Início QUADRINHOS Artigo Homem-Aranha: A morte de Peter Parker é o “momento Tio Ben” de...

Homem-Aranha: A morte de Peter Parker é o “momento Tio Ben” de Miles Morales

12
0
Miles Morales

A morte do Tio Ben é considerado um dos momentos que passaram a definir a vida do Homem-Aranha. A perda dessa figura paterna e as circunstâncias que levaram até o fatídico momento mudou a vida de Peter Parker e ensinou o novo herói sobre o poder e a responsabilidade.

No caso de Miles Morales, um novo Homem-Aranha com poderes similares, mas diferentes do Universo Ultimate da Marvel, foi a morte do próprio Peter Parker que inspirou Miles a vestir seu traje e usar seus poderes para o bem.

Apesar de aparecer originalmente em Ultimate: Fallout #4 tentando carregar o legado do Homem-Aranha, a origem de Miles foi mostrada na série Homem-Aranha: Ultimate.

Criado pelo roteirista de Ultimate Spider-Man, Brian Michael Bendis e pela artista Sara Pichelli, Miles Morales é um adolescente inteligente do Brooklyn que equilibrava família, amigos e o fato de ter sido recentemente aceito em uma prestigiosa escola.

Durante uma visita secreta a casa de seu tio Aaron Davis, também conhecido como Gatuno, Miles foi picado por uma aranha melhorada pela Oscorp, que pegou uma carona na mochila de Aaron durante uma pilhagem a uma Oscorp em ruínas.

Miles logo descobriu que ele tinha super poderes, um segredo que ele revelou apenas para seu melhor amigo Ganke Lee, que revelou que os poderes eram parecidos com as habilidades de aranhas, tal como um certo herói aracnídeo.

Apesar de muitas pessoas sonharem ou falarem sobre o que eles teriam feito se um dia tivessem poderes, Miles Morales estava tão frustrado quanto amedrontado. Temendo a reação de seus pais, especialmente por seu pai que nutria um ódio por super-heróis, Miles jurou a Ganke que faria segredo e tentou viver uma vida normal.

Quando ele não aguentou mais não ajudar e salvou inocentes de um apartamento em chamas, a experiência e o perigo pareceram incríveis para Ganke, mas traumatizantes para Miles.

Sobrecarregado pelo choque e pelo medo, Miles afirmou que não foi feito para um estilo de vida tão perigoso e com risco de vida e que o mundo não precisava de dois Homens-Aranhas, um dos quais parecia estar indo muito bem.

Infelizmente, na noite seguinte, as notícias dos ferimentos do Homem-Aranha após uma batalha contra o Sexteto Sinistro, no Queens, foi mais do que Miles podia ignorar. Indo até o Queens, Miles testemunhou o fim da batalha entre Peter Parker e o Duende Verde, que aparentemente matou ambos.

Com os mais próximos do Homem-Aranha de luto por sua perda, Miles perguntou a Gwen Stacy qual era seu nome, uma identidade que em breve seria conhecida por todo o mundo.

Miles Morales

Mais tarde, Miles contou a Ganke que se culpava pela morte de Peter, se chamando de covarde, que poderia ter ajudado mas escolheu não ajudar por causa de seu desejo de ser normal, que aparentemente era mais importante.

Apesar de Ganke revelar que Miles poderia ter morrido no processo, Miles Morales revelou que ele estava cansado de se esconder e de ter medo, com seu amigo revelando que talvez Miles tenha recebido esses poderes para que o mundo sempre tivesse um Homem-Aranha.

Miles e Ganke estavam entre as centenas de pessoas que apareceram para prestar homenagem no funeral de Peter, onde ele conseguiu perguntar a Gwen Stacy a razão de Peter ter escolhido o nome Homem-Aranha.

Então Gwen em luto contou para Miles sobre Peter e seu tio Ben; e como a perda do tio o ensinou sobre grandes poderes, e a grande responsabilidade que vem com eles.

Bendis e Pichelli procuraram criar um Homem-Aranha diferente, alguém cuja vida, identidade, e experiências levariam o sucessor de Peter por um caminho ao mesmo tempo similar, para uma direção diferente.

Apesar de ter levado um certo tempo antes de Miles oficialmente vestir seu traje, e assumir o título, o novo Homem-Aranha fez o seu melhor para equilibrar sua vida normal, enquanto honrava a vida e a memória de Peter Parker como o Homem-Aranha.

Como um símbolo ou como um herói, o Homem-Aranha continuou inspirando outros a fazer coisas melhores, da mesma forma que o tio Ben inspirou Peter a seguir em frente, mesmo frente às adversidades.



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.