Início SÉRIE Crítica CRÍTICA | O Livro de Boba Fett – S1E2 The Tribes of...

CRÍTICA | O Livro de Boba Fett – S1E2 The Tribes of Tatooine

The Tribes of Tatooine

O segundo episódio the O Livro de Boba Fett, intitulado The Tribes of Tatooine, nos apresenta diversos novos elementos da já extensa lore do planeta desértico. Enquanto descobrimos mais da história de Boba Fett e o tempo que passou com os Tusken Raiders, os eventos do presente, colocam em xeque o cargo do novo Daimyo que precisa se provar enquanto os Gêmeos, chegam ao planeta para tomar para si o controle de Tatooine, que anteriormente era governado pelo primo, Jabba.

The Tribes of Tatooine, assim como o primeiro episódio da série é roteirizado por Jon Favreau, e o roteirista brilha ao nos lançar em meio ao mundo de Star Wars e aprofundar a já gigantesca lore do que conhecemos do planeta Tatooine.

SINOPSE

Boba Fett enfrenta novos desafios em Tatooine.

ANÁLISE

As mais diversas facetas e o que nunca havia sido mostrado antes, fazendo do segundo episódio de O Livro de Boba Fett o melhor até então. O brilhante roteiro de Jon Favreau, assim como em The Mandalorian, lança o universo expandido de Star Wars por caminhos inovadores, e nos faz testemunhar um dos melhores momentos do universo criado por George Lucas.

The Tribes of Tatooine

Ao precisa lidar com as recentes ameaças a seu controle de Tatooine, o novo daimyo, Boba Fett precisa aprender como governar sem impôr medo à seus adversários. Com novas ameaças surgindo das mais diversas formas, o ex-caçador de recompensas precisará fazer mais do que já fez até então a fim de se provar como o legítimo governante.

Com arcos bem definidos, o episódio nos permite ver o crescimento do personagem que surgiu originalmente como secundário na trilogia original de Star Wars. Após se tornar rapidamente um queridinho dos fãs, Boba Fett ganhou um maior destaque no universo expandido não só na trilogia prequel, quando vemos sua origem.

O desenvolvimento da série ganha um tom tão rápido quanto imponente ao longo do segundo episódio. A direção de Steph Green, diretora de episódios incríveis de séries como Watchmen, The Man in the High Castle e Preacher, mostra as mais diversas facetas do ex-caçador de recompensas, que logo após escapar do Sarlacc se mostra como um verdadeiro aliado dos Tusken Raiders.

VEREDITO

A habilidade de Favreau de mudar o tom das séries do universo expandido a cada arco com naturalidade, permitem que não apenas O Livro de Boba Fett, mas também The Mandalorian funcionem como os ícones em que George Lucas se inspirou ao escrever originalmente o primeiro roteiro do Episódio 4.

Ao dar rapidamente tons tanto de western, quanto filmes de samurais, The Tribes of Tatooine nos faz ver o quão brilhante o Universo Star Wars é quando adaptado corretamente.

O crescimento de Boba Fett é tão admirador quanto seu passado que não deve ser esquecido, mas sim exaltado.

O Livro de Boba Fett é lançado toda quarta no serviço de streaming Disney+. A primeira temporada da série contará com 7 episódios.

Nossa nota

5,0 / 5,0

Confira o trailer da série:

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorCRÍTICA – Hotel Transilvânia: Transformonstrão (2022, Jennifer Kluska, Derek Drymon)
Próximo artigoO Livro de Boba Fett: Conheça Black Krrsantan, o Wookie Caçador de Recompensas
27 anos, apaixonado por cinema, quadrinhos e games!