Guillermo del Toro: Conheça os melhores filmes do diretor

    O diretor Guillermo del Toro sempre se destacou por sua forma única de fazer cinema, assim como sua estética peculiar e sua habilidade de contar histórias intimistas ambientadas em um mundo tão perverso e severo, quando as dificuldades que seus protagonistas enfrentam. Em seu mais novo filme, O Beco do Pesadelo, que estreia dia 27 de janeiro nos cinemas brasileiros, não é diferente. O Beco do Pesadelo é o mais novo filme dirigido pelo notório cineasta mexicano que já ganhou diversos prêmios, além de reconhecimento da crítica por sua direção em produções de sucesso.

    O Beco do Pesadelo, apresenta Stanton Carlisle (Bradley Cooper), um carismático e azarado homem que se afeiçoa pela clarividente Zeena (Toni Collette) e seu marido mentalista Pete (David Strathairn) em um parque itinerante. Stanton ganha seu bilhete dourado para o sucesso, usando o conhecimento recém-adquirido para conquistar a rica elite da sociedade de Nova York da década de 1940. Com a virtuosa Molly (Rooney Mara) fielmente ao seu lado, ele planeja enganar um perigoso magnata (Richard Jenkins), que pode ser seu maior adversário até o momento, com a ajuda da misteriosa psiquiatra (Cate Blanchett).

    Dirigido e roteirizado por Guillermo del Toro, O Beco do Pesadelo é apenas mais um sucesso no extenso currículo do cineasta. Ao todo, Del Toro dirigiu mais de 20 produções, entre filmes, séries e documentários, além de também ter atuado como roteirista e produtor em diversos projetos cinematográficos.

    Cronos (1993) – Disponível no Prime Video

    Guillermo del Toro

    Em 1536, um alquimista criou o Cronos, objeto que concede vida eterna a quem o detém. Séculos depois, Cronos chega às mãos de um vendedor (Federico Luppi), que dispara o mecanismo e causa uma grande transformação em sua vida. Enquanto funciona imensamente como um suspense de tirar o fôlego, Cronos se mostra como um filme promissor da vindoura e brilhante carreira do diretor Mexicano.

    A Espinha do Diabo (2001)

    Durante a Guerra Civil Espanhola, Carlos (Fernando Tielve) um garoto de 12 anos é abandonado em meio à um orfanato decadente no meio do nada, ele então passa a ser tratado com hostilidade pelas crianças do orfanato e por um cruel funcionário. Com o passar dos dias, Carlos passa a receber a visita de um fantasma de um menino que parece querer vingança e impedir que o mesmo que aconteceu com o menino se repita com Carlos e outras crianças. A Espinha do Diabo é um dos filmes mais brilhantes de Del Toro, não apenas por nos mostrar o tom que os filmes de terror do diretor viriam a tomar, como em A Colina Escarlate.

    Hellboy (2004) – Disponível no Star+

    Perto do fim da Segunda Guerra Mundial, os nazistas se mostram dispostos a lançar mão de magia negra para derrotar seus inimigos. Um ritual para evocar essas forças ocultas é interrompido pelos aliados, que encontram um garoto com aparência de demônio e mão de pedra. Esse jovem passa a ser chamado de Hellboy e é levado pelas forças aliadas. Sessenta anos depois, Hellboy (Ron Perlman) está pronto para lutar e defender o bem.

    O Labirinto do Fauno (2006)

    Guillermo del Toro

    Em 1944, na Espanha, a jovem Ofélia (Ivana Baquero) e sua mãe doente (Ariadna Gil) se mudam para a casa do novo marido de sua mãe, um sádico oficial do exército que está tentando reprimir uma guerrilheira. Enquanto explorava um labirinto antigo, Ofélia encontra o Pan fauno, que diz que a menina é uma lendária princesa perdida e que ela precisa completar três tarefas perigosas a fim de se tornar imortal. O filme foi indicado ao Oscar® de Melhor Filme Estrangeiro em 2006, além de ter sido nomeado e premiado em diversas categorias de premiações consagradas do cinema, como British Academy Films Awards, Globo de Ouro, Goya, Festival de Cannes, entre outros.

    A Colina Escarlate (2015) – Disponível no Prime Video

    Edith (Mia Wasikowska) se casa com o sedutor Sir Thomas Sharpe (Tom Hiddleston) e vai morar em uma remota mansão gótica. Lá, também vive a misteriosa Lady Lucille (Jessica Chastain), irmã de Thomas. A casa é assombrada e Edith decide investigar as aparições fantasmagóricas. À medida que se aproxima da verdade, a jovem percebe que os verdadeiros monstros são feitos de carne e osso.

    A Forma da Água (2017) – Disponível no Star+

    Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria na década de 60, Elisa (Sally Hawkins), uma zeladora afônica em um laboratório experimental secreto do governo, se encanta com uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate, ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer), em uma aventura que pode custar muito mais do que o seu emprego. Além da produção ter ganhado a estatueta de Melhor Filme da Academia, Guillermo del Toro ganhou o Oscar® de Melhor Diretor pela produção e também o Globo de Ouro, Critics’ Choice Awards e BAFTA.

    Confira o trailer de O Beco do Pesadelo:

    O Beco do Pesadelo estreia dia 27 de janeiro exclusivamente nos cinemas.

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTube. Clique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Noites Sombrias #67 | Jason Vai Para o Inferno: A Última Sexta-Feira 13 (1993, Adam Marcus)

    Jason Vai Para o Inferno é o sexto filme da franquia de um dos ícones da cultura pop e que trouxe um misto de sentimentos na crítica.

    Top Gun: Maverick | Quem é o elenco do novo filme?

    Mais de 30 se passaram do clássico Top Gun, agora Tom Cruise está de volta em Top Gun: Maverick! Conheça o elenco.

    TBT #177 | Clube dos Cinco (1985, John Hughes)

    Clube dos Cincos é um daqueles clássicos dos anos 80 e seria uma heresia se não estivesse no TBT do Feededigno.

    10 produções com temática viking

    Confira filmes, games e séries sobre a temática viking para você aproveitar enquanto não chega ao Valhalla!