Início ANIMES PRIMEIRAS IMPRESSÕES: Attack on Titan (4ª temporada – Parte 2, 2022, Mappa)

PRIMEIRAS IMPRESSÕES: Attack on Titan (4ª temporada – Parte 2, 2022, Mappa)

animes para assistir na temporada de janeiro de 2022

A última temporada de Attack on Titan chega à sua Parte 2 e finalmente terá seu desfecho. O anime do estúdio Mappa e criado pelo mangaka Hajime Isayama foi publicado pela primeira vez em setembro de 2009.  

Os episódios da segunda parte da última temporada de Attack on Titan são lançados semanalmente em simultâneo com o Japão na plataforma Crunchyroll e Funimation

SINOPSE DE ATTACK ON TITAN

Levi sofre um grande acidente, enquanto Floch e outros soldados leais a Eren resgatam Zeke. Eren luta contra o ataque de Marley à Ilha Paradis, e contra Galliard, Pieck e Reiner.

ANÁLISE

O final de Attack on Titan está prestes a começar e se a primeira parte da quarta temporada foi o suficiente para levar os fãs à loucura, a segunda parte promete mais ainda. Não temos um dos maiores animes dos últimos tempos em termos de popularidade, como também uma história profunda e cheia de nuances. 

Dessa forma, o primeiro episódio desta última temporada mostrou que ainda há muito o que explicar em Attack on Titan e também contou com uma ótima qualidade de produção pelo estúdio Mappa. O tom sombrio e a guerra iminente continua a dominar o cenário de Paradis e agora uma batalha entre os Titãs pode decidir vidas. 

A começar por Eren Jaeger, sabe-se pouco das verdadeiras intenções do Titã de Ataque. Sendo algo que o anime pretende guardar até o último momento, o interessante aqui é ver esse protagonista calado através dos olhos dos outros personagens. Dessa forma, o anime opta por mostrar uma visão macro dos acontecimentos, exemplificado na figura de Armin, Mikasa e os demais que supõem que Eren tem outros planos.

O afastamento do público com a figura de Eren parece ser proposital na medida que os personagens de Marley crescem. Pieck ressalta para Gabi que está lutando por seus amigos e não pela nação marleyana. Ainda assim, o poderio de Marley ataca com toda força a Ilha Paradis e nenhuma das tropas consegue conter o invasor. 

É preciso lembrar que Attack on Titan pode ser um anime bem gráfico e neste episódio em especial, a animação se torna ainda mais visceral, seja nos corpos dos soldados fuzilados ou na luta entre os titãs. 

Neste sentido, Eren em forma de titã enfrenta Reiner com o Titã Blindado e Galliard com o Titã Mandíbula, mas apesar de estar com o Titã Fundador, Eren está em desvantagem. É preciso ressaltar que o 3D é muito bem aproveitado nessas cenas e a luta é com certeza um dos pontos altos do episódio.  

Por último, temos Levi que está gravemente ferido após o ataque de Zeke e o resgate do mesmo por seus aliados. Agora, é questão de tempo até os irmãos Jaeger se reunirem, basta saber se Eren irá seguir o plano do irmão (a esterilização e o fim do povo de Eldia) ou se o Titã de Ataque têm outro propósito para os Súditos de Ymir. 

Attack on Titan está no começo do seu fim, mas ainda existem muitas questões a serem respondidas. No mangá, o final desagradou os fãs e o mesmo pode se repetir no anime se a produção não souber dosar bem o material. Ainda assim, Attack on Titan já deixou sua marca no mundo dos animes e seu impacto é gigante.  

Ao final da temporada, voltamos com uma análise completa. 

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorCRÍTICA | Euphoria – S2E1 Trying to Get to Heaven Before They Close the Door
Próximo artigoCRÍTICA – O Páramo (2022, David Casademunt)
Jornalista em formação e apaixonada pela sétima arte. Representatividade e movimentos sociais através do cinema é fundamental. Apreciadora de livros, animes e joguinhos de ps4 nas horas vagas. The final girl.