Início FILMES Os 15 melhores filmes de 2019 segundo a redação do Feededigno

Os 15 melhores filmes de 2019 segundo a redação do Feededigno

171
0
Melhores filmes de 2019

O ano de 2019 está no final e foi muito bom em relação ao que foi apresentado nos cinemas e streaming, contando com grandes obras que nos surpreenderam. Nós do Feededigno não poderíamos deixar “passar em branco” e listamos os 15 melhores filmes de 2019 – na nossa opinião. Confira abaixo:

Shazam!

Abrindo a lista temos Shazam!, um dos grandes acertos da parceria DC/Warner nos projetos pós-Snyder. Divertido, irreverente, com bastante ação e excelentes atuações de Zachary Levi e Jack Dylan Grazer cumpriu bem seu papel, superando as expectativas de uma audiência em dúvida sobre o futuro da DC nos cinemas.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | De Capitão Marvel à Shazam!: Saiba tudo sobre o personagem da DC Comics 

Fora de Série

CRÍTICA - Fora de Série (2019, Olivia Wilde)

Seguindo a linha de Superbad – É Hoje, Fora e Série é um filme divertidíssimo sobre duas garotas que eram CDFs e querem curtir ao máximo seu último dia no ensino médio. Olivia Wilde estreia com o pé na porta com uma comédia muito boa, iniciando seu legado como diretora já em 2019.

Vingadores Ultimato

Vingadores: Ultimato | Os Heróis Mais Poderosos da Terra em novos pôsteres

A reunião mais espetacular de super-heróis de todos os tempos foi feita depois de dez anos da Marvel Studios! Kevin Feige fez um trabalho brilhante e um construiu o universo mais rico e lucrativo da história do cinema, tendo recorde de bilheteria, superando James Cameron com Avatar. O filme dos irmãos Russo é épico e sem dúvida ficará no imaginário dos fãs por muitos anos. Vingadores: Ultimato foi a catarse dos nerds!

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Martelada #9 – Vingadores: Ultimato, o maior encontro de todos

Midsommar

Ari Aster nos surpreendeu novamente com um terror psicológico que deixa até os fios do nariz em pé! Com um clima tenso, atuações sensacionais e ótimos recursos técnicos, Midsommar – O Mal Não Espera a Noite entregou uma trama digna, consolidando ainda mais a carreira do diretor de Hereditário.

Podemos dizer que Ari Aster é uma certeza em Hollywood e esperamos ver muito mais obras criadas por ele.

Bacurau

Tem filme brasileiro na nossa lista! 2019 teve três obras espetaculares que serão listadas aqui. Bacurau é uma delas. Ousado, destemido e com um texto afiado, o filme de Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles já figura entre os clássicos do cinema nacional.



A Vida Invisível

Fernanda Montenegro, apenas esse nome já símbolo de qualidade garantida! Ser mulher é difícil em qualquer época, ainda mais nos anos 50 no qual A Vida Invisível se passa.

Karim Aïnouz consegue nos passar a mensagem de forma real e tem muito mérito com seu filme sensível e duro ao mesmo tempo. Não é à toa que o longa recebeu críticas excelentes no Brasil e na gringa.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Fernanda Montenegro: 9 filmes para comemorar os 90 anos da atriz

Dois Papas

CRÍTICA - Dois Papas (2019, Fernando Meirelles)

Duas visões, duas filosofias de vida, um objetivo: ser o papa, o escolhido de Deus entre os homens e liderá-los a partir de mensagens e desejos de fé.

Fernando Meirelles consegue contar uma história de dois homens com personalidade forte sem ser piegas, tampouco ser documental demais, colocando uma leveza na história.

As atuações de Anthony Hopkins e Jonathan Pryce são incríveis e certamente o longa receberá indicações ao Oscar para os títulos de Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante. O filme recebeu quatro indicações ao Globo de Ouro.

O Farol

CRÍTICA - O Farol (2019, Robert Eggers)

Assim como A Bruxa, o primeiro filme do diretor Robert Eggers, O Farol têm seu próprio tempo para desenvolver a história, seus arcos e seus personagens, e prova que muitas das vezes, o perigo pode tanto vir dos outros, como até mesmo das profundezas de sua própria mente.

Tendo sido adiado algumas vezes, Eggers parece ter sido pontual no lançamento do filme, colocando-o na janela das premiações.

Com Robert Pattinson e Willem Defoe inspirados, O Farol é uma excelente pedida para os cinéfilos de plantão.

