Início QUADRINHOS Crítica CRÍTICA | Imperdoável: O Lugar Mais Seguro da Terra – Vol. 2...

CRÍTICA | Imperdoável: O Lugar Mais Seguro da Terra – Vol. 2 (2018, Devir)

55
0
CRÍTICA | Imperdoável: O Lugar Mais Seguro da Terra - Vol. 2 (2018, Devir)

Em Imperdoável: O Lugar Mais Seguro da Terra – Vol. 2, a superequipe Paradigma – antigos parceiros de Plutoniano – continua em uma corrida contra o tempo para tentar descobrir um ponto fraco do antigo maior herói do mundo. Esse segundo volume, publicado pela Editora Devir reúne as edições #09 à #15 e o especial #01.

LEIA TAMBÉM

CRÍTICA | Imperdoável: O Poder do Medo – Vol. 1 (2018, Devir)

ANÁLISE

O segundo volume de Imperdoável apresenta o passado de Plutoniano, e o leitor passa a entender um pouco mais os motivos que o levaram a se torna o maior vilão do mundo. Além da trama se aprofundar no seu passado e personalidade, a obra explora mais ainda outros personagens da superequipe Paradigma; formada por Bette Noir, Qubit, Charybdis, Scylla, Metalman, Vespa e Kaidan.

O ponto mais alto, e que deixará o leitor com uma pulga atrás da orelha, é em relação as reais intenções de um determinado personagem da superequipe, junto ao desespero da Paradigma em ter que se aliar a um antigo inimigo para combater os atos terríveis que Plutoniano vem causando à humanidade.

Nesta edição, Mark Waid continua com um roteiro frenético, cheio de ação e plot twists, além de trabalhar de forma primorosa a personalidade de cada personagem, dando o devido tempo para cada um apresentar seu background.

Neste volume, além da arte espetacular de Peter Krause, temos a adição de outros artistas como Diego Barreto, Howard Chaykin, Emma Rios e Paul Azaceeta. Cada artista tem o seu charme e nenhuma página perde a qualidade refinada devido ao número de colaboradores envolvidos.

VEREDITO

Em O Lugar Mais Seguro da Terra – Vol. 2 a trama continua a envolver o leitor do início ao fim, mantendo um excelente desenrolar de roteiro. A adição de novos artistas foi muito bem-vinda, não deixando a obra perder a qualidade e tornando a experiência cada vez mais interessante e prazerosa.

O mais legal de Imperdoável é vermos o quanto Waid consegue nos manter vidrados e totalmente sem  esperanças de que a superquipe Paradigma consiga realmente derrotar um ser que é considerado indestrutível. Essa falta de esperança causa muita aflição e ansiedade, tirando o fôlego até mesmo daquele fã que já está cansado de histórias de super-heróis.

Nossa nota

Editora: Devir

Autor: Mark Waid

Página: 216

E você, já leu a HQ? Deixe sua opinião e nota!

Nota do público
Obrigado pelo seu voto

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.