CRÍTICA – Sky Rojo (3ª temporada, 2023, Netflix)

    Chegando ao catálogo da Netflix no dia 13 de janeiro, a 3ª e última temporada de Sky Rojo traz a conclusão da história das amigas: Coral (Verónica Sánchez), Wendy (Lali Espósito) e Gina (Yany Prado).

    Dos mesmos produtores de La Casa de Papel, a produção espanhola conquistou muitos fãs ao nos apresentas uma história de prostituição, tráfico humano, drogas e muita violência.

    O elenco conta também com nomes como Miguel Ángel Silvestre (Sense8), Asier Etxeandia, Enric Auquer, entre outros.

    SINOPSE

    Depois de escapar com quatro milhões de euros de seu cafetão, Coral, Wendy e Gina começam a ansiar pela possibilidade de uma nova vida em uma remota vila de pescadores. Longe da necessidade de vingança de Romeu (Asier Etxeandia) e Moisés (Miguel Ángel Silvestre). Quando, num tranquilo dia de pesca marítima, longe de todas as dores que sofreram, vêem os dois pistoleiros ressurgirem no horizonte, em alto mar, compreendem num relance que a sua vitória é apenas um triunfo parcial. Você pode ressuscitar, você pode mudar sua vida, mas não pode esquecer de onde veio. Porque no dia que você fizer isso, o passado aparecerá novamente na sua porta.

    ANÁLISE

    Da esquerda para a direita: Wendy, Gina e Coral.

    Mesmo não tendo as muitas temporadas como La Casa de Papel, o criador da série Álvaro Pina, conta uma história complexa e violenta de forma cirúrgica, onde na 1ª temporada nos apresentou as três mulheres que foram forçadas a trabalhar como prostitutas por um cafetão vil conhecido como Romeo.

    Na 2ª temporada, temos uma fuga ousada que as levou a uma perseguição épica para a qual não estavam preparadas, mas elas triunfaram sobre seus agressores e roubaram 4 milhões de euros para começar uma nova vida pacífica.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – Sky Rojo (2ª temporada, 2021, Netflix)

    Agora, na 3ª temporada, vemos que o passado nunca fica enterrado por muito tempo e enfim o acerto de contas entre o trio de amigas e seu implacável arqui-inimigo.

    Aqui, a série nos situa seis meses após os eventos da temporada anterior; se passando por confeiteiras, as ex-prostitutas tentam seguir uma nova vida enquanto se esforçam para esquecerem seu passado traumático. No entanto, o breve raio de sol é apagado pela tempestade que se aproxima e como por um furação, a vida de Coral, Wendy e Gina é devastada mais uma vez.

    Com um início de temporada sombrio, cabe às protagonistas juntarem os cacos de sua vida já bastante fragmentada e se reerguerem em busca da tão sonhada liberdade… custe o que custar.

    VEREDITO

    O início desta temporada de Sky Rojo mantém a bom ritmo que a série alcançou nos últimos episódios de sua temporada anterior e deixa você querendo saber como tudo se resolverá. Por outro lado, o meio da temporada ganha uma certa “barriga”, mas nada que faça o espectador desistir da produção. Por sorte, os roteiristas conseguiram trazer a trama de volta aos trilhos e como uma espécie de montanha-russa a série é concluída com altos e baixos. Mas se ela terminou em alta ou em baixa? cabe a você decidir.

    Nossa nota

    4,5 / 5,0

    Assista ao trailer original:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    CRÍTICA: ‘Unicorn: Warriors Eternal’ dos épicos de fantasia aos filmes de artes marciais

    Unicorn: Warriors Eternal nos lança por uma história e por um visual deslumbrantes. Criado por Genndy Tartakovsky.

    Lançamentos Netflix: Veja o que chega em abril

    Abril já está chegando e nada melhor que ficar por dentro dos próximos lançamentos Netflix! Veja as produções da gigante do streaming.

    Magnatas do Crime: Conheça os personagens da série

    Bem-vindo a Magnatas do Crime, uma série que expõe o nefasto submundo que se esconde sob a refinada sociedade da aristocracia britânica.

    CRÍTICA: ‘Uma Loja Para Assassinos’ combina gêneros de forma muito competente

    Uma Loja Para Assassinos é um seriado, escrito e dirigido por Lee Kwon inspirado na novel The Killer's Shopping Mall. Veja o que achamos!