Início FILMES Artigo Homem-Aranha: Ranking de filmes do Teioso

Homem-Aranha: Ranking de filmes do Teioso

homem-aranha

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa estreou no dia 16/12 e nós do Feededigno surtamos com tudo que ocorreu! Sendo assim, decidi fazer minha listinha pessoal com o ranking do pior ao melhor filme do Teioso nas telonas, confira!

9º. O ESPETACULAR HOMEM-ARANHA 2: A AMEAÇA DE ELECTRO

homem-aranha

Em nono lugar, temos O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro, que trouxe pela segunda vez Andrew Garfield (Tick, Tick…Boom) na pele de Peter Parker.

Na trama, após ver o pai de sua amada Gwen Stacy (Emma Stone), Peter (Andrew Garfield) agora deve lidar com a culpa, enquanto uma nova ameaça surge em sua vida: o Electro (Jamie Foxx).

Artigo relacionado – Sexteto Sinistro: Conheça o grupo de vilões do Homem-Aranha

Com um roteiro confuso e que foca em eventos desnecessários dentro da história do Homem-Aranha como, por exemplo, a morte dos pais de Peter, o longa patina muito ao apresentar os vilões, principalmente Harry Ousbourne (Dane DeHann), que é insuportável.

O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro infelizmente é um desperdício de um bom herói.

8º. HOMEM-ARANHA 3

TBT #154 | Homem-Aranha 3 (2007, Sam Raimi)

O mais polêmico de todos da lista, Homem-Aranha 3 é o símbolo de como uma retcon pode dar muito errado se mal executada.

Peter Parker (Tobey Maguire) está com sua vida, enfim, nos trilhos. Prestes a se casar com Mary Jane (Kirsten Dunst), ele é amado pelos cidadãos de Nova Iorque. Entretanto, as coisas mudam quando Peter descobre que o assassino de seu pai na verdade foi Flint Marko (Thomas Haden Church) e agora o nosso herói busca vingança.

O longa de 2007 começou de forma errada, pois Sam Raimi, o diretor aclamado da trilogia, havia pensado no filme com três vilões, o Duende Verde, o Homem-Areia e o Abutre. Todavia, o estúdio obrigou Raimi a trocar Abutre pelo Venom, o que desagradou bastante o cineasta.

Com mudanças drásticas, roteiro preguiçoso e cenas lamentáveis e constrangedoras, Homem-Aranha 3 é o tipo de obra ame ou odeie e marcou uma geração, mesmo que de forma bastante negativa.

7º. O ESPETACULAR HOMEM-ARANHA

Em sétimo lugar, temos o primeiro filme que traz Andrew Garfield na pele do Amigão da Vizinhança.

Ao ser picado por uma aranha radioativa, Peter recebe poderes extraordinários e deve usá-los para enfrentar um poderoso antagonista: o Lagarto (Rhys Ifans).

O primeiro filme de Garfield dividiu a crítica, pois trouxe um Homem-Aranha mais piadista e um Peter mais descolado, algo que agradou algumas pessoas, mas deixou os fãs mais fervorosos um pouco incomodados.

A nova roupagem serviu para apresentar novos arcos, todavia, o vilão quase irrelevante com um plano besta e um roteiro cheio de furos fez com que o longa perdesse muitos pontos.

6°. HOMEM-ARANHA: LONGE DE CASA

Vamos falar sobre outro longa que dividiu o público. Homem-Aranha: Longe de Casa, que trouxe mais uma vez Tom Holland (O Diabo de Cada Dia) para o icônico papel de Peter Parker.

O nosso jovem herói voltou à vida após o estalar de dedos de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita. O único objetivo dele agora é ser um garoto normal, enquanto um novo herói chamado Quentin Beck/Mystério (Jake Gyllenhall) surge contendo uma ameaça global.

Homem-Aranha: Longe de Casa foi um filme que incomodou bastante parte dos fãs do Teioso, pois esperávamos mais desse Peter Parker assumindo responsabilidades e se tornando o verdadeiro Homem-Aranha raíz dos quadrinhos.

Entretanto, vemos mais uma vez o personagem ser uma sombra de Tony Stark e muitas incoerências de um roteiro perdido e que tenta a todo momento forçar uma barra, tentando colocar o garoto como líder dos Vingadores. A ingenuidade absurda do Amigão da Vizinhança também atrapalha bastante nossa experiência cinematográfica.

5°. HOMEM-ARANHA: DE VOLTA AO LAR

O primeiro Homem-Aranha do MCU foi apresentado aqui na pele de Tom Holland.

Peter Parker é um jovem que vive o sonho de ser um super-herói. Com Tony Stark (Robert Downey Jr.) como mentor, o Amigão da Vizinhança agora enfrenta o temível Abutre (Michael Keaton) que tem como objetivo roubar artefatos poderosos para vender no mercado ilegal.

A estreia do Teioso no MCU causou alvoroço em Guerra Civil e os fãs aguardaram ansiosos pelo filme solo do personagem.

Com uma proposta pequena, mas bastante funcional, Homem-Aranha: De Volta ao Lar é um longa que aquece o coração e mostra o protagonista em uma jornada de amadurecimento, ao mesmo tempo em que ele tem que viver sua vida de adolescente, sendo uma das obras mais legais da Marvel nos cinemas.

4°. HOMEM-ARANHA NO ARANHAVERSO

homem-aranha sem volta para casa

Se hoje Homem-Aranha Sem Volta para Casa existe é muito por conta da melhor animação de 2018.

Homem-Aranha no Aranhaverso conta a história de Miles Morales, um jovem negro que é picado por uma aranha e ganha superpoderes. Após o Rei do Crime ativar uma máquina que uniu os universos, várias versões do Homem-Aranha vão parar no mundo de Miles, que agora deve salvar o multiverso.

Apresentando um dos heróis mais carismáticos com o manto do Teioso, Homem-Aranha no Aranhaverso é um dos mais divertidos e emocionantes filmes do personagem. Com uma trilha sonora impecável e um traço diferente do habitual, o longa traz o herói na essência, apresentando uma jornada de amadurecimento do protagonista.

3°. HOMEM-ARANHA

O começo de tudo que vimos até hoje se iniciou em 2002 com Tobey Maguire na pele do Amigão da Vizinhança.

Peter Parker (Tobey Maguire) é um adolescente tímido e que não tem nenhuma popularidade. Após ser picado por uma aranha, ele adquire poderes que o ajudam a enfrentar o poderoso Duende Verde (Willem Dafoe).

Homem-Aranha é um dos filmes mais sensacionais da história do cinema, pois apresenta um herói falho e com problemas mundanos que aprende na base do sofrimento que grandes poderes vem com grandes responsabilidades. Maguire consegue dar um ar bondoso e heroico para Peter Parker.

2°. HOMEM-ARANHA: SEM VOLTA PARA A CASA

CRÍTICA - Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (2021, Jon Watts)

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa é o filme do ano em 2021 e traz o maior fan service de todos os tempos no gênero de super-heróis.

Após ter sua identidade revelada por Mysterio, Peter está vivendo um inferno na Terra. Para tentar consertar isso, ele vai atrás de Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) que faz um feitiço de esquecimento. Contudo, as coisas dão errado e agora ele deve enfrentar diversos vilões do multiverso.

O novo longa é um épico em todos os níveis, uma vez que faz muitas referências e amarra uma história bastante decente com muitos acontecimentos lendários.

Por mais que a trama tenha falhas, o novo filme do Teioso tem uma aura poderosa de heroísmo e entrega tudo que os fãs sempre quiseram.

1°. HOMEM-ARANHA 2

Homem-Aranha 2

O primeiríssimo lugar não poderia ser diferente. Homem-Aranha 2 é um marco no gênero e até hoje continua imbatível.

Peter vive seu segundo ano como Homem-Aranha e os perrengues estão cada vez maiores. Morando sozinho de aluguel e com uma crise existencial, ele agora deve se preocupar também com o Dr. Octopus (Alfred Molina), um cientista que enlouqueceu depois de um acidente com seus tentáculos metálicos.

Misturando muito bem romance, ação, comédia e drama, o longa é uma referência em obras da sétima arte. Se na DC Comics o Superman de Christopher Reeve e o Batman de Nolan são o norte de herói e anti-herói, na Marvel, Homem Aranha 2 é esse ícone. Com um roteiro bem estruturado e uma direção perfeita de Sam Raimi, o longa estará com carinho em todos os corações nerds.

E para vocês, como seria esse ranking? Comentem!

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorHouse of the Dragon: Conheça Fumaresia, o dragão de Addam Velaryon
Próximo artigoNoites Sombrias #44 | A Última Noite (2021, Camille Griffin)
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.