Início SÉRIE Crítica PRIMEIRAS IMPRESSÕES – Pacificador: S1E1, 2 e 3 (2022, HBO Max)

PRIMEIRAS IMPRESSÕES – Pacificador: S1E1, 2 e 3 (2022, HBO Max)

pacificador

Pacificador, série spin off de O Esquadrão Suicida teve sua estreia hoje (13/01) e tem novamente a parceria entre John Cena (Chris Smith/Pacificador) e James Gunn (Guardiões da Galáxia) no casting.

SINOPSE DE PACIFICADOR

O anti-herói Pacificador acorda de seu coma apesar perder a batalha contra o Sanguinário (Idris Elba). Agora ele é recrutado novamente para uma nova missão que tem o objetivo de eliminar meta-humanos do Projeto Borboleta.

ANÁLISE

Pacificador foi uma série que num primeiro momento estava com certa desconfiança por parte do público, inclusive deste que os escreve, mas logo em sua abertura magnífica já nos convence que teremos um produto em tela.

O seriado é uma galhofa completa, uma vez que brinca muito com os trajes toscos de super-heróis e vários elementos dos quadrinhos de forma bastante explícita, como, por exemplo, pessoas que matam à toa várias pessoas e não tem nenhuma consequência, algo que ocorre a todo o momento nas hqs. Por mais que exista toda essa comicidade, por trás do roteiro, temos assuntos sérios sendo introduzidos como depressão, abandono paternal e racismo de uma forma bem interessante.

Sobre as atuações, John Cena tem muito controle sobre o seu protagonista, pois consegue entregar todos os estereótipos do homem branco que vive numa bolha e é frágil em seu interior. Chukiwidi Iwuji, que dá vida à Clemson Murn, é o cara sério do elenco, mas que encaixa como uma luva no humor sarcástico e ácido. Por fim, o vilão Auggie, interpretado pelo eterno T-1000, Robert Patrick, é extremamente perigoso e tem um ar ameaçador por trás de toda sua ironia.

Entretanto, nem tudo são flores, pois a personagem Adebayo (Danielle Brooks) ficou muito fora do contexto, aparecendo deslocada em vários momentos em uma forçação de aceitação. Por mais que Pacificador abrace o tom completamente boboca, ela traz momentos desencaixados, algo que a prejudica nesse momento de introdução. Contudo, a personagem tem bastante campo para melhorar.

VEREDITO

A nova série da DC em parceria com o HBO Max é um deleite para os fãs de quadrinhos. Com uma proposta ousada, os três primeiros episódios deixaram um gostinho de quero mais e já estamos ansiosos pelos próximos capítulos.

Nossa nota

4,0/5,0

Confira o trailer de Pacificador:

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorTBT #159 | Rashomon (1950, Akira Kurosawa)
Próximo artigoNoites Sombrias #48 | 10 vampiros mais marcantes do cinema
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.