Início FILMES X-Men: Fênix Negra | Simon Kinberg assume a culpa pelo fraco desempenho...

X-Men: Fênix Negra | Simon Kinberg assume a culpa pelo fraco desempenho do filme

68
0

X-Men: Fênix Negra já está em cartaz no Brasil, e o que era para ser o grande encerramento do universo mutante na Fox, que começou a ser estabelecido há quase 20 anos, se tornou um grande fracasso de crítica e bilheteria.

Durante uma entrevista para o KCRW, o diretor Simon Kinberg assumiu a culpa pelo fraco desempenho do longa nos cinemas.

Confira o que ele falou (via ComicBook):

“Esse é claramente um filme que não se conectou com o público. Ele não teve uma conexão forte o suficiente para a audiência assistir. Então, isso é culpa minha. Eu amo fazer esses filmes e amo as pessoas que fizeram o longa comigo.”

Antes de o filme estrear, Kinberg disse ao que X-Men: Fênix Negra era a sua versão de Vingadores: Ultimato ou da última temporada de Game of Thrones – uma conclusão épica de anos de narração de história –, infelizmente isso não aconteceu.

“[…] eu imaginei isso como o ponto culminante, e eu até apresentei dessa forma para o estúdio, já que este é o ponto culminante deste ciclo de histórias dos X-Men. Que haverá mais filmes dos X-Men no futuro, sem dúvida, mas isso, em particular, com esse elenco, parecia que era hora de fazer o que o Game of Thrones fez, o que Ultimato fez, realmente vê-los desafiados de uma nova maneira […]”

X-Men: Fênix Negra adapta os quadrinhos da Saga da Fênix Negra, desenvolvida por Chris Claremont e John Byrne. A história se passa em 1992, nove anos depois de X-Men: Apocalipse. Até o momento, o longa somou US $ 146,5 milhões mundialmente.

Já foi conferir o filme no cinema? Não se esqueça de ler a nossa crítica clicando aqui. E ouça também o Martelada sobre as expectativas para X-Men: Fênix Negra e o futuro dos mutantes no Universo Cinematográfico Marvel.

Martelada #10 | Hype para X-Men Fênix Negra e o futuro dos mutantes

Comentários