Início FILMES Crítica CRÍTICA – Um Amor, Mil Casamentos (2020, Dean Craig)

CRÍTICA – Um Amor, Mil Casamentos (2020, Dean Craig)

151
0

Um Amor, Mil Casamentos, dirigido e escrito por Dean Craig, é o mais novo filme original da gigante do streaming Netflix, todavia, será que vale à pena assistir? Confira nossa crítica!

Um Amor, Mil Casamentos – A historia

Jack (Sam Clafin) é um homem tímido e desajeitado. Ao encontrar a garota dos seus sonhos, Dina, interpretada por Olivia Munn, acaba perdendo a oportunidade de viver um grande amor.

Entretanto, três anos depois, Jack tem sua segunda chance graças a sua irmã, Hayley (Eleanor Tomlinsom), que convida Dina para seu casamento.

“Um Horror, Alguns Casamentos” – análise

Um Amor, Mil Casamentos é uma comédia romântica um pouco diferente das habituais. Por trazer elementos como viagem no tempo e um humor escrachado, que tem como objetivo o constrangimento dos seus personagens, tenta trazer uma visão um pouco diferente, entretanto, falha em diversos aspectos.

Dean Craig tenta encaixar um tipo de humor típico de besteirol dentro da trama, uma vez que piadas com genitais, drogas e situações embaraçosas estão aos montes no filme.

Porém, criar esse tipo de situações é algo completamente inexplicável para obras do gênero. Acredito que com o sucesso de Fleabag, Craig tentou emular o texto de Phoebe Waller-Bridge, entretanto, consegue apenas trazer personagens rasos, desinteressantes e extremamente chatos.

A diferença oceânica de Fleabag para Um Amor, Mil Casamentos é a de trazer personagens caricatos, non sense e complexos, com um humor ácido e refinado, pois o longa é apenas uma colcha de retalhos de várias outras obras como Maldita Sorte, Feitiço do Tempo e programas de esquetes.

A obra de Craig seria muito mais interessante se fosse feito em formato de minissérie de televisão, pois com mais tempo, poderia desenvolver melhor seus diversos personagens.

“Um Casamento, e Um Final” – conclusão

Um Amor, Mil Casamentos é um filme que apenas preenche o vasto catálogo da Netflix. Com um bom potencial nas mãos e protagonistas que poderiam ser interessantes, falha por tentar inventar algo novo atirando para todos os lados, tornando-o uma obra esquecível e desnecessária no serviço de streaming.

Nossa nota

Veja a crítica completa em vídeo:

Confira o trailer de Um Amor, Mil Casamentos:

E vocês? Gostaram do filme? Comente e dê sua nota!

Nota do público
Obrigado pelo seu voto



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.