Início LIVROS Artigo House of the Dragon: Conheça Daemon Targaryen

House of the Dragon: Conheça Daemon Targaryen

House of the Dragon: Conheça Daemon Targaryen

O Príncipe Daemon Targaryen era um membro da Casa Targaryen, sendo o filho mais novo do Príncipe Baelon Targaryen com sua irmã-esposa, a Princesa Alyssa Targaryen; e neto do Rei Jaehaerys I Targaryen.

Daemon era o guerreiro mais experiente de seu tempo e empunhava a espada de aço valiriano Irmã Sombria; e também era um cavaleiro de dragão cujo dragão era Caraxes; Daemon Targaryen se declarou o Rei dos Degraus e do Mar Estreito. Durante a Dança dos Dragões, ele foi um defensor proeminente de sua esposa, Rhaenyra.

Grande parte da vida de Daemon foi escrita pelo Arquimeistre Gyldayn.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Conheça a linha de sucessão Targaryen

RELACIONAMENTOS

O primeiro casamento de Daemon foi com a senhora Rhea Royce, mas ele nunca gostou dela ou do Vale de Arryn. Durante o Grande Conselho de 101 d.C. (Depois da Conquista), Daemon apoiou a reivindicação do Príncipe Viserys, já que isso faria dele próprio o herdeiro atrás do irmão mais velho.

Durante seu primeiro casamento, Daemon virou amigo de uma prostituta de Porto Real chamada Mysaria que se tornou sua “mestre dos sussurros” nas ruas da Baixada das Pulgas, com o tempo, Mysaria tornou-se amante de Daemon e veio a engravidar.

Daemon queria dar para ela um ovo de dragão, porém um enraivecido Rei Viserys I exigiu que Daemon devolvesse o ovo e retornasse para sua esposa, Rhea, no Vale. Daemon enviou Mysaria para Lys, mas quando o navio foi pego numa tempestade no meio do mar estreito, Mysaria perdeu o filho. Isso só fez aumentar a inimizade entre Daemon e seu irmão, o Rei Viserys I.

Após a morte de Rhea devido a uma queda de cavalo, Daemon Targaryen começou a cortejar Laena Velaryon, a bela filha do seu amigo o Lorde Corlys Velaryon. Após matar o prometido de Laena, o filho do Senhor do Mar de Bravos, Daemon pediu para Corlys a mão de sua filha. Enquanto alguns afirmavam que Daemon se apaixonou por Laena a primeira vista, muitos afirmam que o que ele queria era, na verdade, entrar para a poderosa Casa Velaryon para aumentar seu próprio poder, já que, com o Rei Viserys I tendo dois filhos homens com seu segundo casamento, fez com que Daemon se afastasse ainda mais da linha de sucessão.

Com a benção do Rei Viserys I, Rhaenyra prometeu seus dois filhos mais velhos, Jacaerys e Lucerys Velaryon, para Baela e Rhaena, filhas de Daemon e Laena; a segunda esposa de Daemon morreu em 120 d.C., durante o parto de seu terceiro seu bebê, que também morreu.

Daemon se casou novamente, desta vez com sua sobrinha, a Princesa Rhaenyra Targaryen (cujo o marido, Laenor, havia morrido naquele mesmo ano); o casamento aconteceu rapidamente e sem o conhecimento do Rei Viserys I, o que foi um escândalo já que os cônjuges dos dois tinham morrido a pouco menos de seis meses antes.

Daemon e Rhaenyra tiveram dois filhos juntos, os Príncipes Aegon, o Jovem e Viserys; eles também tiveram uma filha natimorta, a Princesa Visenya.

FEITOS

Ele foi feito cavaleiro aos 16 anos e o Rei Jaehaerys I lhe entregou a espada Irmã Negra.

Daemon Targaryen serviu brevemente como mestre da moeda de 103 d.C. a 104 d.C. e mestre de leis por seis meses logo em seguida. Administração governamental entediava Daemon e o comportamento do príncipe criou uma rivalidade com o Mão do Rei, Sor Otto Hightower, que não suportava a presença de Daemon e pediu para o Rei Viserys I para remove-lo do pequeno conselho.

Daemon foi então apontado como comandante da Patrulha da Cidade de Porto Real, uma posição onde ele se destacou e permaneceu por pelo menos dois anos, para o desapontamento de Sor Otto pois Daemon, com dois mil homens sob seu comando, tornou-se mais poderoso do que nunca.