Democracia em Vertigem

Petra Costa mostra em uma visão diferenciada todo o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rouseff. A obra tem ambição e faz uma documentação histórica de um dos fatos mais marcantes da década. O projeto com certeza vale demais a pena para quem gosta de filmes do gênero.

História de Um Casamento

Adam Driver não poderia ficar de fora da lista não é mesmo? Uma pena que não seja por causa de Star Wars: A Ascensão de SkywalkerNoah Baumbach nos entrega um filme pesado, cruel e realista, mostrando a história de Charlie (Adam Driver) e Nicole (Scarlett Johansson) um casal que está se divorciando e passa por diversas dificuldades no processo.

Com elenco de peso, atuações incríveis e um roteiro muito bem escrito, História de Um Casamento é um filme muito bem amarrado e inspirado, com cenas impactantes e um texto afiado. Já indicado ao Globo de Ouro, certamente teremos indicações ao Oscar para as categorias de Melhor Ator, Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante.



Nós

CRÍTICA - Nós (2019, Jordan Peele)

Jordan Peele nos surpreendeu com o incrível Corra! em 2017. Em 2019, se consolidou como um excelente diretor com o suspense Nós, um filme que tem uma crítica social forte, falando sobre privilégios de uma forma inovadora e sagaz, nos mostrando ser um dos novos talentos do cinema.

Homem-Aranha no Aranhaverso

Homem-Aranha no Aranhaverso entra aqui como melhor animação disparada da Marvel e do ano! Miles Morales te que se provar como herói e ajudar diversos Homens-Aranha a voltarem para seus respectivos multiversos.

O filme é a essência do herói: humano, engraçado e emocionante, além de possui uma estética quadrinesca. Homem-Aranha no Aranhaverso é incrível e deixa no chinelo praticamente todos os outros filmes do herói, se igualando em qualidade apenas aos dois primeiros de Sam Raimi, um feito importantíssimo.

Parasita

CRÍTICA - Parasita (2019, Bong Joon-ho)

Vamos falar de crítica social? Bong Joon-ho nos deu um soco no estômago com o seu filmaço: Parasita; um longa que mostra a história de uma família pobre de canastrões que ao receber uma oportunidade se aproveita da ingenuidade de uma família rica.

A obra é cheia de metáforas e uma metalinguagem única, cheio de críticas por vezes sutis ou escancaradas na tela, nos mostrando como os dois lados da moeda podem estar errado.

O mais legal é ver que não há um mocinho, todos são pessoas comuns, os mais ricos são fúteis e perversos com a sua forma de tratar as pessoas, como se todos fossem descartáveis e os mais pobres se abusam do bom mocismo e ingenuidade dos mais privilegiados para cometer atrocidades, sem se importar com as consequências de seus atos. Certamente teremos indicações ao Oscar para melhor Filme Estrangeiro, Melhor Diretor e Melhor Filme

O Irlandês

CRÍTICA - O Irlandês (2019, Martin Scorcese)

Martin Scorcese + filme de máfia = sucesso absoluto! O Irlandês é uma obra-prima! Personagens bem construídos, uma trama envolvente e atuações de cair o queixo.

Joe Pesci e Al Pacino devem vencer em suas categorias no Oscar se indicados, pois estão imbatíveis. Se você é apaixonado por filmes, O Irlandês é uma parada longa e obrigatória, suas 03h30min são justificáveis, pois Scorcese construiu algo que só os gênios conseguem: um filme incrível que tem atores renomados e que utiliza de técnicas de filmagem e um roteiro afiado.

O Irlandês é cruel, surpreendente e esteticamente perfeito!

Coringa

Opinião | Coringa, a mídia e o Oscar 2020

Essa lista não poderia ficar completa sem o palhaço Príncipe do Crime!

Coringa foi um cruzado no rosto de todos! Todd Phillips deu uma aula de construção de personagem com um protagonista psicótico, sem escrúpulos e sem nada a perder.

O diferencial de Coringa é sua crítica social, a batalha entre ricos e pobres, os privilegiados contra os humilhados. O Joaquin Phoenix com todo seu talento bateu de frente com Heath Ledger, igualando sua genialidade, ato que era considerado quase impossível.

Coringa é sujo, é cru, é arte! 

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS:

Opinião | Coringa, a mídia e o Oscar 2020

Coringa: Dissecando o palhaco Principe do Crime

Martelada #19 – O Coringa de Todd Phillips e Joaquin Phoenix



E vocês? Gostaram da lista? Faltou algum filme nela? Comentem!
Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários