Especial Street Fighter: 35 anos de lutas marcantes

    30 de agosto de 2022 marca o 35º aniversário de uma das franquias de videogame mais icônicas de todos os tempos: Street Fighter. Com o mais novo título da série da Capcom com previsão de lançamento em algum momento de 2023 para PlayStation 4PlayStation 5Xbox Series X | S PC, nada melhor que relembrar os títulos mais marcantes e sua curta, porém confusa, cronologia.

    ATUALIZAÇÃO: Lançamento de SF6 será no dia 2 de junho de 2023. FIM DA ATUALIZAÇÃO

    A longeva franquia que conta com mais de 40 títulos entre jogos cânones, spin-offs e crossovers, até o momento já soma mais de 100 lutadores.

    Conheça os títulos cânones, sua linha de tempo e detalhes!

    STREET FIGHTER

    Ano de Lançamento: 1987

    Plataforma: Arcade

    Ordem dos eventos: Tudo começa aqui

    O primogênito da franquia fez pouco impacto em seu lançamento, porém seus controles eram inovadores, com 1 joystick e 2 botões hidráulicos, que dependendo da força davam potência diferente ao golpe. Como geralmente se batia com muita força, foram trocados pelos 6 botões que se tornaram tradição na série.

    O game acompanhava Ryu ou Ken, duelando com dez lutadores de 5 países. O game introduziu os golpes especiais “Hadouken“, “Shoryuken” e “Tatsumaki Senpuukyaku“, que ficariam com Ryu e Ken pelo resto da série. Sagat, ainda sem a cicatriz no peito, é o chefe final do jogo.

    Personagens inéditos: Adon, Birdie, Eagle, Geki, Gen, Joe, Ken, Lee, Mike, Retsu, Ryu e Sagat.

    Personagens que saíram da franquia: Geki, Joe, Lee, Mike e Retsu.

    STREET FIGHTER II: The World Warriors

    Ano de Lançamento: 1991

    Plataforma: Arcade, Super Famicom (1992) e Gameboy (1995)

    Ordem dos eventos: Após Street Fighter Alpha e antes de Street Fighter IV

    Inicialmente lançado como Street Fighter II: The World Warrior em 1991, o título tornou-se um grande sucesso, popularizando o estilo de jogos de luta, que virou febre mundial nos Arcades. Com 12 lutadores: Ryu, Ken, Blanka, Zangief, Dhalsim, Guile, E. Honda, Chun-Li, sendo os chefes Vega, Balrog, Sagat e M. Bison.

    Por sinal, os três chefes “novatos” tiveram seus nomes alterados fora do Japão; o boxeador afro-americano era chamado M. Bison, parodiando Mike Tyson; para evitar processo, a Capcom rebatizou-o como Balrog, que era o nome do toureiro espanhol rebatizado como Vega; que era o nome do chefe final, esse batizado como M. Bison.

    O segundo título da jovem franquia da Capcom também teve como fator de sucesso suas trilhas sonoras bem-trabalhadas, como a melodia inspirada em elementos chineses como no cenário da Chun-Li e na melodia adaptada de guitarra no cenário do Guile, bem como os sons dos elefantes no cenário de Dhalsim, entre outros.

    O jogo também inovou ao forçar o protagonista a viajar por diferentes países através de cenários locais como o cassino típico de Las Vegas no cenário de Balrog, a estátua tailandesa no cenário de Sagat, a casa de banho japonesa no cenário de E. Honda e até a selva amazônica brasileira no cenário do Blanka.

    Personagens inéditos: Akuma, Balrog, Blanka, Cammy, Chun-Li, Dee Jay, Dhalsim, E. Honda, Fei Long, Guile, M. Bison, T. Hawk, Vega e Zangief.

    Personagens que saíram da franquia: Nenhum.

    STREET FIGHTER ALPHA

    Ano de Lançamento: 1995

    Plataforma: Arcade, PlayStation (1995) e Sega Saturno (1996)

    Ordem dos eventos: Após Street Fighter e antes de Street Fighter II

    Street Fighter Alpha, também conhecido no Japão como Street Fighter Zero, foi uma série de games trouxe muitas mudanças para a franquia. O jogo recebeu um visual que lembra o estilo dos animes e seus personagens parecem mais jovens do que visto anteriormente, isso acontece porque nesta nova série da franquia tem sua história desenvolvida entre os eventos do primeiro e segundo título.

    Neste título não há um torneio específico, os personagens se encontram em andanças pelo mundo. A série começou a dar importância às relações entre os personagens como a amizade entre Ryu e Ken, o objetivo de Akuma de fazer com que Ryu se deixe controlar pelo lado sombrio para se tornar mais forte e a luta de Ryu para não permitir que isso aconteça.

    Em paralelo vemos o desenvolvimento de M. Bison como vilão megalomaníaco e controlador de mentes com seu “Psycho Power“, se tornando o principal antagonista da franquia. Nesse contexto também conhecemos Charlie Nash, o amigo de Guile morto por M. Bison, que acaba sendo a motivação para o militar entrar no torneio de SF II.

    Personagens inéditos: Charlie Nash, Cody, Dan, Evil Ryu, Guy, Ingrid, Juli, Juni, Karin Kanzuki, Maki, R. Mika, Rolento, Rose, Sakura, Sodom e Yun Lee.

    Personagens que saíram da franquia: Ingrid, Juli, Juni, Maki e Sodom.

    STREET FIGHTER III

    Ano de Lançamento: 1997

    Plataforma: Arcade, PlayStation 2 e Xbox 360

    Ordem dos eventos: Após Street Fighter V

    Street Fighter III é o último game em relação da série quando falamos sobre enredo. Com a Shadaloo destruída, a ameaça da vez fica por conta da organização Illuminati conduzida por Gill, que se vê como uma figura divina e pretende comandar o modo planeta como sua própria utopia.

    A história é bem simples e coloca Alex, o novo protagonista atrás de vingança, após Gill ferir seu amigo gravemente em uma luta. No fim, Alex acaba derrotando o vilão, chegando a conclusão que não deveria lutar movido a sentimentos como ódio e segue seus treinos para ser um guerreiro ainda melhor.

    O objetivo da Capcom com este novo título era apresentar uma nova geração de lutadores aos jogadores, tanto que em sua primeira versão, apenas Ryu e Ken retornaram, embora Chun-Li e Akuma também tenham aparecido nas versões revisadas do game.

    SF III foi um dos games mais complexos da série com seu sistema de “Parry”, difícil de dominar, mas que garantia muitas vantagens para jogadores dedicados que conseguiram dominá-lo e criou momentos icônicos no cenário competitivo.

    Personagens inéditos: Alex, Dudley, Elena, Gill, Hugo, Ibuki, Makoto, Necro, Oro, Q, Remy, Sean, Twelve e Yang Lee.

    Personagens que saíram da franquia: Necro, Q, Remy e Sean.

    STREET FIGHTER IV

    Ano de Lançamento: 2008

    Plataforma: Arcade, PlaySation 3 e Xbox 360

    Ordem dos eventos: Após Street Fighter II e antes de Street Fighter V

    Lançado após um hiato de nove anos desde o lançamento de Street Fighter III: 3rd Strike, o título modernizou a série com seu visual e jogabilidade 2.5D em que os personagens e cenários receberam um tratamento em 3D, mas a gameplay seguiu aplicada em 2D.

    Dessa vez o enredo coloca os lutadores para combater as ambições de Seth, um dos experimentos da Shadaloo que seria usado como corpo reserva de M. Bison, mas que se tornou consciente e tomou para si parte da corporação criada pelo vilão, dando origem à organização SIN.

    Seth pretende usar uma arma biológica que coleta energia e informações dos lutadores e após muitos conflitos, a luta final acontece na base da SIN. Ryu vence o vilão, mas utiliza o “Satsui no Hado” e acaba perdendo o controle.

    Gouken, mestre de Ryu e Ken, que todos acreditavam estar morto, aparece para controlar Ryu e depois levá-lo para treinar e aprender a dominar seu poder.

    SF IV se destacou por trazer personagens clássicos de volta e desenvolver mecânicas profundas, porém acessíveis como o Focus Attack, que consistia em carregar um golpe que poderia receber o impacto de um golpe adversário e mesmo assim continuar o ataque, sendo o maior destaque do game.

    Personagens inéditos: Abel, C. Viper, Decapre, El Fuerte, Gouken, Hakan, Juri, Oni, Poison, Rufus e Seth.

    Personagens que saíram da franquia: Abel, Adon, C. Viper, Decapre, Dudley, Elena, El Fuerte, Evil Ryu, Fei Long, Gen, Gouken, Guy, Hakan, Hugo, Makoto, Oni, Rolento, Rufus, T. Hawk, Yang Lee e Yun Lee.

    STREET FIGHTER V

    Ano de Lançamento: 2016

    Plataforma: PlaySation 4

    Ordem dos eventos: Após Street Fighter IV e antes de Street Fighter III

    Aqui a história coloca os lutadores com o objetivo de parar a Shadaloo de uma vez por todas e impedir os planos de M. Bison de dominar as mentes de todos os lutadores do mundo utilizando um sistema de satélites chamado Black Moon.

    Charlie que havia morrido em SF Alpha é trazido de volta a vida por uma misteriosa mulher chamada Helen. O cientista louco F.A.N.G., assumiu o posto de Sagat na Shadaloo, Ryu segue na jornada para controlar seu poder e a história gira em torno de duas equipes de lutadores que atuam para impedir o plano da organização criminosa.

    No fim, Charlie se sacrifica para enfraquecer M. Bison e Ryu acaba derrotando o vilão de uma vez por todas ou até a Capcom achar válido trazê-lo de volta.

    Personagens inéditos: Abigail, Akira, Ed, F.A.N.G., Falke, G, Kolin, Laura, Lucia, Luke, Menat, Necalli, Rashid e Zeku.

    Personagens que saíram da franquia: Todos, com exceção de Ryu, Ken, Chun-li, Guile, E. Honda, Dhalsim, Blanka, Dee Jay, Juri, e Luke (conforme atualizações de Street Fighter 6).

    STREET FIGHTER 6

    Ano de Lançamento: previsto para 2023

    Plataforma: PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox Series X | S e PC

    Ordem dos eventos: Ainda sem detalhes

    Não satisfeitos em ser uma franquia com mais de três décadas, a Capcom vai inovar com Street Fighter 6. Trazendo um ambiente totalmente exploratório para o game de luta, você poderá escolher onde e como deseja enfrentar seus oponentes de forma inédita. Prometendo uma completa revolução.

    Como SF V faz uma ligação com os eventos de SF III, que pela cronologia cânone é o último arco da franquia; a expectativa dos fãs é que o próximo título apresente consequências dos eventos vistos em SF III e também um novo arco com conteúdo inédito para a franquia.

    Personagens inéditos: Jamie, Kimberly, Marisa, Manon e JP (conforme atualizações de Street Fighter 6).

    Personagens que saíram da franquia: Todos, com exceção de Ryu, Ken, Chun-li, Guile, E. Honda, Dhalsim, Blanka, Dee Jay, Juri, e Luke (conforme atualizações de Street Fighter 6).

    LEIA TAMBÉM:

    Tudo sobre o novo título da franquia

    Conheça os principais vilões da franquia

    Os 20 personagens mais fortes da franquia

    Conheça o livro lançado no Brasil em comemoração aos 30 anos da franquia

    Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

    Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

    Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

    Artigos relacionados

    EU CURTO JOGO VÉIO #8 | ‘The Darkness’ era uma escapada da rotina dos FPS

    The Darkness é um jogo FPS desenvolvido pela Starbreeze e publicado pela 2K, lançado em 2007 para PlayStation 3 e Xbox 360.

    Indie World: Confira todos os anúncios da conferência da Nintendo

    A Indie World chegou rapidinho e trouxe incríveis anúncios. O evento anunciou indies que chegarão ao Switch durante todo o ano.

    CRÍTICA: ‘Harold Halibut’ é aventura sci-fi stop-motion com narrativa profunda e envolvente

    Harold Halibut é uma aventura única. Em uma viagem ao desconhecido, somos lançados na história de Harold à bordo da Fedora, uma nave submersa.

    5 novos jogos de Nintendo Switch para toda a família explorar

    O Nintendo Switch dá as boas-vindas à primavera com seleção incrível de jogos casuais no portátil da Big N. Confira a lista!