Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – A Magia do Dia a Dia com Marie Kondo (1ª...

CRÍTICA – A Magia do Dia a Dia com Marie Kondo (1ª temporada, 2021, Netflix)

CRÍTICA - A Magia do Dia a Dia com Marie Kondo (1ª temporada, 2021, Netflix)

Marie Kondo, a Personal Organizer mundialmente conhecida, retorna com seu reality show transformacional para encantar pessoas com seu método de organizar, planejar e gerenciar rotinas da forma que os deixem mais felizes. Com apenas 3 episódios nesta nova temporada, ela nos mostra que também é possível aplicar os fundamentos da sua metodologia em diferentes ambientes.

SINOPSE

Depois de Ordem na Casa, a escritora Marie Kondo está de volta para ensinar a novos convidados sua famosa técnica de arrumação. Mas no novo programa, ao invés de colocar em ordem apenas residências, Kondo percorrerá várias cidades ajudando a “trazer alegria” a inúmeros espaços diferentes.

ANÁLISE

Em 2019, com a estreia de Ordem na Casa, o mundo conheceu Marie Kondo, e a viu entrar nas casas e ajudar as pessoas a se reorganizarem usando seu método, jogando fora qualquer coisa que falhe em despertar alegria. A série foi um sucesso tão grande que as doações explodiram em todo o país, com centros em Washington, DC, registrando um aumento de 66%. Os meios de comunicação passaram a chamá-lo de “efeito Marie Kondo”.

E então aconteceu o Covid. Com os americanos – e pessoas de todo o mundo – confinados principalmente em suas casas, a metodologia de Kondo tornou-se mais útil do que nunca, já que todos faziam o possível para afastar seu acumulador interno.

Nesta nova temporada, a Netflix nos aproximou e fez com que criássemos uma conexão ainda maior com Marie. Ao longo do processo, os espectadores entram na casa de Marie Kondo, conhecendo sua família, um pouco sobre sua rotina, como ela aplica o método em sua própria casa enquanto vislumbramos como ela desperta alegria em sua vida diária.

Ao longo dos episódios, Kondo e seu marido Takumi Kawahara percorrem etapas práticas que executam para administrar suas responsabilidades domésticas, que se aplicam a qualquer pessoa que compartilhe um espaço com outra pessoa.

Os impactos da arrumação são surpreendentes, emocionantes e transformadores nas vidas das pessoas que Marie encontra. Suas habilidades vão além de organizar objetos, mostrando aos participantes que precisam encontrar a felicidade dentro de si mesmos, assim a organização começa de dentro para fora.

VEREDITO

Embora a nova série compartilhe um enredo semelhante de despertar alegria por meio da arrumação, como seu primeiro programa, A Magia do Dia a Dia vai além da casa física e explora como a organização pode ajudar seu trabalho, relacionamentos e comunidade em geral.

Peneirar itens antigos ressuscita memórias que você normalmente não lembra, e fazer isso com amigos e familiares cria uma experiência de vínculo para todos os envolvidos naquele passado. Os participantes se conectaram totalmente uns com os outros, resgatando sentimentos e elementos necessários para uma vida mais feliz.

Acredito que o fato da pandemia da Covid-19 e a gravidez do terceiro filho de Kondo tenha impactado na produção de apenas 3 episódios, porém foi o suficiente para me dar inspiração a colocar tudo em ordem por aqui!

Nossa nota

5,0 / 5,0

Assista ao trailer:

Estou ansiosa por uma nova temporada e vocês? Aproveite e conheça também outros reality shows da Netflix: Aluga-se Um Paraíso, Tattoo Fail, Glow Up e Vidrados.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCRÍTICA – Uma Noite de Crime: A Fronteira (2021, Everardo Valerio Gout)
Próximo artigoResident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City | Saiba quem é quem no reboot
Carioca, estudante de Design de Interiores, fã de séries, filmes e principalmente de Como Treinar o Seu Dragão <3