Quem é Brunnhilde, a líder das Valquírias?

    A mitologia nórdica tem sido adaptada para as páginas dos quadrinhos da Marvel Comics há tempos com seus deuses, monstros e outros personagens; e Brunnhilde uma das guerreiras mais poderosas de Asgard e líder das Valquírias, não poderia ficar de fora.

    Adaptada por John Buscema e Roy Thomas, a personagem teve sua primeira aparição nas páginas de Thor #133 – Contemple o Planeta Vivo, que foi publicada em 1966; porém foi em Defensores #4 (1973) que a verdadeira Brunnhild apareceu de fato. Antes disso, Amora, a Feiticeira, foi vista fingindo ser a Valquíria em Os Vingadores #83 (1970).

    ORIGEM

    Brunnhilde era uma princesa de uma cidadela em Asgard e vivia feliz junto de seu esposo Sigmund, porém durante uma batalha, Sigmund é atingido por uma flecha em seu coração enquanto protege Brunnhilde. Embalando o corpo de Sigmund em lágrimas, Brunnhilde é encontrada por Odin, o Pai de Todos que exige que ela fuja e deixe os mortos. Valquíria se recusa, para grande raiva de Odin, dizendo que os mortos têm que ser enterrados para que suas almas possam ser cuidadas, chamando o Senhor de Asgard de usurpador e monstro.

    O Pai de Todos questiona se ela desafiaria um Deus por um cadáver, no qual Brunnhilde saca sua espada, pronta para lutar contra Odin. Impressionado, o Senhor de Asgard diz que os guerreiros mortos devem ter um céu, oferecendo Brunnhilde como guia para levar os homens a Valhalla, tornando-a um símbolo de esperança e assim Brunnhilde tornou-se a Valquíria.

    Após um tempo ela passou a liderar o esquadrão das Valquírias, deusas-guerreiras que deviam percorrer os campos de batalhas à procura dos guerreiros mortos que eram dignos para alcançar o Valhalla.

    Brunnhilde também se aventurou entre os mortais humanos, tornando-se uma heroína para o povo de Midgard (Terra).

    PODERES E HABILIDADES

    Assim como os demais asgardianos, as Valquírias possuem super força, resistência, velocidade, agilidade, reflexos e longevidade sobre-humana. Além de tudo isso, elas também tem um fator de cura que as permite se recuperarem de golpes mortais.

    Tanto Brunnhilde quanto às demais Valquírias compartilham de um dom muito interessante, elas têm a percepção da morte. Dessa forma, ela consegue sentir quando uma pessoa próxima vai morrer, através de um tipo de “aura” que se forma ao redor da possível vítima.

    Elas também são capazes se teletransportar e usam isso para se aproximar dos caídos mais rapidamente nos campos de batalha, por exemplo.

    A força bruta é um de seus atributos que mais chamam atenção, mas Brunnhilde também possui armas e montarias especiais como seu cavalo alado, Aragorn, que foi desenvolvido por engenharia genética e dado de presente à heroína pelo Cavaleiro Negro, que era um de seus maiores aliados em Midgard. Ela também usa a Presa de Dragão, uma espada mística forjada a partir do dente de um dragão extradimensional, além de Geirr, uma lança encantada.

    Cada Valquíria possui seus próprios equipamentos, entre elas: Dani Moonstar usa arco e flechas, Jane Foster possui asas, maça e mangual feitos de energia; e Runa era a usuária original do machado Jambjorn, que depois foi usado por Thor Odinson em seu período como indigno do Mjolnir.

    PUBLICAÇÕES RELACIONADAS:

    Conheça Danielle Moonstar, a Miragem

    Jane Foster: Enfermeira, Deusa do Trovão e Valquíria

    Jarnbjorn: Conheça o machado de Thor

    EQUIPES

    Além de líder das Valquírias e sua relação próxima com os Aesir de Asgard, Brunnhilde já atuou em conjunto com outras equipes. Sua primeira participação com um grupo de aliados foi com os Defensores, mas também já lutou ao lado dos Vingadores, da A Force, entre outras.

    Na HQ Destemidas Defensoras, o grande plano de Brunnhilde era fazer um grupo de Valquírias humanas, com a participação de heroínas como Misty Knight, Elsa Bloodstone, Ren e até mesmo deusas de outros panteões, como Hipólita e Runa, uma das nove Valquírias originais.

    A líder das Valquírias também fez parte dos Vingadores Secretos e atuou ao lado das Senhoras Libertadoras. Recentemente, ela esteve ao lado dos Asgardianos da Galáxia, um grupo cósmico de heróis na formado durante a saga Guerra dos Reinos.

    CURIOSIDADES

    Valquíria foi afetada por um feitiço de Amora que a impedia de se defender de outras mulheres, independentemente de sua natureza ou nível de ameaça. Outro encanto lançado pela Feiticeira fez com que uma parte da essência de Valquíria passasse para outras mulheres, transformando-as em avatares de Brunnhilde com graus variados de seus poderes. Até agora, essas mulheres são Samantha Parrington, Barbara Denton-Norris, Lorelei e a própria Amora. 

    Deve-se notar que Valquíria e seus avatares às vezes estiveram ativos simultaneamente, causando algumas confusões de identificação.

    OUTRAS MÍDIAS

    Não ficando apenas nas revistas em quadrinhos, Brunnhilde também apareceu em séries animadas como Vingadores: Os Heróis Mais Poderosos da Terra e Esquadrão de Heróis e nos filmes animados Thor: Contos de Asgard e Hulk vs. Thor.

    Ela também esteve presente em alguns games como Marvel: Ultimate Alliance, Marvel Heroes, Avengers Alliance, Avengers Academy e LEGO Marvel Super Heroes 2.

    A personagem também está presente no jogo Marvel Future Fight que trouxe uma versão do “Universo Cinematográfico Marvel” da heroína, apresentando uma skin baseada em Brunnhilde. 

    Brunnhilde não foi apresentada no UCM, mas as Valquírias estiveram presentes em Thor: Ragnarok (2017), antes de serem dizimadas por Hela, a última sobrevivente das Valquírias é interpretada pela atriz Tessa Thompsom; que retorna em Thor: Amor e Trovão que chega hoje, 07 de julho, aos cinemas.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Hela: Conheça a Deusa dos Mortos, filha de… Loki


    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Desastre Total: Woodstock 99 | Tudo sobre o documentário da Netflix

    Woodstock de 1969 é sinônimo de Paz e Amor, mas a edição de 99 conseguiu destruir a reputação do maior festival da música.

    Predador: Como funciona a hierarquia dos yautjas?

    Os yautjas da franquia Predador vivem numa sociedade que valoriza a honra e as habilidades de combate; conheça a hierarquia deles.

    Betty Ross: De namorada do Hulk à Harpia Vermelha

    Betty Ross é conhecida como o amor de Bruce Banner, mas tornou-se a Harpia, mais tarde a Mulher-Hulk Vermelha e finalmente a Harpia Vermelha.

    O Capuz: Quem é o vilão da série Coração de Ferro?

    Conheça Parker Robbins, um bandido comum que ao encontrar um manto e um par de botas místicos, tornou-se O Capuz!