, não é mesmo?

A trama fica mais interessante também porque além do relacionamento de Moritz com Lisa, existe uma evolução também entre Lenny e Kira, graças à um empurrão (e também um pouco do apoio) de Dan. Este arco acaba tendo grande relevância porque interfere de várias formas na confiança do grupo.

“Você pode levar um cavalo até a água mas não pode obrigá-lo a beber”

A veia de CEO do protagonista inspirado em grandes lendas dos negócios o faz traçar caminhos tortuosos para obter o que quer. Ele acaba tendo que aprender a lidar com as consequências (ou fugir muito bem delas). Ainda assim, ele tenta se convencer de que faz as coisas certas dizendo que “mentir exige coragem”, buscando alguma nobreza em seus atos, e essas mentiras vão cada vez mais consumindo e escapando às mãos de Moritz, até chegar à um ponto de total descontrole.

Nerds getting nerdy

Como-vender-drogas-online-rápido-2-moritz

As referências nerd, aposta certeira da primeira temporada, se tornam mais profundas, abrangendo os mais variados escopos que o termo possa alcançar. Desde os nerdismos clássicos como jogos eletrônicos e suas mais variadas particularidades (bem como algumas amostras de opiniões da comunidade gamer, como idolatrias e ódios mortais à determinados jogos), passando pelos campos mais profundos das habilidades hackers, com suas criptografias, gatilhos de emergência, darknet e afins, chegando ao ponto (ainda incipiente na série) de alunos do ensino médio tendo profundos conhecimentos sobre cada droga, seus mais variados efeitos e dosagens ideais para determinados fins.

VEREDITO

como-vender-drogas-online-rápido-2-lenny-dan-moritz.jpg

A segunda temporada, assim como já é de praxe na série, subverte as expectativas e, apesar de curta, te deixa sem ar conforme seu desenvolvimento bem estruturado, surpreendendo sempre a cada evolução.

A quebra da quarta parede segue sendo um dos principais fatores de engajamento e identificação. Apesar de nem sempre poder haver empatia, o protagonista sempre dá um jeito de nos inserir na série e na situação, fazendo com que o espectador vibre, se assuste ou ria com o que acontece na tela. O fenômeno que a série tem se tornado, para este que escreve, é totalmente justificável.

Nossa nota

E você, já assistiu Como Vender Drogas Online (Rápido)? Deixe seus comentários e sua avaliação!

Nota do publico
Obrigado pelo seu voto

Como Vender Drogas Online (Rápido) 3?

O sucesso já é tanto que mal foi lançada a segunda temporada e já temos o anúncio da terceira. A Netflix afirmou que este é o seriado alemão de mais sucesso da Locadora Vermelha. A nova temporada ainda não tem previsão de início de gravações ou mesmo de estréia, mas caso você já tenha assistido, confere aqui este link com algumas informações a respeito.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários