Início QUADRINHOS Artigo Lanternas Vermelhos: 6 coisas que você talvez não saiba!

Lanternas Vermelhos: 6 coisas que você talvez não saiba!

36
0

Os Lanternas Vermelhos constituem alguns dos seres mais poderosos e assustadores do Universo DC. Eles possuem todo o poder dos lendários Lanternas Verdes, mas são movidos pela raiva. Essa raiva alimenta sua capacidade cósmica, deforma-os física e mentalmente e os torna uma infecção literal que se espalha por todo o universo.

Literalmente, nada sobre a Tropa dos Lanternas Vermelhos é bom, e quanto menos a maioria das pessoas no cosmos souber, melhor. No entanto, os Lanternas Vermelhos permanecem uma inversão fascinante dos Lanternas Verdes clássicos e, como todas as histórias do bem contra o mal, fornecem muito de fascínio para os leitores.

SEM CORAÇÃO

Os Lanternas Negros destroem seus inimigos literalmente arrancando seus corações. Isso não funciona necessariamente em Lanternas Vermelhos, pois seus corações já se foram. Sua imunidade – ou pelo menos resistência – aos Lanternas Negros os torna ainda mais mortíferos do que a ameaça cósmica mais mortal que existe.

Um Lanterna Vermelho sobrevive ao seu coração (na verdade, seu anel) sendo arrancado de seu peito graças ao fato de que eles podem sobreviver de sua própria raiva. Contanto que eles fiquem com muita raiva, mesmo tendo seu coração arrancado, eles podem sobreviver sem ele.

A RECUPERAÇÃO É POSSÍVEL

Os Lanternas Vermelhos agem claramente como uma espécie de vírus, infectando outros seres e anéis igualmente. A raiva transforma completamente personagens bons e nobres, como a Rainha Mera de Atlantis; mas a recuperação é possível.

Embora Mera tenha sucumbido a uma infecção do Lanterna Vermelho durante o crossover A Noite Mais Densa, ela finalmente se curou.

Como o Lanterna Vermelho substituiu o coração de Mera, ela quase morreu ao se livrar de sua raiva; para sorte dela, Saint Walker e Carol Ferris a ajudaram com um novo coração.



CURA COM ESPERANÇA

Os Lanternas Vermelhos podem ter uma defesa contra os Lanternas Negros, mas não são imunes a tudo. A luz de um Lanterna Azul é a luz da esperança e pode realmente reduzir a fúria desenfreada de um Lanterna Vermelho.

Isso é especialmente interessante considerando que a Tropa dos Lanternas Azuis existe por causa das regras redutoras dos Lanternas Verdes. Eles proibiram a união romântica entre Ganthet e Sayd e, em vez de ficarem furiosos (como alguns outros membros de outras ordens cósmicas poderiam ter feito), escolheram a esperança e a paz.

PORTAL DE SANGUE

Outra característica insana, exclusiva dos Lanternas Vermelhos, é a capacidade de criar um portal de sangue. Lanternas Verdes, como Kyle Rayner, geralmente se locomovem voando pelo poder de seu anel e também pelas construções que eles criam, mas os Lanternas Vermelhos vão além.

Eles criam portais a partir da energia da raiva em seu próprio sangue, que podem usar para conectar vastas distâncias através do espaço. Esses portais fornecem a eles uma vantagem terrível em todas as batalhas, já que podem simplesmente aparecer do nada e sem qualquer aviso.



LEITURA DE MENTE

Um aspecto do anel dos Lanternas Vermelhos que também o distingue dos outros é a capacidade de ler mentes. Isso até agora parece um pouco limitado em escopo, mas é definitivamente uma habilidade que alguns mostraram.

Guy Gardner aprendeu como fazer isso depois que se tornou um Lanterna Vermelho, observando O Juiz ler mentes.

A habilidade parece focada principalmente na leitura de memórias ao invés de pensamentos reais, mas é possível e dá a Tropa dos Lanternas Vermelhos mais uma vantagem assustadora sobre seus adversários.

MASSACRE NO SETOR 666

Os Lanternas Vermelhos existem devido a uma tragédia verdadeiramente horrível e às odiosas maquinações de um dos seres mais malignos de toda a DC Comics: Atrocitus.

Ao usar o poder mágico de seres cósmicos assustadores chamados de Cinco Inversões, Atrocitus aproveitou sua raiva pela perda de todo o seu setor do espaço – setor 666 – para se transformar em um Lanterna Vermelho.

Ele assassinou os Inversões, usou seu sangue para construir uma Bateria de Energia Vermelha e as coisas pioraram a partir daí. O “paciente zero” rapidamente infectou outros e a Tropa dos Lanternas Vermelhos se espalhou pelo espaço.

LEIA TAMBÉM:

Tropas dos Lanternas: Conheça suas histórias e mais



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.