Daemon Targaryen inspirava lealdade em seus comandados da Patrulha da Cidade, melhorando seus equipamentos e armamentos; ele deu a cada homem um manto dourado (que se tornou o apelido comum da guarda de Porto Real). A criminalidade na cidade caiu durante seu comando, provavelmente devido ao seu amor por infligir punições severas para ladrões e batedores de carteiras.

Daemon também desenvolveu uma reputação sombria nas tavernas e bordéis da capital; apesar dele se auto intitular “Príncipe da Cidade”, ele ficou conhecido como “Lorde da Baixada das Pulgas” entre os residentes de Porto Real.

Em 106 d.C., Daemon, montado em seu dragão Caraxes, liderou um exército na invasão de Passopedra ao sul do Mar Estreito, com apoio de lorde Corlys Velaryon e sua frota. Ele fez vários inimigos na Triarquia (Myr, Tyrosh e Lys) durante suas aventuras em Passopedra. Ele também criou inimizades nos Sete Reinos, incluindo Sor Otto Hightower e os membros da Casa Royce, por seu desrespeito a sua esposa Rhea.

Após conquistar todas as ilhas de Passopedra, à exceção de duas, Daemon se declarou Rei dos Degraus e do Mar Estreito em 109 d.C., sendo coroado por Corlys, a Serpente do Mar. A Triarquia mandou então uma enorme frota, sob comando de Racallio Ryndoon, para retomar as ilhas, com Dorne se juntando a eles para lutar contra Daemon Targaryen. Entediado de governar seu pequeno reino, Daemon retornou para Porto Real em 111 d.C. durante o torneio que deu às facções Verdes e Negros seus respectivos apelidos.

A DANÇA DOS DRAGÕES

Embora o Rei Viserys I Targaryen tivesse decretado que sua filha mais velha, a Princesa Rhaenyra Targaryen, seria sua herdeira, Sor Criston Cole da Guarda Real coroou Aegon II Targaryen, o filho do rei com sua segunda esposa, Alicent Hightower, como o novo monarca após a morte de Viserys I em 129 d.C.; essa questão de sucessão levaria a uma violenta guerra civil conhecida como Dança dos Dragões.

O Príncipe Daemon, marido de Rhaenyra, era o guerreiro mais experiente de Westeros, quando os Negros coroaram Rhaenyra como rainha em Pedra do Dragão; e foi Daemon que colocou a coroa (a de Jaehaerys I) sobre sua cabeça, proclamando-a como Rainha dos Sete Reinos e ele próprio como Protetor do Território.

Os inimigos que Daemon fez durante suas vida passaram a ser seus principais adversários na guerra, como Sor Otto Hightower, agora Mão do Rei de Aegon II, que conseguiu recrutar a Triarquia para reunir uma frota contra os Negros. A Batalha da Goela quebrou o poderio naval da Casa Velaryon e encerrou seu bloqueio a Baía da Água Negra e matou outro enteado de Daemon, o garoto Jacaerys.

MORTE

Daemon Targaryen voltou para Harrenhal e desafiou o Príncipe Aemond para um combate, esperando ele por treze dias até que Aemond finalmente apareceu. Os dois travaram uma violenta luta conhecida como a Batalha acima do Olho de Deus onde os dois príncipes, e seus dragões, Caraxes e Vhagar, morreram. Daemon tinha 49 anos e seu corpo nunca foi encontrado.

Daemon nunca conseguiu realizar sua ambição de se sentar no Trono de Ferro, mas seus dois filhos Aegon III e Viserys II, o fizeram. Em 170 d.C., a Princesa Daena Targaryen nomeou seu filho bastardo Daemon, em honra do seu avô.

LEIA TAMBÉM:

House of the Dragon: Conheça os dragões Targaryen


House of the Dragonspin-off de Game of Thrones, chegará ao HBO Max em 2022 e Daemon Targaryen será vivido pelo ator britânico Matt Smith (Doctor Who).

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorCall of Duty: Vanguard – Melhores Loadouts para o modo multiplayer
Próximo artigoCRÍTICA – Marighella (2021, Wagner Moura)
Um carioca apaixonado por livros, cinema, games e que ama falar de nerdice.