Início FILMES Crítica TBT #63 | O Serviço de Entregas da Kiki (1989, Hayao Miyazaki)

TBT #63 | O Serviço de Entregas da Kiki (1989, Hayao Miyazaki)

100
0
TBT #63 | O Serviço de Entregas da Kiki (1989, Hayao Miyazaki) Studio Ghibli

A Netflix adquiriu os direitos dos filmes do Studio Ghibli no começo do ano, e desde então, mensalmente, ela vem adicionando os filmes do catálogo aos poucos. Eu nunca tinha visto nenhum filme do estúdio, mesmo sempre ouvindo falar bem da maioria deles. Após o anuncio da gigante do streaming, resolvi que iria assistir todos em algum momento, e o primeiro que escolhi foi O Serviço de Entregas da Kiki, de Hayo Miyazaki.

Kiki é uma bruxinha adolescente que vive em um vilarejo e segundo uma tradição cultural local, as bruxas ao completarem 13 anos saem em uma viagem por um ano para conhecer o mundo. E assim foi. Kiki subiu em sua vassoura e voou com seu gato, Jiji, para o exterior até chegar em uma cidade portuária. Para sobreviver nessa cidade, ela consegue achar abrigo em troca de trabalho em uma padaria.

Toda bruxa tem alguma habilidade em que se destaca melhor, mas Kiki acaba se decepcionando por não se destacar em nada, até que percebe que suas habilidades ficam no voo. A partir disso, ela abre uma serviço de entrega pela cidade e começa a levar encomendas e presentes dos moradores de um lado para o outro.

TBT #63 | O Serviço de Entregas da Kiki (1989, Hayao Miyazaki) Studio GhibliÉ interessante que nessa obra, o diretor buscou ir além da questão da idade da protagonista, mas sim explorar essa independência e confiança que a personagem buscava. Mostrando o que faz um individuo crescer e amadurecer, buscando seu espaço e mostrando sua força, explorando seus talentos e criatividade.

Mesmo que o universo do filme seja inserido em um mundo mágico, visto que a protagonista é uma bruxa, não chega a ser um filme tão fantasioso, sendo esses elementos realisticamente inseridos no nosso mundo real de forma natural. Ainda assim, o filme consegue ser visualmente lindo, uma marca que geralmente é exaltada nos filmes do Studio Ghibli.

O Serviço de Entregas da Kiki é um filme inocente e bonito para se ver com a família ou com amigos, com uma animação perfeita mesmo que feita a tanto tempo, uma trilha sonora igualmente boa e tendo uma história simples, consegue te aquecer.

O diretor também explora com qualidade os personagens secundários, sempre tendo alguma importância para o seguimento da história da protagonista, como seu Tombo e Ursula, que foram extremamente importantes para sua jornada e descobrimento.

TBT #63 | O Serviço de Entregas da Kiki (1989, Hayao Miyazaki) Studio Ghibli
Tombo e Kiki.

Kiki foi o primeiro filme do Studio Ghibli a fechar uma parceria com a Disney, fazendo uma dublagem própria para o filme – em inglês – e lançando nos Estados Unidos 9 anos depois, em 1998. Kiki chegou até a ser dublada por Kristen Dunst na época, aquela que futuramente viria a ser a Mary Jane na primeira trilogia do Homem-Aranha, de Sam Raimi.

Quando lançado, foi muito bem recebido pela critica, ganhando uma média de 83 pontos no Metacritic e 97% no Rotten Tomatoes, assim como também um dos favoritos dos fãs do estúdio, juntamente com outros clássicos como: Meu Amigo Totoro, O Castelo Animado, Túmulo dos Vagalumes e As Memórias de Marnie

Nossa nota

Atualmente, O Serviço de Entregas da Kiki está disponível na Netflix, assim como diversos outros filmes do estúdio.

E você, é fã das animações do Studio Ghibli? Já assistiu a esta nossa indicação? Deixe sua avaliação e seus comentários e lembre-se de conferir nossas indicações anteriores do TBT do Feededigno.

Nota do publico
Obrigado pelo seu voto



E ai, você curte o nosso trabalho? Se sim, sabe que ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários