Início QUADRINHOS Artigo Monica Rambeau: Conheça a primeira Capitã Marvel

Monica Rambeau: Conheça a primeira Capitã Marvel

Conheça Monica Rambeau, a primeira Capitã Marvel

Monica Rambeau é uma personagem da Marvel Comics que ficou conhecida como a primeira Capitã Marvel, ela foi criada por Roger Stern e John Romita Jr.; e teve sua primeira aparição na HQ Amazing Spider-Man Annual #16 (1982).

ORIGEM

Monica sempre se interessou e se dedicou em serviços públicos, nasceu em Nova Orleans, Louisiana, filha de Frank e Maria Rambeau.

Ela se alistou no departamento de polícia local e com dedicação, Monica Rambeau rapidamente subiu na hierarquia, posicionando-se como tenente de sua divisão do porto.

A vida de Monica mudou quando o amigo da sua família, o professor Andre LeClare pediu a sua ajuda. Ele tinha desenvolvido um gerador de energia extradimensional com o financiamento de um ditador sul-americano chamado Ernesto Ramirez, que pretendia usar essa tecnologia para o mal.

Ramirez entregou o projeto de LeClaire ao cientista Felipe Picaro, mas o professor e Monica Rambeau se uniram para destruir o protótipo de Picaro. Na luta, Monica foi bombardeada com energias extradimensionais e ganhou o poder de converter seu corpo em energia.

Capitã Marvel

Monica foi apelidada de Capitã Marvel pela mídia depois de ganhar suas habilidades e usá-las para combater o crime. Foi um nome que ela abraçou e utilizou por algum tempo.

Fóton

Monica Rambeau ainda como Fóton lutando conta Genis-Vell.

Monica Rambeau operou como Capitã Marvel durante a maior parte de sua carreira junto aos Vingadores. No entanto, quando Genis-Vell (filho do Capitão Marvel original) se juntou aos Vingadores, ele começou a se chamar de Capitão Marvel.

Genis até cogitou que ela ficasse oficialmente com o nome Capitã Marvel, no entanto, ela se recusou e permitiu que ele continuasse a usar o nome em respeito ao pai. Monica então começou a se chamar de Fóton.

Pulsar

Depois de desistir voluntariamente de seu título de Capitã Marvel para Genis-Vell em respeito ao Capitão Marvel original, Rambeau ficou furiosa ao saber que Genis mudou de nome novamente, desta vez para Fóton.

Após confrontá-lo sobre suas ações, ela decidiu permitir que ele tivesse o nome e começou a utilizar o pseudônimo Pulsar.

PODERES E HABILIDADES

A tal energia extradimensional lhe concedeu o poder de se transformar em qualquer tipo de energia que faz parte do espectro eletromagnético. Assim, ela pode manipular raios gama, raios-X, radiação ultravioleta e infravermelha, eletricidade, luz visível, micro-ondas e ondas de rádio.

Algumas de suas habilidades são:

  • Absorção de energia;
  • Capacidade de voo;
  • Consciência Cósmica;
  • Disparo de rajadas de energia;
  • Duplicação de energia;
  • Imortalidade;
  • Intangibilidade;
  • Invisibilidade;
  • Manipulação de tamanho;
  • Telepatia;
  • Velocidade sobre-humana.

Fora essas habilidades, Monica Rambeau se formou na faculdade e na academia de polícia. Ela possui formidáveis ​​qualidades de liderança e tem experiência na aplicação da lei em seu trabalho com a Patrulha do Porto de Nova Orleans. Ela é uma excelente atiradora, combatente desarmada, detetive e nadadora com vasta experiência náutica.

EQUIPES

Depois de experimentar seus poderes, ela percebeu que suas habilidades estavam ficando fora de controle, então ela se aventurou a Nova Iorque, em busca de Reed Richards. Em vez de conhecer Richards, ela conheceu o Homem-Aranha, que a apresentou aos Vingadores. E assim, o Homem de Ferro foi capaz de ajudá-la usando seu traje de força para estabilizar seus níveis de energia.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Conheça Peter Parker, o primeiro Homem-Aranha

Pouco tempo mais tarde, se tornou integrante da equipe e houve uma ocasião em que chegou a ser apontada como líder.

Como Pulsar, Monica Rambeau se tornou parte de uma equipe chamada Nova Onda, criada por uma empresa para combater um grupo chamado Armas Pouco Comuns de Destruição em Massa; chegou a iniciar um relacionamento com o Irmão Vodu e ajudou a resolver uma crise cósmica envolvendo Frankie Raye.

Monica também foi a responsável por formar os Poderosos Vingadores no momento em que Thanos invadiu a Terra e os Vingadores originais estavam em uma missão no espaço.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Conheça Thanos, o Titã Louco

Após a dissolução da equipe, Monica Rambeau se juntou aos Ultimates, época em que também consolidou seu romance com o herói Marvel Azul. A equipe acabou por conta de uma interferência governamental durante a segunda Guerra Civil e foi absorvida pela Tropa Alfa.

CURIOSIDADES

O Marvel Azul notou que Monica possui sentidos muito mais aguçados e apurados que os de uma pessoa comum, ao ponto de perceber quando algo está errado em outros locais do universo.

Apesar de ser chamada de Capitã Marvel, Monica Rambeau é uma das heroínas que mais adotaram diferentes codinomes ao longo de sua carreira, como: Fóton, Pulsar, Dama da Luz, Monica Marvel, Raio Azul, entre outros, mas atualmente é conhecida como Espectro.

OUTRAS MÍDIAS

Teyonah Parris no novo pôster de WandaVision.

Monica Rambeau não teve muitas aparições ao longo dos tempos, uma versão da mesma apareceu pela primeira vez no Universo Cinematográfico Marvel no filme Capitã Marvel (2019), e foi interpretada por Akira Akbar.

Esta versão é uma criança na década de 1990 cuja mãe, Maria (Lashana Lynch), é amiga e companheira de vôo de Carol Danvers (Brie Larson).

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Conheça a história de Carol Danvers

A atriz Teyonah Parris foi escalada para o papel de Monica Rambeau na série WandaVision que estreia no Disney+ no dia 15 de janeiro.



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorChristopher Nolan detona Warner Bros. e chama HBO Max de “O pior serviço de streaming”
Próximo artigoCRÍTICA | Fora do Comum – Vol. 2: Filmes Ainda Mais Estranhos (2020, Gabriel Fabri)
Oi, meu nome é Matheus e amo muito tudo que envolve heróis, poderes e afins. Sou extrovertido e dedicado em tudo que me interessa.